RIO BRANCO

Vídeos

“Será que a prefeita Fernanda Hassem gastou mais de meio milhão com fumacê? Porque a única ação que se viu na cidade foi um fumacê”, diz Vereadora Marinete Mesquita

Publicados

Vídeos

Durante a sessão que aconteceu nesta terça-feira na Câmara de Brasileia, a vereadora Marinete Mesquita aproveitou o seu momento na tribuna para expressar sua insatisfação com a maneira que os vereadores estão sendo tratados pela atual gestão de Fernanda Hassem.

Na oportunidade, ela questionou a falta de acesso às informações das receitas e despesas da prefeitura de Brasileia, inclusive as prestações de contas dos recursos que foram aprovados na Câmara onde se enquadra o 30% do orçamento que corresponde ao valor de R$ 67.000.000,00 (sessenta e sete milhões de reais), e o que foi feito com R$ 1.000.000,00 (um milhão de reais) que a Câmara aprovou através de projetos e que não se viu resultado. 

A parlamentar cita que quando se pede alguma resposta com relação a secretaria de Obras, é informado que está no calendário de planejamento. “Cadê o calendário de Planejamento?”, questiona Mesquita.

Veja o Vídeo:

“Cadê o calendário? Cadê o calendário da piscicultura que o vereador Reinaldo Pediu? nós não podemos ter acesso, nunca teremos respostas para levar para a população que nos cobra. Foi a população que nos colocou aqui mas nós não poderemos levar respostas a eles”, disse. 

Leia Também:  3 de Julho Notícias - Casa de Chico Mendes em Xapuri está abandonada a quase dois anos

A vereadora citou ainda que não está preparada para no projeto que foi apresentado e justificou pedindo que cheguem aos vereadores às despesas de mais de 1 milhão de reais que já foram aprovados e que está a disposição do Poder Executivo, secretaria de obras nas mais especificidades para o combate a dengue.  

Com relação a dengue, os vereadores de Brasileia aprovaram mais de meio milhão de reais para serem usados no combate ao mosquito transmissor, correspondendo ao valor exato de R$ 580.000,00 (quinhentos e oitenta mil reais) para serem aplicados em ações não só de combate mas também de prevenção e até o momento o que se viu foi um breve fumacê.

“Foi feito um trabalho borrifamento, eram 580 mil eu acho que aquele fumacê não teve uma despesa de 580 mil, Um fumacê! Então, ou começam a chegar prestações de contas aqui, ou eu na condição de vereadora não vou seguir votando nos projetos à cega. Não irei! Uma vez que ela encaminhara para nós acerca das receitas e despesas e aqui eu reforço que o nosso jurídico tem total liberdade para investigarmos agora sobre esses números”, concluiu.

Leia Também:  Veja o Vídeo: Mercado de Epitaciolândia é um viveiro de urubus, um criame de aranhas e os banheiro sequer tem pia; está um completo descaso diz, Jamilson Góes

Veja o Vídeo:

E veja também no 3 de Julho Notícias

O vereador Leomar Barbosa pediu uma parte do tempo na tribuna da vereadora Marinete Mesquita (durante o seu pronunciamento) para fazer um breve comentário a respeito de Créditos adicionais para a atual gestão do município de Brasileia. De acordo com o parlamentar, o Poder Legislativo não pode assinar um cheque em Branco para uma administração que ele considera suspeita na justiça, haja vista que, tramita na justiça 16 processos, onde em um desses processos a prefeita Fernanda Hassem já se tornou ré.

Acompanhe nossas Redes Sociais

Twitter 3 de Julho Notícias

Youtube 3 de Julho Notícias Vídeos

Página Facebook 3 de Julho Notíci

Veja o Vídeo:

Inscreva-se no Twitter 3 de Julho Notícias, seja membro e compartilhe.

Inscreva-se no Youtube 3 de Julho Notícias Vídeos, seja membro e compartilhe.

Inscreva-se na Página Facebook 3 de Julho Notíci, seja membro e compartilhe.

COMENTE ABAIXO:

Propaganda

Vídeos

Veja o Vídeo: Eu já batizei nesta casa que a gestão do governo Gladson Cameli é incompetente, um governo que não tem planejamento, diz vereador Jurandir

Publicados

em

Por

Veja o Vídeo:

O vereador do município de Brasileia, Jurandir Queiroz, se pronunciou contra o governo de Gladson Cameli, durante a sessão que aconteceu na Câmara de Vereadores da Cidade fez algumas explanações acerca do que vem acontecendo no nosso estado sobretudo no tocante ao retorno das aulas presenciais e saúde pública.

Jurandir começou enfatizando que por falta de planejamento por parte do Governo do Estado, nem todas as escolas tiveram condições de receber o público estudantil nas escolas pois os locais não estão oferecendo a menor condição para receber os alunos, boa parte delas encontram-se em reforma que já vem se estendendo por muito tempo e até o momento não foi concluído.

Outro fato importante mencionado pelo vereador Jurandir foi com relação a merenda escolar, onde muitas escolas não receberam a merenda escolar por completo, faltou produtos para que fosse oferecido merenda adequada para os estudantes, pois o governo não teve capacidade de se organizar para tal.

O parlamentar citou ainda a questão da saúde pública no Estado do Acre, e usou o caso de Manoel Urbano como exemplo, onde um enfermeiro foi obrigado a fazer um parto de emergência por não haver médicos no hospital e para evitar problemas para a paciente gestante e para o bebê que estava por vir ao mundo, o enfermeiro realizou o parto sendo orientado por celular por um médico de Cruzeiro do Sul.

Leia Também:  3 de Julho Notícias - Casa de Chico Mendes em Xapuri está abandonada a quase dois anos

“São situações como estas que gere revoltas pois hoje aconteceu em Manoel Urbano, mas amanhã pode acontecer em qualquer outro município do Estado pois o governo é o mesmo, um governo, irresponsável, sem capacidade de gestão e pior sem políticas públicas que possam de fato gerar bons resultados”, concluiu Jurandir.

Veja o Vídeo:

E Veja Também no 3 de Julho Notícias

Veja o Vídeo Abaixo: O líder do Movimento Social Pró Ponte, Ralf Luiz, frisou que a obra da ponte de Rodrigues Alves é salutar mas, que o governador Gladson Cameli precisa fazer o ‘dever de casa’ primeiro. “Essa Interligação é importante mas, o debate precisa ser mais bem amadurecida pelos dois países. O governador não fez nem o dever de casa. Rodrigues Alves por exemplo, está precisando de uma ponte há anos. A nossa BR-364 até hoje não foi concluída. Portanto, discutir sobre a Interligação de Cruzeiro do Sul com Pucallpa é uma discrepância sem fim”, Concluiu.

Acompanhe nossas Redes Sociais

Twitter 3 de Julho Notícias

Youtube 3 de Julho Notícias Vídeos

Página Facebook 3 de Julho Notíci

Página do Instagram 3 de Julho Noticias

Leia Também:  Veja o Vídeo: Mercado de Epitaciolândia é um viveiro de urubus, um criame de aranhas e os banheiro sequer tem pia; está um completo descaso diz, Jamilson Góes

Veja o Vídeo:

Veja-se no  Twitter 3 de Julho Notícias, seja membro e compartilhe

Veja-se no  Youtube 3 de Julho Notícias Vídeos, seja membro e compartilhe.

Veja-se na  Página Facebook 3 de Julho Notíci, seja membro e compartilhe.

Veja-se na  Página do Instagram 3 de Julho Noticias, seja membro e compartilhe.

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

POLÍTICA

POLÍCIA

EDUCAÇÃO

CONCURSO

ESPORTE

MAIS LIDAS DA SEMANA