RIO BRANCO

Variedades

Governo apresenta projeto que fortalecerá bacia leiteira do Acre

Governo deverá produzir 103 mil litros de leite por dia, com o uso de alta tecnologia até 2016

Publicados

Variedades

Governo deverá produzir 103 mil litros de leite por dia, com o uso de alta tecnologia até 2016

Por Ana Paula Pojo

(Foto: Sérgio Vale/Secom)

(Foto: Sérgio Vale/Secom)

Até 2016 o Acre deverá alcançar a autossuficiência na produção de leite no estado. A estimativa resulta da execução de mais um projeto fruto de parceria público-privada comunitária debatido entre o governador Tião Viana, empresários do ramo agroindustrial, Banco da Amazônia e representantes da empresa que gerencia o Fundo de Investimentos em Participação em Empresas Sustentáveis na Amazônia (FIP). A reunião foi realizada na Casa Civil, nesta sexta-feira, 10.

Segundo Tião Viana, foram adquiridas 1.300 vacas que serão transportadas para a região do Alto Acre, onde será dado início ao projeto de produção de leite em grande escala envolvendo o pequeno, o médio e o grande produtor.

“Com isto, o Acre fecha o ciclo da cadeia de proteína animal com a implementação do que pode vir a ser a quinta maior fazenda leiteira do Brasil, que prevê uma produção de 103 mil litros de leite diariamente, a partir do uso de alta tecnologia sustentável até 2016”, destacou o governador.

Leia Também:  Governo acelera liberação de casas para população desabrigada

A consolidação do projeto será feita em duas fases, onde inicialmente o governo investirá R$ 2 milhões na construção de um mini laticínio para a iniciação do projeto, seguido pela liberação de um crédito inicial de R$ 26 milhões a ser solicitado junto ao Banco da Amazônia, para a infraestrutura da fazenda.

O superintendente do Banco da Amazônia no Acre, José Roberto da Costa, explicou que assim que forem aprovados os projetos de solicitação do crédito, a instituição procederá com a liberação que deverá ocorrer até meados de agosto deste ano.

Agroindústria do Acre fecha ciclo

Com a implantação do projeto voltado para a bacia leiteira, o Acre fecha o ciclo do modelo sistêmico da economia agroindustrial no estado que se somam aos projetos de piscicultura, suinocultura e avicultura. O representante da gerenciadora do FIP, Luis Fernando Laranja, afirmou que a estratégia econômica do Estado é eficiente para o fortalecimento das cadeias agroindustriais. “Aqui há um estímulo na formatação da agroindústria que se traduz num ganho espetacular para o Acre”, afirmou.

Leia Também:  ONU Vê Brasil Como Modelo Ambiental e Esvazia MARINA

O empresário investidor, Paulo Santoyo, afirma que o projeto será desafiador, pois caminhará numa velocidade que se difere dos demais projetos de governo. “Queremos desenvolvê-lo de maneira integrada e avançar ainda no processo de fertilização dos animais. O momento agora é viabilizar a vinda das matrizes [vacas] para o estado”, disse.

(Foto: Sérgio Vale/Secom)

(Foto: Sérgio Vale/Secom)

COMENTE ABAIXO:

Propaganda

Política

Governo entrega mais de 300 novas vagas na Unidade Penitenciária de Sena Madureira

A área de convivência familiar e o alojamento dos agentes penitenciários também foram melhorados.

Publicados

em

Por

A área de convivência familiar e o alojamento dos agentes penitenciários também foram melhorados.

Por Samuel Bryan

O governador Tião Viana entregou na manhã desta quinta-feira, 1, dois novos blocos de convivência para reeducandos da Unidade Penitenciária Evaristo de Moraes, em Sena Madureira, que agora, com 312 novas vagas, zera o déficit prisional do município.

Foram investidos R$ 5 milhões. Além dos blocos, o espaço também teve uma ampliação da muralha, com novas guaritas elevadas, calçamento e todo o cercamento do alambrado em torno da unidade. 

A entrega faz parte das três mil novas vagas em unidades prisionais de todo o Acre abertas pelo governador Tião Viana durante sua gestão, num investimento que chega a R$ 70 milhões no sistema prisional do estado, com obras de reforma e ampliação em todos os presídios.

“Com mais essa entrega, as regionais de Sena Madureira, Tarauacá, Cruzeiro do Sul e Rio Branco estão completamente reestruturadas e com os agentes valorizados com plano de carreira. E o problema da violência não é falta de vagas nas escolas, onde aqui no Acre elas estão sobrando. É mais complexo, com a pressão do narcotráfico destruindo gerações porque as fronteiras da Amazônia estão abertas”, conta o governador Tião Viana.

Leia Também:  ONU Vê Brasil Como Modelo Ambiental e Esvazia MARINA

Os novos blocos entregues seguem o padrão composto por circuito interno de videomonitoramento, cela com acessibilidade, alojamentos para agentes penitenciários, solário, guarita e alambrado.

O diretor-presidente do Instituto de Administração Penitenciária (Iapen), Aberson Carvalho, completa: “Aqui no presídio de Sena Madureira nós triplicamos o número de vagas. Isso reflete uma qualidade na ressocialização e na atividade laboral dos agentes penitenciários. Aumentamos o conforto dos nossos servidores, o que leva à melhoria da qualidade do trabalho.”

Veja o Vídeo da Prefeita Fernanda Hassem que está em Brasília em busca de recursos para Brasiléia.

A Prefeita, Fernanda Hassem, está em Brasília em busca de mais recursos para o município de Brasiléia. E para isso está participando de audiências com os parlamentares da bancada acreana mostrando as necessidades da cidade, e de sua população. Esse é um momento decisivo para aqueles que querem ajudar Brasiléia, e seus moradores.

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

POLÍTICA

POLÍCIA

EDUCAÇÃO

CONCURSO

ESPORTE

MAIS LIDAS DA SEMANA