RIO BRANCO

Variedades

Associação de Mulheres: iniciativa e geração de renda

Associação das Mulheres do Segundo Distrito produz bolsas recicladas a partir de banners

Publicados

Variedades

Associação das Mulheres do Segundo Distrito produz bolsas recicladas a partir de banners 

Por Márcia Moreira

 (Foto: Rose Farias/Secom)

(Foto: Rose Farias/Secom)

Artesanato, cursos, reciclagem, geração de renda e emancipação das mulheres. Estas são palavras que podem resumir a Associação das Mulheres do Segundo Distrito. A ideia surgiu há 15 anos, mas só foi concretizada em 2005 e partiu de uma iniciativa da professora Guajarina Margarido, moradora do bairro Seis de Agosto.

ASSOCIAÇÃO-DE-MULHERES-3-300x171Quando se aposentou em 2003, a professora, que é formada na primeira turma de Letras da Universidade Federal do Acre, imaginou que não poderia ficar sem fazer nada “Não era o que eu queria. Nunca imaginei minha vida dentro de casa sem trabalhar”, conta.

Desta forma,  Guajarina, em parceria com outras pessoas, tomou a iniciativa de sair pelos bairros da capital resgatando mulheres para fazer parte de um grupo que se reuniria para debater formas de gerar renda e emancipação do gênero. Assim, no dia 5 de maio de 2005, surgiu a Associação de Mulheres.

Leia Também:  No Acre, marido de Marina Silva declara apoio a Tião Viana, do PT.

Inicialmente, a associação funcionou em uma sala cedida pela prefeitura de Rio Branco na Fundação de Cultura Garibaldi Brasil (FGB). Em 2006 o grupo cresceu, e o governo do Estado apoiou cedendo a Tentamen para a realização de reuniões, palestras sobre política das mulheres e oficinas de artesanato.

Apoio do Estado

Como sempre demonstraram interesse em participar da Economia Solidária em feiras que ocorrem nas praças da cidade, as mulheres da associação perceberam que o espaço que tinham para trabalhar era pequeno e, muitas vezes, o lucro das vendas não cobria os custos.

A Associação das Mulheres do Segundo Distrito foi uma das contempladas com a ação do governo de fomento aos pequenos negócios. Em janeiro deste ano mais 200 equipamentos foram entregues.

Assim, o grupo passou a buscar um espaço maior para que pudessem aumentar a produção. “Nunca deixamos de participar de uma feira, e com a ajuda da Secretaria de Política para as Mulheres, conseguimos um espaço maior”, conta Norma Morais, presidente da associação.

Leia Também:  Perpétua entrega 12 carros a entidades de dependentes químicos

Atualmente, a associação funciona no bairro Segundo Distrito, em um espaço anexo a uma igreja da comunidade. Com o apoio da Secretaria de Estado de Pequenos Negócios (SEPN), elas receberam máquinas de costura. Também receberam auxílio da Economia Solidária e do Serviço Social do Comércio (Sesc) para a disposição de cursos de cabeleireiro.

Há dois anos, com o apoio da SEPN, a Associação das Mulheres investe em confecção de bolsas, porta-moedas, carteiras e pastas recicladas, a partir de restos de banners. Devido ao aumento da demanda, em 2014, a secretaria dispôs de mais quatro máquinas de costura industrial para a fabricação dos itens.

Mais de 15 mil equipamentos já foram entregues (Foto: Sérgio Vale/Secom)

COMENTE ABAIXO:

Propaganda

Política

Governo entrega mais de 300 novas vagas na Unidade Penitenciária de Sena Madureira

A área de convivência familiar e o alojamento dos agentes penitenciários também foram melhorados.

Publicados

em

Por

A área de convivência familiar e o alojamento dos agentes penitenciários também foram melhorados.

Por Samuel Bryan

O governador Tião Viana entregou na manhã desta quinta-feira, 1, dois novos blocos de convivência para reeducandos da Unidade Penitenciária Evaristo de Moraes, em Sena Madureira, que agora, com 312 novas vagas, zera o déficit prisional do município.

Foram investidos R$ 5 milhões. Além dos blocos, o espaço também teve uma ampliação da muralha, com novas guaritas elevadas, calçamento e todo o cercamento do alambrado em torno da unidade. 

A entrega faz parte das três mil novas vagas em unidades prisionais de todo o Acre abertas pelo governador Tião Viana durante sua gestão, num investimento que chega a R$ 70 milhões no sistema prisional do estado, com obras de reforma e ampliação em todos os presídios.

“Com mais essa entrega, as regionais de Sena Madureira, Tarauacá, Cruzeiro do Sul e Rio Branco estão completamente reestruturadas e com os agentes valorizados com plano de carreira. E o problema da violência não é falta de vagas nas escolas, onde aqui no Acre elas estão sobrando. É mais complexo, com a pressão do narcotráfico destruindo gerações porque as fronteiras da Amazônia estão abertas”, conta o governador Tião Viana.

Leia Também:  Governador Tião Viana anuncia novos secretários

Os novos blocos entregues seguem o padrão composto por circuito interno de videomonitoramento, cela com acessibilidade, alojamentos para agentes penitenciários, solário, guarita e alambrado.

O diretor-presidente do Instituto de Administração Penitenciária (Iapen), Aberson Carvalho, completa: “Aqui no presídio de Sena Madureira nós triplicamos o número de vagas. Isso reflete uma qualidade na ressocialização e na atividade laboral dos agentes penitenciários. Aumentamos o conforto dos nossos servidores, o que leva à melhoria da qualidade do trabalho.”

Veja o Vídeo da Prefeita Fernanda Hassem que está em Brasília em busca de recursos para Brasiléia.

A Prefeita, Fernanda Hassem, está em Brasília em busca de mais recursos para o município de Brasiléia. E para isso está participando de audiências com os parlamentares da bancada acreana mostrando as necessidades da cidade, e de sua população. Esse é um momento decisivo para aqueles que querem ajudar Brasiléia, e seus moradores.

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

POLÍTICA

POLÍCIA

EDUCAÇÃO

CONCURSO

ESPORTE

MAIS LIDAS DA SEMANA