RIO BRANCO

Variedades

Iapen inicia replanejamento do sistema prisional

Martin Hessel conversou com o governador Tião Viana sobre unidades prisionais em formato público-privado

Publicados

Variedades

Martin Hessel conversou com o governador Tião Viana sobre unidades prisionais em formato público-privado 

Por Samuel Bryan

flash_peniten-620x300

O diretor do Instituto Penitenciário do Acre (Iapen), Martin Hessel, encontrou-se com o governador Tião Viana nesta quarta-feira, 18, no Gabinete Civil, para discutirem ações que vão definir o replanejamento do sistema prisional do Estado. Martin tem conhecido unidades prisionais no país que usam o modelo público-privado, e já implanta novas ações no Acre.

Entre as novidades acreanas, está a implantação de novos procedimentos padrões que já estão sendo realizados em todos os presídios estaduais, como os de acesso às visitas. Além disso, as aulas do ensino prisional começam já na próxima semana. Alguns presídios começam a instalar a produção agrícola junto aos internos, e o projeto de piscicultura para os açudes da unidade Francisco de Oliveira Conde, em Rio Branco, também irá começar a funcionar.

Na próxima semana, Martin Hessel deve ir à Bahia, onde conhecerá o modelo público-privado de unidade prisional. Ele já fez visita parecida a uma unidade em Minas Gerais para trocar experiências e ideias de gestão. No fim do mês, o diretor do Iapen participará do encontro com o Departamento Penitenciário Nacional (Depen), onde procurará captação de recursos para o sistema prisional.

Leia Também:  Jorge Viana comenta retorno de Fernando Melo à Frente Popular

COMENTE ABAIXO:

Propaganda

Política

Governo entrega mais de 300 novas vagas na Unidade Penitenciária de Sena Madureira

A área de convivência familiar e o alojamento dos agentes penitenciários também foram melhorados.

Publicados

em

Por

A área de convivência familiar e o alojamento dos agentes penitenciários também foram melhorados.

Por Samuel Bryan

O governador Tião Viana entregou na manhã desta quinta-feira, 1, dois novos blocos de convivência para reeducandos da Unidade Penitenciária Evaristo de Moraes, em Sena Madureira, que agora, com 312 novas vagas, zera o déficit prisional do município.

Foram investidos R$ 5 milhões. Além dos blocos, o espaço também teve uma ampliação da muralha, com novas guaritas elevadas, calçamento e todo o cercamento do alambrado em torno da unidade. 

A entrega faz parte das três mil novas vagas em unidades prisionais de todo o Acre abertas pelo governador Tião Viana durante sua gestão, num investimento que chega a R$ 70 milhões no sistema prisional do estado, com obras de reforma e ampliação em todos os presídios.

“Com mais essa entrega, as regionais de Sena Madureira, Tarauacá, Cruzeiro do Sul e Rio Branco estão completamente reestruturadas e com os agentes valorizados com plano de carreira. E o problema da violência não é falta de vagas nas escolas, onde aqui no Acre elas estão sobrando. É mais complexo, com a pressão do narcotráfico destruindo gerações porque as fronteiras da Amazônia estão abertas”, conta o governador Tião Viana.

Leia Também:  Presidente do PMDB-MG acusa PSDB de oferecer R$ 20 mil por aliança

Os novos blocos entregues seguem o padrão composto por circuito interno de videomonitoramento, cela com acessibilidade, alojamentos para agentes penitenciários, solário, guarita e alambrado.

O diretor-presidente do Instituto de Administração Penitenciária (Iapen), Aberson Carvalho, completa: “Aqui no presídio de Sena Madureira nós triplicamos o número de vagas. Isso reflete uma qualidade na ressocialização e na atividade laboral dos agentes penitenciários. Aumentamos o conforto dos nossos servidores, o que leva à melhoria da qualidade do trabalho.”

Veja o Vídeo da Prefeita Fernanda Hassem que está em Brasília em busca de recursos para Brasiléia.

A Prefeita, Fernanda Hassem, está em Brasília em busca de mais recursos para o município de Brasiléia. E para isso está participando de audiências com os parlamentares da bancada acreana mostrando as necessidades da cidade, e de sua população. Esse é um momento decisivo para aqueles que querem ajudar Brasiléia, e seus moradores.

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

POLÍTICA

POLÍCIA

EDUCAÇÃO

CONCURSO

ESPORTE

MAIS LIDAS DA SEMANA