RIO BRANCO

Vídeos

Veja o Vídeo: Presidente do Senado, Rodrigo Pacheco, aposta em aprovação da PEC 110 da reforma ampla sobre o consumo ainda este ano

Publicados

Vídeos

Veja o Vídeo:

A PEC 110/19, da reforma ampla sobre o consumo, deve ser aprovada ainda este ano, segundo o presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (DEM-MG). Em evento da Confederação Nacional da Indústria (CNI) nesta terça-feira (5), ele afirmou que a proposta é uma “aposta” da Casa para fazer uma reforma ampla.

“Eu aposto nessa possibilidade da reforma ampla, da PEC 110 ser aprovada, de termos quórum suficiente no Senado e na Câmara”, disse ele. O senador disse, no entanto, que se esse não for o caso, acredita que pelo menos o passaporte tributário – o novo Refis, que ajudará empresas com perdas de faturamento a quitarem suas dívidas com a União – e a reforma do Imposto de Renda deverão passar.

“Eu foco e sento esforços nessa possibilidade de aprovação da PEC, mas eu considero que apesar de todas as dificuldades, caso não haja possibilidade este ano de aprovação da PEC, acho que projetos como o do Refis, por exemplo, que é uma alteração muito substancial e importante neste momento para o país e o próprio projeto do Imposto de Renda já aprovado na Câmara com os aprimoramentos feitos pelo senador Angelo Coronel, podem ser evoluídos para serem sancionados este ano”, afirmou.

A dificuldade, no entanto, é grande. Pacheco ressaltou que o ano está chegando ao fim e que as eleições estão chegando. “Nós temos um ano pré-eleitoral, temos uma eleição daqui a um ano. Isso tudo dificulta a discussão, mas não podemos deixar de ter esse propósito. E é isso que o senador Roberto Rocha tem feito sistematicamente na defesa do seu ponto de vista na PEC 110”, pontuou o presidente do Senado.

Leia Também:  Plantão 3 de Julho Notícias: Prefeito Zequinha Lima se pronuncia sobre o decreto com medidas contra covid-19 em Cruzeiro do Sul

Rodrigo Pacheco disse, ainda, que é preciso avaliar com calma as propostas que estão em tramitação, a fim de evitar aumento de carga tributária para os contribuintes. Ele afirmou, por exemplo, que o projeto de lei na Câmara que cria a Contribuição Sobre Bens e Serviços (CBS) com a união de PIS e Cofins tem uma alíquota alta para o setor de serviços.

Para ele, se qualquer um dos projetos em tramitação apresenta aumento de carga tributária para o contribuinte, então é um texto ruim. “Nós queremos simplificar, mas não queremos que haja elevação de tributação para o contribuinte brasileiro em regra geral. Então se na avaliação geral a lógica for de que o projeto A ou B eleva a arrecadação e sacrifica o contribuinte brasileiro, não me parece um projeto bom. Então essa é a avaliação que nós temos que ter sobre todos os projetos que temos tramitando no Senado e na Câmara dos Deputados”, concluiu. As informações e do portal Correio Braziliense

Veja o Vídeo:

E Veja Também no 3 de Julho Notícias

Veja o Vídeo Abaixo: O líder do Movimento Social Pró Ponte, Ralf Luiz, frisou que a obra da ponte de Rodrigues Alves é salutar mas, que o governador Gladson Cameli precisa fazer o ‘dever de casa’ primeiro. “Essa Interligação é importante mas, o debate precisa ser mais bem amadurecida pelos dois países. O governador não fez nem o dever de casa. Rodrigues Alves por exemplo, está precisando de uma ponte há anos. A nossa BR-364 até hoje não foi concluída. Portanto, discutir sobre a Interligação de Cruzeiro do Sul com Pucallpa é uma discrepância sem fim”, Concluiu.

Leia Também:  3 de Julho Notícias: As medidas de prevenção contra o Coronavírus, pessoas acabam não cumprindo

Acompanhe nossas Redes Sociais

Twitter 3 de Julho Notícias

Youtube 3 de Julho Notícias Vídeos

Página Facebook 3 de Julho Notíci

Página do Instagram 3 de Julho Noticias

Veja o Vídeo:

Veja-se no  Twitter 3 de Julho Notícias, seja membro e compartilhe

Veja-se no  Youtube 3 de Julho Notícias Vídeos, seja membro e compartilhe.

Veja-se na  Página Facebook 3 de Julho Notíci, seja membro e compartilhe.

Veja-se na  Página do Instagram 3 de Julho Noticias, seja membro e compartilhe.

COMENTE ABAIXO:

Propaganda

Vídeos

Veja o Vídeo: Eu já batizei nesta casa que a gestão do governo Gladson Cameli é incompetente, um governo que não tem planejamento, diz vereador Jurandir

Publicados

em

Por

Veja o Vídeo:

O vereador do município de Brasileia, Jurandir Queiroz, se pronunciou contra o governo de Gladson Cameli, durante a sessão que aconteceu na Câmara de Vereadores da Cidade fez algumas explanações acerca do que vem acontecendo no nosso estado sobretudo no tocante ao retorno das aulas presenciais e saúde pública.

Jurandir começou enfatizando que por falta de planejamento por parte do Governo do Estado, nem todas as escolas tiveram condições de receber o público estudantil nas escolas pois os locais não estão oferecendo a menor condição para receber os alunos, boa parte delas encontram-se em reforma que já vem se estendendo por muito tempo e até o momento não foi concluído.

Outro fato importante mencionado pelo vereador Jurandir foi com relação a merenda escolar, onde muitas escolas não receberam a merenda escolar por completo, faltou produtos para que fosse oferecido merenda adequada para os estudantes, pois o governo não teve capacidade de se organizar para tal.

O parlamentar citou ainda a questão da saúde pública no Estado do Acre, e usou o caso de Manoel Urbano como exemplo, onde um enfermeiro foi obrigado a fazer um parto de emergência por não haver médicos no hospital e para evitar problemas para a paciente gestante e para o bebê que estava por vir ao mundo, o enfermeiro realizou o parto sendo orientado por celular por um médico de Cruzeiro do Sul.

Leia Também:  Plantão 3 de Julho Notícias: Prefeito Zequinha Lima se pronuncia sobre o decreto com medidas contra covid-19 em Cruzeiro do Sul

“São situações como estas que gere revoltas pois hoje aconteceu em Manoel Urbano, mas amanhã pode acontecer em qualquer outro município do Estado pois o governo é o mesmo, um governo, irresponsável, sem capacidade de gestão e pior sem políticas públicas que possam de fato gerar bons resultados”, concluiu Jurandir.

Veja o Vídeo:

E Veja Também no 3 de Julho Notícias

Veja o Vídeo Abaixo: O líder do Movimento Social Pró Ponte, Ralf Luiz, frisou que a obra da ponte de Rodrigues Alves é salutar mas, que o governador Gladson Cameli precisa fazer o ‘dever de casa’ primeiro. “Essa Interligação é importante mas, o debate precisa ser mais bem amadurecida pelos dois países. O governador não fez nem o dever de casa. Rodrigues Alves por exemplo, está precisando de uma ponte há anos. A nossa BR-364 até hoje não foi concluída. Portanto, discutir sobre a Interligação de Cruzeiro do Sul com Pucallpa é uma discrepância sem fim”, Concluiu.

Acompanhe nossas Redes Sociais

Twitter 3 de Julho Notícias

Youtube 3 de Julho Notícias Vídeos

Página Facebook 3 de Julho Notíci

Página do Instagram 3 de Julho Noticias

Leia Também:  Veja neste Plantão: Crescimento da miséria no Brasil. Representantes sindicais cobram 600 reais para o Auxilio Emergencial

Veja o Vídeo:

Veja-se no  Twitter 3 de Julho Notícias, seja membro e compartilhe

Veja-se no  Youtube 3 de Julho Notícias Vídeos, seja membro e compartilhe.

Veja-se na  Página Facebook 3 de Julho Notíci, seja membro e compartilhe.

Veja-se na  Página do Instagram 3 de Julho Noticias, seja membro e compartilhe.

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

POLÍTICA

POLÍCIA

EDUCAÇÃO

CONCURSO

ESPORTE

MAIS LIDAS DA SEMANA