RIO BRANCO

Variedades

PEN não consegue eleger nenhum deputado para a Aleac.

O Partido Ecológico Nacional (PEN), legenda com seis deputados na Aleac não conseguiu eleger nenhum deputado nas eleições 2014.

Publicados

Variedades

O Partido Ecológico Nacional (PEN), legenda com seis deputados na Aleac não conseguiu eleger nenhum deputado nas eleições 2014.

pen

O partido chegou a ter sete deputados estaduais, chegando ao final da atual legislatura com seis dos 24 deputados eleitos na disputa eleitora de 2010.

Um dos fatores que contribuiu para o fracasso eleitoral do PEN seria a aliança suicida que o partido teria feito com o Partido dos Trabalhadores (PT), no chapão montado para concorrer no pleito deste anos. Até mesmo o deputado Jamyl Asfury, apesar de ser o mais bem votado do PEN, ficou fora.

Jamyl Asfury ficou em oitavo na classificação geral da votação, com 5.529 votos. Apesar da boa votação de Asfury, aconteceu o que previam os analistas políticos: seus votos serviram apenas de escada para os eleitos do PT, legenda que ocupara cinco cadeiras na Assembleia legislativa do Acre (Aleac).

O erro de estratégia na montagem das coligações custou caro ao PEN. O líder do governador Sebastião Viana (PT), deputado Astério Moreira não foi reeleito. Outro que amargou a derrota foi o pastor da Igreja Quadrangular, Denilson Segóvia. O PEN volta a ser nanico na conjuntura política do Acre.

Leia Também:  Cartões de confirmação do Enem está disponível

Ray Melo, ac24horas

COMENTE ABAIXO:

Propaganda
Clique para comentar

Você precisa estar logado para postar um comentário Login

Política

Governo entrega mais de 300 novas vagas na Unidade Penitenciária de Sena Madureira

A área de convivência familiar e o alojamento dos agentes penitenciários também foram melhorados.

Publicados

em

Por

A área de convivência familiar e o alojamento dos agentes penitenciários também foram melhorados.

Por Samuel Bryan

O governador Tião Viana entregou na manhã desta quinta-feira, 1, dois novos blocos de convivência para reeducandos da Unidade Penitenciária Evaristo de Moraes, em Sena Madureira, que agora, com 312 novas vagas, zera o déficit prisional do município.

Foram investidos R$ 5 milhões. Além dos blocos, o espaço também teve uma ampliação da muralha, com novas guaritas elevadas, calçamento e todo o cercamento do alambrado em torno da unidade. 

A entrega faz parte das três mil novas vagas em unidades prisionais de todo o Acre abertas pelo governador Tião Viana durante sua gestão, num investimento que chega a R$ 70 milhões no sistema prisional do estado, com obras de reforma e ampliação em todos os presídios.

“Com mais essa entrega, as regionais de Sena Madureira, Tarauacá, Cruzeiro do Sul e Rio Branco estão completamente reestruturadas e com os agentes valorizados com plano de carreira. E o problema da violência não é falta de vagas nas escolas, onde aqui no Acre elas estão sobrando. É mais complexo, com a pressão do narcotráfico destruindo gerações porque as fronteiras da Amazônia estão abertas”, conta o governador Tião Viana.

Leia Também:  Governador entrega Parque Industrial de Epitaciolândia

Os novos blocos entregues seguem o padrão composto por circuito interno de videomonitoramento, cela com acessibilidade, alojamentos para agentes penitenciários, solário, guarita e alambrado.

O diretor-presidente do Instituto de Administração Penitenciária (Iapen), Aberson Carvalho, completa: “Aqui no presídio de Sena Madureira nós triplicamos o número de vagas. Isso reflete uma qualidade na ressocialização e na atividade laboral dos agentes penitenciários. Aumentamos o conforto dos nossos servidores, o que leva à melhoria da qualidade do trabalho.”

Veja o Vídeo da Prefeita Fernanda Hassem que está em Brasília em busca de recursos para Brasiléia.

A Prefeita, Fernanda Hassem, está em Brasília em busca de mais recursos para o município de Brasiléia. E para isso está participando de audiências com os parlamentares da bancada acreana mostrando as necessidades da cidade, e de sua população. Esse é um momento decisivo para aqueles que querem ajudar Brasiléia, e seus moradores.

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

POLÍTICA

POLÍCIA

EDUCAÇÃO

CONCURSO

ESPORTE

MAIS LIDAS DA SEMANA