RIO BRANCO

Variedades

Ministério da Integração Nacional libera R$ 2,5 milhões para Rio Branco

O governador também solicitou mais duas mil casas para o Alto Acre e Tarauacá. “O ministro veio para nos dar uma solução mais ampla, mais definitiva, para que as pessoas saiam desse drama

Publicados

Variedades

O governador também solicitou mais duas mil casas para o Alto Acre e Tarauacá. “O ministro veio para nos dar uma solução mais ampla, mais definitiva, para que as pessoas saiam desse drama 

Por Samuel Bryan

Foto: Gleilson Miranda/Secom

Foto: Gleilson Miranda/Secom

Uma semana após vistoriar os danos causados pela enchente do Rio Acre em Brasileia e Xapuri, o ministro da Integração Nacional, Gilberto Occhi, retornou ao estado nesta terça-feira, 3, para ver de perto a situação de calamidade pública em que se encontra Rio Branco. Acompanhado do governador Tião Viana e o prefeito Marcus Alexandre, o ministro pode sobrevoar a capital e observar a região de 53 bairros alagados, que atinge 80 mil pessoas. De imediato, o governo federal está liberando R$ 2,5 milhões para a capital.

Foto: Gleilson Miranda/Secom

Foto: Gleilson Miranda/Secom

O valor será voltado, principalmente, para auxiliar a prefeitura que atualmente serve quase 21 mil refeições por dia nos 20 abrigos espalhados pela cidade com mais de sete mil pessoas, além do aluguel de barcos para retirada de famílias e socorro. Também começaram a chegar nesta terça-feira os 17 mil kits humanitários do ministério voltados para limpeza e higienização social.

Foto: Gleilson Miranda/Secom

Foto: Gleilson Miranda/Secom

Em contato com os desabrigados pela cheia do Rio Acre, no Parque de Exposições, o ministro não deixou de se solidarizar com as famílias e reafirmou o esforço do governo federal e estadual para dar uma nova casa para as famílias que moram em áreas de risco. “Eu tive a oportunidade de sobrevoar a calha do rio e é impressionante o tamanho da tragédia que assola Rio Branco. Estamos trabalhando para começar a identificar as famílias e levá-las para os empreendimentos habitacionais do Minha Casa Minha Vida”, disse Gilberto Occhi.

Foto: Gleilson Miranda/Secom

Foto: Gleilson Miranda/Secom

A própria presidente Dilma Rousseff determinou por meio do ministro e do senador Jorge Viana que não falte ajuda aos acreanos. O governador Tião Viana lembrou do esforço de governo para que a burocracia seja derrubada. Já existem cerca de 1.200 casas prontas em conjuntos habitacionais apenas esperando liberação. E o governador também solicitou mais duas mil casas para o Alto Acre e Tarauacá. “O ministro veio para nos dar uma solução mais ampla, mais definitiva, para que as pessoas saiam desse drama que se repete todo ano. O acre sente as mudanças de um fator climático tão forte e precisa de mudanças definitivas”, disse Tião.

Foto: Gleilson Miranda/Secom

Foto: Gleilson Miranda/Secom

O prefeito Marcus Alexandre ressaltou um pedido de agradecimento à população que tem sido forte, solidária e compreensível nesta que está sendo a maior cheia da história da capital. “Depois da cota de 17,66 metros, tudo agora é novidade porque são áreas que não imaginávamos que alagassem. Eu quero agradecer a todos que nos ajudam e pedir mais a colaboração da população, pois precisamos fechar a região central e três das quatro pontes”, disse o prefeito.

Foto: Gleilson Miranda/Secom

Foto: Gleilson Miranda/Secom

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  INSS divulga resultado final de provas para 300 vagas

Propaganda

Política

Governo entrega mais de 300 novas vagas na Unidade Penitenciária de Sena Madureira

A área de convivência familiar e o alojamento dos agentes penitenciários também foram melhorados.

Publicados

em

Por

A área de convivência familiar e o alojamento dos agentes penitenciários também foram melhorados.

Por Samuel Bryan

O governador Tião Viana entregou na manhã desta quinta-feira, 1, dois novos blocos de convivência para reeducandos da Unidade Penitenciária Evaristo de Moraes, em Sena Madureira, que agora, com 312 novas vagas, zera o déficit prisional do município.

Foram investidos R$ 5 milhões. Além dos blocos, o espaço também teve uma ampliação da muralha, com novas guaritas elevadas, calçamento e todo o cercamento do alambrado em torno da unidade. 

A entrega faz parte das três mil novas vagas em unidades prisionais de todo o Acre abertas pelo governador Tião Viana durante sua gestão, num investimento que chega a R$ 70 milhões no sistema prisional do estado, com obras de reforma e ampliação em todos os presídios.

“Com mais essa entrega, as regionais de Sena Madureira, Tarauacá, Cruzeiro do Sul e Rio Branco estão completamente reestruturadas e com os agentes valorizados com plano de carreira. E o problema da violência não é falta de vagas nas escolas, onde aqui no Acre elas estão sobrando. É mais complexo, com a pressão do narcotráfico destruindo gerações porque as fronteiras da Amazônia estão abertas”, conta o governador Tião Viana.

Leia Também:  Perpétua defende industrialização sustentável em Brasileia.

Os novos blocos entregues seguem o padrão composto por circuito interno de videomonitoramento, cela com acessibilidade, alojamentos para agentes penitenciários, solário, guarita e alambrado.

O diretor-presidente do Instituto de Administração Penitenciária (Iapen), Aberson Carvalho, completa: “Aqui no presídio de Sena Madureira nós triplicamos o número de vagas. Isso reflete uma qualidade na ressocialização e na atividade laboral dos agentes penitenciários. Aumentamos o conforto dos nossos servidores, o que leva à melhoria da qualidade do trabalho.”

Veja o Vídeo da Prefeita Fernanda Hassem que está em Brasília em busca de recursos para Brasiléia.

A Prefeita, Fernanda Hassem, está em Brasília em busca de mais recursos para o município de Brasiléia. E para isso está participando de audiências com os parlamentares da bancada acreana mostrando as necessidades da cidade, e de sua população. Esse é um momento decisivo para aqueles que querem ajudar Brasiléia, e seus moradores.

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

POLÍTICA

POLÍCIA

EDUCAÇÃO

CONCURSO

ESPORTE

MAIS LIDAS DA SEMANA