RIO BRANCO

Variedades

O futuro: Programa de Recuperação da Bacia do Rio Acre

Comunidades aprendem como cuidar das áreas de proteção e reaproveitar as áreas abertas

Publicados

Variedades

Comunidades aprendem como cuidar das áreas de proteção e reaproveitar as áreas abertas. Cerca de 60 mil hectares são de Áreas de Preservação Permanente 

Por Paula Amanda

(Foto: Angela Peres/Secom)

(Foto: Angela Peres/Secom)

Além de utilizar as áreas de floresta de maneira sustentável e produtiva, para conservar o meio ambiente é necessário também reaproveitar as áreas abertas. O Acre tem 13% de áreas desmatadas. Boa parte dos desmates está concentrada na Bacia do Rio Acre. São cerca de 60 mil hectares de Áreas de Preservação Permanente (APP), desmatadas, desde a nascente as margens dos rios e igarapés.

paula-300x200Para conscientizar as populações que moram ao longo da Bacia do Rio Acre e diminuir os efeitos do desmatamento, o governo do Estado criou o Programa de Recuperação da Bacia do Rio Acre.

Com apoio do Fundo Amazônia, do World Wide Fund for Nature (WWF) e do Fundo Nacional de Meio Ambiente, a Secretaria de Estado de Meio Ambiente (Sema) realiza o projeto nos municípios que compreendem a bacia: Rio Branco, Porto Acre, Xapuri, Brasileia, Epitaciolândia e Assis Brasil.

Leia Também:  Governador Tião Viana acompanha demolição de casa em Rio Branco

O programa consiste na instalação de Unidades Demonstrativas de Recuperação de APP, na capacitação dos produtores e ribeirinhos que vivem às margens do rio, na recuperação das áreas abertas e na promoção das ações de conservação da natureza. Além disso, 1,2 milhão de mudas foi distribuída entre as comunidades. A coordenadora do programa, Marly Ferreira, explica que o principal objetivo do programa é reduzir a pressão na floresta.

“Nós mostramos às populações que habitam essas regiões o quanto é importante manter a floresta de pé e reaproveitar as áreas que foram desmatadas. Importante não só para a sobrevivência delas, mas de toda a humanidade. Nós ainda temos uma grande riqueza natural, e precisamos cuidar dela”, ressaltou.

COMENTE ABAIXO:

Propaganda

Política

Governo entrega mais de 300 novas vagas na Unidade Penitenciária de Sena Madureira

A área de convivência familiar e o alojamento dos agentes penitenciários também foram melhorados.

Publicados

em

Por

A área de convivência familiar e o alojamento dos agentes penitenciários também foram melhorados.

Por Samuel Bryan

O governador Tião Viana entregou na manhã desta quinta-feira, 1, dois novos blocos de convivência para reeducandos da Unidade Penitenciária Evaristo de Moraes, em Sena Madureira, que agora, com 312 novas vagas, zera o déficit prisional do município.

Foram investidos R$ 5 milhões. Além dos blocos, o espaço também teve uma ampliação da muralha, com novas guaritas elevadas, calçamento e todo o cercamento do alambrado em torno da unidade. 

A entrega faz parte das três mil novas vagas em unidades prisionais de todo o Acre abertas pelo governador Tião Viana durante sua gestão, num investimento que chega a R$ 70 milhões no sistema prisional do estado, com obras de reforma e ampliação em todos os presídios.

“Com mais essa entrega, as regionais de Sena Madureira, Tarauacá, Cruzeiro do Sul e Rio Branco estão completamente reestruturadas e com os agentes valorizados com plano de carreira. E o problema da violência não é falta de vagas nas escolas, onde aqui no Acre elas estão sobrando. É mais complexo, com a pressão do narcotráfico destruindo gerações porque as fronteiras da Amazônia estão abertas”, conta o governador Tião Viana.

Leia Também:  Tratamento de câncer e hemodiálise se inicia 2015 no Juruá, diz Tião Viana

Os novos blocos entregues seguem o padrão composto por circuito interno de videomonitoramento, cela com acessibilidade, alojamentos para agentes penitenciários, solário, guarita e alambrado.

O diretor-presidente do Instituto de Administração Penitenciária (Iapen), Aberson Carvalho, completa: “Aqui no presídio de Sena Madureira nós triplicamos o número de vagas. Isso reflete uma qualidade na ressocialização e na atividade laboral dos agentes penitenciários. Aumentamos o conforto dos nossos servidores, o que leva à melhoria da qualidade do trabalho.”

Veja o Vídeo da Prefeita Fernanda Hassem que está em Brasília em busca de recursos para Brasiléia.

A Prefeita, Fernanda Hassem, está em Brasília em busca de mais recursos para o município de Brasiléia. E para isso está participando de audiências com os parlamentares da bancada acreana mostrando as necessidades da cidade, e de sua população. Esse é um momento decisivo para aqueles que querem ajudar Brasiléia, e seus moradores.

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

POLÍTICA

POLÍCIA

EDUCAÇÃO

CONCURSO

ESPORTE

MAIS LIDAS DA SEMANA