PM de Sena flagra mulher com mais de 1 quilo de droga preso ao corpo

De acordo com a PM, após a pesagem em uma balança de precisão, a droga totalizou Um quilo e meio.

Uma equipe da Polícia Militar de Sena Madureira realizou por volta das 16 horas desta segunda-feira, 5, uma expressiva apreensão de produto entorpecente na BR-364, entre Sena e Rio Branco. O flagrante se deu através de um minucioso trabalho desenvolvido pelo Núcleo de inteligência da PM do município.

Os policiais tomaram conhecimento de que uma mulher teria se deslocado da capital acreana com droga presa ao corpo. Diante disso e com as características da acusada, os policiais montaram uma Barreira no km 13, próximo à cidade de Sena Madureira e pararam um táxi onde a infratora vinha sendo transportada. No momento da abordagem, Jaqueline da Silva pontes, 21 anos, conhecida por “Jaque”, residente no Bairro da Pista, apresentou nervosismo e acabou confessando que realmente estava com o entorpecente.

Em face disso, a mesma foi conduzida para a Unidade de Segurança Pública de Sena, sendo revistada por uma agente. No total, foram encontradas 4 barras de maconha que estavam presas com ataduras e esparadrapos nas coxas da mulher. Além disso, outros 2 tabletes foram localizados em seu sutiã. De acordo com a PM, após a pesagem em uma balança de precisão, a droga totalizou Um quilo e meio.

Em depoimento à polícia, “Jaque” não quis revelar para quem iria entregar a maconha.

Segundo o Major Casagrande, comandante da PM em Sena, o trabalho de combate ao tráfico de drogas continuará sendo intensificado na região. “Mais uma vez nossos policiais obtiveram êxito e realizaram uma apreensão expressiva de entorpecentes. Com o apoio da comunidade, iremos intensificar cada vez mais as ações”, comentou.

Além da droga, revólver é apreendido na Siqueira Campos

Na passagem de ontem para hoje a Polícia Militar apreendeu também um revólver com quatro munições na Rua Siqueira Campos, em Sena Madureira. Dois infratores foram presos em flagrante e disseram na delegacia que a arma era pra eles se defenderem dos inimigos.

Jarley Andrade e um menor de 16 anos foram levados para a delegacia onde responderão pelo ato.

Por senaonline.net