Variedades

Ministério da Pesca garante investimento de R$ 20 milhões no Acre

Em visita para conhecer o Complexo de Piscicultura o ministro Helder Barbalho diz que “todo o Brasil tem a aprender com o Acre”

Publicados

Variedades

Em visita para conhecer o Complexo de Piscicultura o ministro Helder Barbalho diz que “todo o Brasil tem a aprender com o Acre”

Por Samuel Bryan

(Foto: Sérgio Vale/Secom)

(Foto: Sérgio Vale/Secom)

O primeiro montante de investimentos será destinado ao benefício de mais de 2.400 pequenos produtores do Acre na construção de mais de dois mil tanques de piscicultura. O restante do recurso será investido na cadeia produtiva do peixe em etapas distintas.

ministro-helder-barbalho-piscicultura-referencia-brasil-2 ministro-helder-barbalho-sobrevoa-complexo-piscicultura2O ministro ficou impressionado com o que viu no complexo, previsto para entrar em funcionamento pleno em fevereiro deste ano. “O Acre se consolida como uma referência de experiência em piscicultura. Este é um projeto que deve ser fortalecido e preservado, é um projeto que deve ser enxergado por todo o setor em nosso país”, disse Barbalho.

Instalada em uma área de 63 hectares, a Peixes da Amazônia S.A. começou a ser construída em 2011. O laboratório de alevinos tem capacidade para produzir por ano dez milhões de surubins, dez milhões de tambaquis e piaus, além de 350 mil pirarucus. Já a fábrica de ração é a primeira no Brasil especializada em rações para peixes carnívoros. Ela tem uma capacidade de produzir de 5 a 10 toneladas/hora, dependendo do tipo de ração. Em um ano, este número pode passar de 40 mil toneladas. E o frigorífico – última etapa do complexo – terá capacidade para processar 70 toneladas de peixe por dia, 20 mil toneladas por ano.

Leia Também:  Alto Acre Declara Apoio À Campanha De Tião Viana, Nazaré E Perpétua

O complexo possui investimentos de mais de R$ 100 milhões em uma parceria público/privada. A estrutura societária da Peixes da Amazônia S.A. foi feita de forma que contemplasse pequenos e grandes produtores. A Central das Cooperativas, que conta com 3.500 produtores associados, é uma das acionistas ao lado de outros 15 grandes empresários e o governo estadual.

Para o governador Tião Viana, o projeto de piscicultura para o Acre é acima de tudo uma grande oportunidade de desenvolvimento econômico, valorizando os pequenos produtores ao gerar uma nova fonte de renda e alimentação.

“A fábrica de alevinos funciona a todo vapor e já é autossuficiente. A fábrica de ração também já está funcionando e o frigorífico começa em fevereiro. Estamos criando uma cadeia produtiva do peixe dos pequenos produtores do Juruá até os companheiros da Transacreana. Estamos trabalhando, produzindo e investindo nessa atividade”, ressalta Tião.

Mercado do Peixe

complexo_de_piscicultura_SV29012015-23-300x214 (1)Além de conhecer o Complexo de Piscicultura e destinar R$ 20 milhões em investimentos para o governo do Estado, o ministro Helder Barbalho também assinou um convênio de R$ 1,4 milhão com a prefeitura de Rio Branco para a construção do Mercado do Peixe. O espaço ficará junto da Central de Abastecimento de Rio Branco (Ceasa) e tem previsão de início das obras para o fim de janeiro e entrega em outubro.

Leia Também:  Acre será o primeiro estado a ofertar o Método Canguru na atenção básica

Segundo o prefeito Marcus Alexandre, “já temos um sucesso muito grande com as feiras do peixe, mas faltava ainda um espaço permanente para o comércio de pescado o ano inteiro. Esse espaço vai ficar lá na Ceasa e vai receber peixe não só dos produtores de Rio Branco, mas dos municípios ao redor”.

Veja as foto: Sérgio Vale/Secom

complexo_de_piscicultura_SV29012015-40 complexo_de_piscicultura_SV29012015-38 complexo_de_piscicultura_SV29012015-37 complexo_de_piscicultura_SV29012015-36 complexo_de_piscicultura_SV29012015-8 complexo_de_piscicultura_SV29012015-5 complexo_de_piscicultura_SV29012015-6 complexo_de_piscicultura_SV29012015-7

COMENTE ABAIXO:

Propaganda

Política

Governo entrega mais de 300 novas vagas na Unidade Penitenciária de Sena Madureira

A área de convivência familiar e o alojamento dos agentes penitenciários também foram melhorados.

Publicados

em

Por

A área de convivência familiar e o alojamento dos agentes penitenciários também foram melhorados.

Por Samuel Bryan

O governador Tião Viana entregou na manhã desta quinta-feira, 1, dois novos blocos de convivência para reeducandos da Unidade Penitenciária Evaristo de Moraes, em Sena Madureira, que agora, com 312 novas vagas, zera o déficit prisional do município.

Foram investidos R$ 5 milhões. Além dos blocos, o espaço também teve uma ampliação da muralha, com novas guaritas elevadas, calçamento e todo o cercamento do alambrado em torno da unidade. 

A entrega faz parte das três mil novas vagas em unidades prisionais de todo o Acre abertas pelo governador Tião Viana durante sua gestão, num investimento que chega a R$ 70 milhões no sistema prisional do estado, com obras de reforma e ampliação em todos os presídios.

“Com mais essa entrega, as regionais de Sena Madureira, Tarauacá, Cruzeiro do Sul e Rio Branco estão completamente reestruturadas e com os agentes valorizados com plano de carreira. E o problema da violência não é falta de vagas nas escolas, onde aqui no Acre elas estão sobrando. É mais complexo, com a pressão do narcotráfico destruindo gerações porque as fronteiras da Amazônia estão abertas”, conta o governador Tião Viana.

Leia Também:  Pesquisador diz que Acre deve enfrentar frio.

Os novos blocos entregues seguem o padrão composto por circuito interno de videomonitoramento, cela com acessibilidade, alojamentos para agentes penitenciários, solário, guarita e alambrado.

O diretor-presidente do Instituto de Administração Penitenciária (Iapen), Aberson Carvalho, completa: “Aqui no presídio de Sena Madureira nós triplicamos o número de vagas. Isso reflete uma qualidade na ressocialização e na atividade laboral dos agentes penitenciários. Aumentamos o conforto dos nossos servidores, o que leva à melhoria da qualidade do trabalho.”

Veja o Vídeo da Prefeita Fernanda Hassem que está em Brasília em busca de recursos para Brasiléia.

A Prefeita, Fernanda Hassem, está em Brasília em busca de mais recursos para o município de Brasiléia. E para isso está participando de audiências com os parlamentares da bancada acreana mostrando as necessidades da cidade, e de sua população. Esse é um momento decisivo para aqueles que querem ajudar Brasiléia, e seus moradores.

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

POLÍTICA

POLÍCIA

EDUCAÇÃO

CONCURSO

ESPORTE

MAIS LIDAS DA SEMANA