RIO BRANCO

Política

Em Feijó, Tião Viana inspeciona obras do Ruas do Povo e inaugura escola indígena

Qualidade de vida com saneamento e educação pautaram as agendas do governador Tião Viana nesta terça-feira, 14, em Feijó.

Publicados

Política

Qualidade de vida com saneamento e educação pautaram as agendas do governador Tião Viana nesta terça-feira, 14, em Feijó.

Após viajar pela BR-364 desde Rio Branco, rodovia que libertou os municípios desta região, o governador visitou as obras do programa Ruas do Povo e realizou a entrega da reforma da escola na aldeia Nova Morada, do povo Shanenawa.

A moradora Antônia da Silva relata seu sentimento de agradecimento pelos benefícios que estão chegando à sua comunidade. “Nós sofríamos muito aqui pela questão da água e da rua. Agora nós temos a água e realizamos o sonho que era ter esta rua feita, nós agradecemos ao governador”, disse.

O diretor do Departamento de Pavimentação e Saneamento (Depasa), Moisés Diniz, explica que o investimento é de R$ 4 milhões para as obras em 28 vias do município.

“É nossa grande luta aqui em Feijó, garantir a qualidade de vida para as pessoas, com água potável sendo entregue nas casas e fazendo o saneamento e pavimentação das ruas”, disse.

O governo do Estado garante, com o programa Ruas do Povo, a ampliação da rede de abastecimento de água e de esgotamento sanitário em todo o Acre. Com mais de R$ 1 bilhão investidos em saneamento básico, o governo está diminuindo os índices de internações hospitalares e o índice de mortalidade de vida, indicadores que apontam para qualidade de vida das famílias.

Leia Também:  Tião Viana e Valmir Ribeiro fortalecem relações institucionais entre governo e TCE

Tião Viana aponta que o encontro com a comunidade em sua visita demonstra o respeito que o Estado tem pelas famílias acreanas, trabalhando pela construção das melhorias de vida. “Estas obras complementam os mais de R$ 15 milhões investidos em Feijó com o Ruas do Povo. Esta comunidade está conquistando a água e o saneamento, que garantem a queda de 12% na mortalidade infantil em todo o estado”, disse.

Educação indígena

Contribuindo com o fortalecimento cultural dos povos indígenas do Acre, o governo está investindo na infraestrutura da educação. Junto das lideranças e a juventude, o governador realizou a entrega da reforma da Escola Tekahayne, na Aldeia Nova Morada, do povo shanenawa.

Por meio da Secretaria Estadual de Educação e Esportes (SEE), com apoio da Assessoria Especial para os Povos Indígenas, o Acre tem mais de 5900 alunos indígenas e 524 professores, divididos em 132 escolas. Mais de 80 dessas escolas foram construídas na gestão de Tião Viana.

A liderança do povo shanenawa, Carlos Brandão, fez um relato de como esta ação faz parte de um conjunto de projetos que o governo tem realizado para que a vida dos indígenas tenha mudado no Acre. “Hoje, com esse governo, nós estamos libertados e seguindo o caminho correto que é valorizando nossa cultura.

Leia Também:  Prefeitura de Epitaciolândia leva serviços de saúde e social para reeducando do ISE

É assim que faz esse governo, não tem discriminação, obrigado governador pelo que está fazendo pelos povos indígenas do nosso estado. Essa reforma contempla uma educação que fortalece nossa cultura dentro da comunidade”, disse. No Acre, o ensino nas aldeias respeita as características culturais de cada povo, havendo o ensino na língua tradicional e no português.

“Esta escola representa novos sonhos, vimos aqui todos os caciques prestando seus agradecimentos e uma linda manifestação de música, cultura, identidade e espiritualidade, mostrando que nos unimos.

Este povo cuida da natureza e procura viver de maneira mais feliz”, disse Tião Viana, apontando para que a união entre governo e povos indígenas é um fato de extrema importância para a história do Acre.

COMENTE ABAIXO:

Propaganda

Política

No Parlasul, Deputada Perpétua fala da urgência de o Brasil retomar compromissos com a preservação ambiental

Publicados

em

“É urgente que o Brasil assuma suas responsabilidades com a preservação ambiental”. A afirmação foi feita pela deputada Perpétua Almeida (PCdoB-AC) durante discurso em sessão do Parlasul nesta segunda-feira, 6, no Uruguai.

A parlamentar destacou a importância da retomada do acordo Mercosul-União Europeia, estagnado por conta do retrocesso na questão ambiental no Brasil.

“Países como Alemanha, França, Holanda e Noruega pressionam o Brasil, travando o acordo, pois, nosso governo não vem cumprindo os compromissos internacionais sobre meio ambiente, permitindo o avanço do desmatamento e das queimadas na Amazônia, no Pantanal, no Cerrado e outros biomas. Triste situação acompanhada com angústia por toda a comunidade do Mercosul e por todos nós que sempre defendemos esse acordo”.

Perpétua recorda que durante a COP-36 a União Europeia sinalizou a retomada do acordo desde que o Brasil assuma seus compromissos de preservação ambiental e redução das emissões de carbono.

“Para nós, colegas parlamentares, foi um vexame, que depois da COP 26 os números reais apareceram, e viu-se que atingimos este ano a maior taxa de desmatamento e devastação dos últimos 15 anos na Amazônia. No parlamento brasileiro, estamos estudando atualmente um pacote ambiental para dar suporte a estes compromissos. Mas temos que manter a pressão e sermos capazes, como parlamento, de reverter o desmonte do setor de fiscalização e proteção ambiental promovido pelo então ministro Ricardo Salles, que elevou o Brasil aos piores e vergonhosos números na devastação ambiental”, disse.

Leia Também:  “Temos que vencer a desinformação e conscientizar a sociedade sobre a Síndrome Alcóolica Fetal”, diz vereador Forneck

Veja o Vídeo:

E Veja Também no 3 de Julho Notícias

Veja o Vídeo Abaixo: Vereador diz que o prefeito Kiefer Cavalcante paga mais de 5 mil para dono de empresa que faz faculdade em Rio Branco – Vereador Ronaldo Reis de Feijó, gravou um vídeo onde fez graves denúncias contra a atual gestão do prefeito Kiefer Cavalcante a quem acusa de perseguição política e possível pagamentos irregulares em sua gestão. De acordo com o vereador, o prefeito demitiu a sua esposa só aconteceu depois que trouxe a tona um pagamento supostas irregularidades o que confirma a perseguição política que vem sofrendo por parte do gestor.

Acompanhe nossas Redes Sociais

Twitter: 3 de Julho Notícias

Youtube: 3 de Julho Notícias Vídeos

Página Facebook: 3 de Julho Notíci

Página do Instagram: 3 de Julho Noticias

Veja o Vídeo:

Veja-se no  Twitter 3 de Julho Notícias, seja membro e compartilhe

Veja-se no  Youtube 3 de Julho Notícias Vídeos, seja membro e compartilhe.

Veja-se na  Página Facebook 3 de Julho Notíci, seja membro e compartilhe.

Veja-se na  Página do Instagram 3 de Julho Noticias, seja membro e compartilhe.

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

POLÍTICA

POLÍCIA

EDUCAÇÃO

CONCURSO

ESPORTE

MAIS LIDAS DA SEMANA