RIO BRANCO

Variedades

Governo expõe a Ministro da Integração panorama geral de danos no Acre

Governador expôs ao ministro todas as medidas que estão sendo adotados para o auxílio à população. Tião Viana agradeceu apoio que o Acre tem recebido da presidente Dilma

Publicados

Variedades

Governador expôs ao ministro todas as medidas que estão sendo adotados para o auxílio à população.

Por Ana Paula Pojo

Tião Viana agradeceu apoio que o Acre tem recebido da presidente Dilma Foto: Sérgio Vale/Secom

Tião Viana agradeceu apoio que o Acre tem recebido da presidente Dilma Foto: Sérgio Vale/Secom

O ministro da Integração Nacional, Gilberto Occhi, chegou a Rio Branco na tarde desta terça-feira, 3, para trazer mais apoio do governo federal ao estado. Após sobrevoar a capital e vistoriar as áreas atingidas pela enchente, o ministro seguiu com o governador Tião Viana ao auditório da Organização dos Advogados do Brasil (OAB), para acompanhar a apresentação de um panorama geral feito pelo governo e prefeitura da capital, contendo relatórios com a dimensão dos danos ocasionados pela enchente nos municípios afetados.

Na ocasião, a equipe de governo e o prefeito Marcus Alexandre expuseram ao ministro todas as medidas que estão sendo adotados para o auxílio à população. Tião Viana aproveitou a ocasião para agradecer o apoio da presidente Dilma Rousseff.

“Quero registrar a minha gratidão ao governo federal pela solidariedade prestada ao Acre. Agradeço ainda, a sensibilidade da bancada federal, dos senadores, voluntários e de todos aqueles que têm se empenhado nesse trabalho junto com a gente”, agradeceu.

Leia Também:  Atendendo a indicação de Jamyl, mais 215 PMs são convocados no Acre

Prejuízos e medidas de apoio para a capital

O prefeito Marcus Alexandre expôs ao ministro que, só em Rio Branco, 53 bairros foram atingidos pela enchente, somando quase cinco mil hectares de área alagada, que resulta em cerca de 90 mil pessoas diretamente afetadas. Com três pontes interditadas, a população sofre ainda com o desabastecimento de água e energia.

“Em 20 abrigos públicos nós alojamos 7.768 pessoas que recebem diariamente toda a assistência do governo. Já pleiteamos junto ao governo federal uma solicitação complementar de recursos que irão se somar aos R$ 2,5 milhões já autorizados pelo Ministério da Integração, para garantir o atendimento básico nos abrigos”, contou o prefeito.

Entre os danos apresentados na área de produção, o secretário de Extensão Agroflorestal e Produção Familiar (Seaprof), Glenilson Figueiredo, calcula que mais de R$ 52 milhões em prejuízo para os produtores. Diante do expressivo número que atinge os agricultores, o governador Tião Viana pediu a sensibilidade dos bancos para a renovação das linhas de crédito, a fim de que esses trabalhadores possam recomeçar.

Leia Também:  Líder do prefeito diz que Gladson é mentiroso e oportunista.

Entrega de casas do Minha Casa Minha Vida

O Secretário de Obras Públicas, Leonardo Neder, contou ao ministro que nos últimos quatro anos 10.761 casas foram entregues no Acre pelo governo federal. “A prioridade do governo agora, é entregar nos próximos dias, cerca de mil unidades, após a homologação dos cadastros dos beneficiários junto ao Ministério das Cidades”, ressaltou.

Neder explicou, ainda, que o governo já assegurou 7.423 casas para o empreendimento Cidade do Povo, número que faz parte das moradias já entregues no empreendimento e que integra as 10.518 unidades habitacionais previstas no projeto do Programa Minha Casa Minha Vida.  O objetivo do governo é reduzir a quase zero o déficit habitacional em Rio Branco.

COMENTE ABAIXO:

Propaganda

Política

Governo entrega mais de 300 novas vagas na Unidade Penitenciária de Sena Madureira

A área de convivência familiar e o alojamento dos agentes penitenciários também foram melhorados.

Publicados

em

Por

A área de convivência familiar e o alojamento dos agentes penitenciários também foram melhorados.

Por Samuel Bryan

O governador Tião Viana entregou na manhã desta quinta-feira, 1, dois novos blocos de convivência para reeducandos da Unidade Penitenciária Evaristo de Moraes, em Sena Madureira, que agora, com 312 novas vagas, zera o déficit prisional do município.

Foram investidos R$ 5 milhões. Além dos blocos, o espaço também teve uma ampliação da muralha, com novas guaritas elevadas, calçamento e todo o cercamento do alambrado em torno da unidade. 

A entrega faz parte das três mil novas vagas em unidades prisionais de todo o Acre abertas pelo governador Tião Viana durante sua gestão, num investimento que chega a R$ 70 milhões no sistema prisional do estado, com obras de reforma e ampliação em todos os presídios.

“Com mais essa entrega, as regionais de Sena Madureira, Tarauacá, Cruzeiro do Sul e Rio Branco estão completamente reestruturadas e com os agentes valorizados com plano de carreira. E o problema da violência não é falta de vagas nas escolas, onde aqui no Acre elas estão sobrando. É mais complexo, com a pressão do narcotráfico destruindo gerações porque as fronteiras da Amazônia estão abertas”, conta o governador Tião Viana.

Leia Também:  Tratamento de câncer e hemodiálise se inicia 2015 no Juruá, diz Tião Viana

Os novos blocos entregues seguem o padrão composto por circuito interno de videomonitoramento, cela com acessibilidade, alojamentos para agentes penitenciários, solário, guarita e alambrado.

O diretor-presidente do Instituto de Administração Penitenciária (Iapen), Aberson Carvalho, completa: “Aqui no presídio de Sena Madureira nós triplicamos o número de vagas. Isso reflete uma qualidade na ressocialização e na atividade laboral dos agentes penitenciários. Aumentamos o conforto dos nossos servidores, o que leva à melhoria da qualidade do trabalho.”

Veja o Vídeo da Prefeita Fernanda Hassem que está em Brasília em busca de recursos para Brasiléia.

A Prefeita, Fernanda Hassem, está em Brasília em busca de mais recursos para o município de Brasiléia. E para isso está participando de audiências com os parlamentares da bancada acreana mostrando as necessidades da cidade, e de sua população. Esse é um momento decisivo para aqueles que querem ajudar Brasiléia, e seus moradores.

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

POLÍTICA

POLÍCIA

EDUCAÇÃO

CONCURSO

ESPORTE

MAIS LIDAS DA SEMANA