RIO BRANCO

Variedades

Rio Branco decreta estado de calamidade pública

Prefeito e governador vistoriam abrigo Rio Branco decreta estado de calamidade pública

Publicados

Variedades

Prefeito e governador vistoriam abrigo Rio Branco decreta estado de calamidade pública

Por Samuel Bryan 

(Foto: Arison Jardim/Secom)

(Foto: Arison Jardim/Secom)

O governador Tião Viana vistoriou na manhã deste domingo, 01, o Parque de Exposições Marechal Castelo Branco, que é o principal abrigo para os atingidos pela cheia do Rio Acre na capital, e algumas das vias de Rio Branco atingidas pela alagação. Com 17,44 metros na medição das 9 horas, o prefeito Marcus Alexandre assinou o decreto de calamidade pública de Rio Branco.

Mesmo com a vazante do Rio Acre em Brasileia, Xapuri e Capixaba, a expectativa do Corpo de Bombeiros é que muita água ainda chegue a Rio Branco durante o domingo. A cheia do Riozinho do Rola, que marca 16,28 metros esta manhã, também preocupa as autoridades.

A ponte metálica Juscelino Kubitschek continua liberada até atingir a marca de 17,50 metros. Outras vias como a Rua 24 de Janeiro, a Gameleira e a Via Chico Mendes em frente ao Parque Capitão Ciríaco também estão sendo observadas, e serão interditadas quando necessário. Em todo o estado, mais de 80 mil pessoas já foram atingidas pela alagação.

Leia Também:  Datafolha mostra Dilma e Marina empatadas com 34%; Aécio tem 15%.

“É uma situação de drama social econômico. Temos feito o impossível para diminuir esse impacto. É um problema de grande magnitude, mas estamos de cabeça erquida. Com união, venceremos”, disse o governador Tião Viana, ao anunciar que o governo se prepara para entregar cerca de mil unidades habitacionais a famílias das áreas de risco.

O prefeito Marcus Alexandre tem somado esforços junto ao enfrentamento da enchente na capital, inclusive mudando seu gabinete para atender no Parque de Exposições. “Nós estamos muito perto da maior cheia da história. Por conta dessa situação, com mais de 20 bairros atingidos pela alagação, mais de 14 mil famílias afetadas só em Rio Branco e quatro abrigos, decretamos a calamidade pública e pedimos o apoio de todos que possam nos ajudar neste momento”, relatou o prefeito.

(Foto: Arison Jardim/Secom)

(Foto: Arison Jardim/Secom)

Mais abrigos

O número de famílias atingidas pela cheia do Rio Acre e que estão em abrigos montados pela prefeitura de Rio Branco em parceria com os governos do Estado e federal é de 1.461, totalizando até o presente momento 5.162 pessoas atendidas.

Leia Também:  Mestre guru lhe ensinou! O povo clama Everaldo não cumpre as promessas de campanha

Além do abrigo montado no Parque de Exposições, a prefeitura e o governo montaram abrigos públicos ainda no bairro Comara, na sede do Sest/Senat, no Sesc/Bosque. Existe ainda, a possibilidade de abrir um quinto abrigo para atender as famílias atingidas.

Leia o decreto.

(Foto: Arison Jardim/Secom)

(Foto: Arison Jardim/Secom)

(Foto: Arison Jardim/Secom)

(Foto: Arison Jardim/Secom)

(Foto: Arison Jardim/Secom)

(Foto: Arison Jardim/Secom)

(Foto: Arison Jardim/Secom)

(Foto: Arison Jardim/Secom)

COMENTE ABAIXO:

Propaganda

Política

Governo entrega mais de 300 novas vagas na Unidade Penitenciária de Sena Madureira

A área de convivência familiar e o alojamento dos agentes penitenciários também foram melhorados.

Publicados

em

Por

A área de convivência familiar e o alojamento dos agentes penitenciários também foram melhorados.

Por Samuel Bryan

O governador Tião Viana entregou na manhã desta quinta-feira, 1, dois novos blocos de convivência para reeducandos da Unidade Penitenciária Evaristo de Moraes, em Sena Madureira, que agora, com 312 novas vagas, zera o déficit prisional do município.

Foram investidos R$ 5 milhões. Além dos blocos, o espaço também teve uma ampliação da muralha, com novas guaritas elevadas, calçamento e todo o cercamento do alambrado em torno da unidade. 

A entrega faz parte das três mil novas vagas em unidades prisionais de todo o Acre abertas pelo governador Tião Viana durante sua gestão, num investimento que chega a R$ 70 milhões no sistema prisional do estado, com obras de reforma e ampliação em todos os presídios.

“Com mais essa entrega, as regionais de Sena Madureira, Tarauacá, Cruzeiro do Sul e Rio Branco estão completamente reestruturadas e com os agentes valorizados com plano de carreira. E o problema da violência não é falta de vagas nas escolas, onde aqui no Acre elas estão sobrando. É mais complexo, com a pressão do narcotráfico destruindo gerações porque as fronteiras da Amazônia estão abertas”, conta o governador Tião Viana.

Leia Também:  Rio Acre em Brasiléia já deu sinal de vazante

Os novos blocos entregues seguem o padrão composto por circuito interno de videomonitoramento, cela com acessibilidade, alojamentos para agentes penitenciários, solário, guarita e alambrado.

O diretor-presidente do Instituto de Administração Penitenciária (Iapen), Aberson Carvalho, completa: “Aqui no presídio de Sena Madureira nós triplicamos o número de vagas. Isso reflete uma qualidade na ressocialização e na atividade laboral dos agentes penitenciários. Aumentamos o conforto dos nossos servidores, o que leva à melhoria da qualidade do trabalho.”

Veja o Vídeo da Prefeita Fernanda Hassem que está em Brasília em busca de recursos para Brasiléia.

A Prefeita, Fernanda Hassem, está em Brasília em busca de mais recursos para o município de Brasiléia. E para isso está participando de audiências com os parlamentares da bancada acreana mostrando as necessidades da cidade, e de sua população. Esse é um momento decisivo para aqueles que querem ajudar Brasiléia, e seus moradores.

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

POLÍTICA

POLÍCIA

EDUCAÇÃO

CONCURSO

ESPORTE

MAIS LIDAS DA SEMANA