RIO BRANCO

Tudo sobre Política

Zé Trovão fez gol contra: Quem foi o cérebro de galinha que propôs ferrar o próprio presidente na suposta intenção de ajudá-lo?

Publicados

Tudo sobre Política

Caminhoneiros em vários estados do Brasil resolveram bloquear rodovias em apoio aos pleitos do presidente na sua guerra particular versus o STF, especialmente contra os ministros Barroso e Morais. Um é o presidente do TSE e o outro será o próximo.

O presidente Bolsonaro se apressou a pedir que os caminhoneiros não façam isso porque prejudica a economia e mais ainda: Ele próprio, já que seu discurso no dia da independência derrubou a bolsa e fez subir o dólar. O efeito colateral dos bloqueios nas estradas é devastador. Afasta até aliados quando ele mais precisa.

Ainda não se sabe de quem foi a ideia de jerico. Quem foi o cérebro de galinha que propôs ferrar o próprio presidente na suposta intenção de ajudá-lo. Os prejuízos para as empresas, o setor público e a população são grandes.

Estão culpando o Zé Trovão, líder do movimento, de fazer gol contra. É necessário explicar e desenhar para o Thor brasileiro que a paralisação e o bloqueio de rodovias são contra o governo e não a favor. Era só o que faltava! Não é para rir que a situação é grave e exige sobriedade.

“Todos devem sujeitar-se às autoridades governamentais, pois não há autoridade que não venha de Deus; as autoridades que existem foram por ele estabelecidas. Portanto, aquele que se rebela contra a autoridade está se opondo contra o que Deus instituiu, e aqueles que assim procedem trazem condenação sobre si mesmos”. 

Leia Também:  Prefeitura de Brasileia entrega nova ponte e ramal recuperado aos moradores do Km 59

O problema não é Bolsonaro, é o Lula

Muitos evangélicos já teriam abandonado o presidente Bolsonaro se o ex-presidente Lula estivesse impedido de concorrer a eleição em 2022. Ao permitir sua candidatura, o STF está pagando o preço de suas decisões. Apesar da lambança da Lava Jato, a corrupção era real. É a velha história: “Só tem tu, vai tu mesmo”.

Levando na galhofa

O general Mourão, os presidentes da Câmara e do Senado estão levando na gozação as bravatas do presidente Bolsonaro. A reação às atitudes do presidente não são levadas a sério. A não ser pelo STF, a Globo e outros meios de comunicação. Pela mala do João Dória, também. Segundo Mourão, não há clima para impeachment.

Alagoano frouxo

Para parlamentares moderados, a reação do presidente da Câmara, Rodrigo Lira, ao discurso do presidente contra ministros do STF foi insuficiente. Os deputados Léo de Brito (PT) e Perpétua Almeida (PC do B), que são oposição, reagiram indignados.

Como explicar?

Como explicar que deputados federais bolsonaristas participem de um manifesto que pede o fechamento do Congresso Nacional? A política virou uma Torre de Babel. A epidemia da doidice se alastra.

Leia Também:  Vereador João Marcos Luz afirma que no governo do Gladson Cameli os cofres do Estado não serão saqueados

E Veja Também no 3 de Julho Notícias

Veja o Vídeo Abaixo: O deputado Edvaldo Magalhães disse que as manifestações realizadas ontem, 7, em todo o País foram representativas, mas não democráticas. O parlamentar disse que pedir o fechamento do Congresso Nacional e do Supremo Tribunal Federal (STF) é um atentado contra o estado democrático de direito. O presidente da República levou seus devotos às ruas. Acho que foram representativos, mas não foram atos democráticos. 

Acompanhe nossas Redes Sociais

Twitter 3 de Julho Notícias

Youtube 3 de Julho Notícias Vídeos

Página Facebook 3 de Julho Notíci

Veja o Vídeo:

Veja-se no  Twitter 3 de Julho Notícias, seja membro e compartilhe

Veja-se no  Youtube 3 de Julho Notícias Vídeos, seja membro e compartilhe.

Veja-se na  Página Facebook 3 de Julho Notíci, seja membro e compartilhe.

COMENTE ABAIXO:

Propaganda

Tudo sobre Política

Ele é um Traíra!! Vereador Jurandir deixa de fazer parte do grupo político da Deputada Maria Antônia e do ex-prefeito Dêda

Publicados

em

A partir desta terça-feira (30), o vereador Jurandir Queiroz deixou de fazer parte do Grupo Político da deputada estadual, Maria Antônia, e do Ex-prefeito Dêda, a decisão foi tomada em conjunto pelos membros que fazem parte deste grupo por reprovar as atitudes de Jurandir enquanto vereador. 

O que a deputada Maria Antônia e o ex-prefeito Dêda prezam é o caráter, o mantimento da palavra, a confiança e o bem coletivo, mas corriqueiramente sofreram grande decepção com aquele que deveria ser o exemplo, pois por algumas vezes na Câmara, o vereador Jurandir mostrou que não é uma pessoa confiável, e que não tem palavra. Devido a parda da confiança, o parlamentar não tem mais nada a tratar com o grupo, inclusive com aquele empresário que fechou sua loja para carregar a campanha de Jurandir nas costas.

Todos são conhecedores que o Casal foi vítima de uma grande traição política por parte da prefeita de Brasileia, Fernanda Hassem, e que depois desta traição política o grupo se apartou da gestão, mas o vereador Jurandir (fazendo parte do grupo traído) permaneceu na base da prefeita defendendo seus próprios interesses; mesmo assim, Dêda e Maria Antônia não interviram e não reprimiram o parlamentar, pois a decisão deveria partir dele e não por meio de pressão.

Leia Também:  Chefe da Casa Civil, Ribamar vai a Aleac e entrega Reforma Administrativa de Gladson Cameli

Outrora, o próprio vereador Jurandir (quando era suplente na legislação passada) já foi vítima das pilantragens políticas para as bandas de Brasileia e mesmo assim, por motivo fútil, permaneceu junto daqueles que um dia lhe humilharam. Se o vereador Jurandir fosse esperto saberia que o golpe está aí, cai quem quer.

Mas o posicionamento do vereador Jurandir durante a sessão desta terça, foi a gota d’água. A princípio, Jurandir tinha assinado um documento dando a sua palavra de apoio a uma determinada emenda, mas na calada da noite mudou seu voto, um porta voz do grupo no qual ele fazia parte chegou a pedir que ele mantivesse sua palavra, mas Jurandir não atendeu, mudou o voto e perdeu completamente a confiança daqueles que acreditavam de fato na pessoa dele. Este comportamento é totalmente reprovável pela deputada Maria Antônia e o ex-prefeito Dêda, pois o que o ser humano tem de mais valioso é a palavra, e isso parece que o parlamentar não conhece.

A titulo de informação, o vereador Jurandir está livre para procurar outro grupo político para fazer parte, pois este parlamentar não tem mais compromisso com o grupo do Casal Maria Antônia e Dêda que encontrasse extremamente decepcionados com a falta de postura do parlamentar.

Leia Também:  "Não durmo há três dias", diz lutador do UFC sobre enchente na terra natal

Veja o Vídeo:

E Veja Também no 3 de Julho Notícias

Veja o Vídeo Abaixo: Com o intuito de ajudar na manutenção do espaço do Educandário Santa Margarida, que atende crianças de zero a 12 anos de idade, o deputado Leo de Brito está destinando R$ 350 mil, por meio de emenda, à instituição. A emenda será viabilizada por meio de convênio com o Tribunal de Justiça. “O Educandário Santa Margarida é uma instituição que representa a única esperança para crianças que precisam de acolhimento”.

Acompanhe nossas Redes Sociais

Twitter 3 de Julho Notícias

Youtube 3 de Julho Notícias Vídeos

Página Facebook 3 de Julho Notíci

Página do Instagram 3 de Julho Noticias

Veja o Vídeo:

Veja-se no  Twitter 3 de Julho Notícias, seja membro e compartilhe

Veja-se no  Youtube 3 de Julho Notícias Vídeos, seja membro e compartilhe.

Veja-se na  Página Facebook 3 de Julho Notíci, seja membro e compartilhe.

Veja-se na  Página do Instagram 3 de Julho Noticias, seja membro e compartilhe

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

POLÍTICA

POLÍCIA

EDUCAÇÃO

CONCURSO

ESPORTE

MAIS LIDAS DA SEMANA