RIO BRANCO

Tudo sobre Política

Vídeo: Vereadora Neiva denuncia que paciente com Covid estão misturados com outros pacientes no Hospital de Brasileia

Publicados

Tudo sobre Política

Na manhã desta quinta-feira (09), a vereadora do Município de Brasileia, Neiva Badotti, que é servidora da saúde e atua no Hospital Regional do Alto Acre, procurou ao Ministério Público para denunciar o grave descaso que está acontecendo com os pacientes daquela Unidade Hospitalar.

De acordo com a parlamentar, boa parte da administração do Hospital Regional está sob o comando de estudantes de medicina que saíram de suas Cidades de origem e foram para Brasileia nomeados pelo governador Gladson Cameli para trabalhar no Hospital, mas na verdade por se tratarem de estudantes de medicina, passam a maior parte do tempo ausentes do que deveria ser o local de trabalho.

Mas a situação chegou no limite quando os pacientes acometidos pela Covid-19 firam no Pronto Socorro e nas enfermaria misturados com outros pacientes, o que acendeu o alerta de contaminação, preocupados os servidores do Hospital pediram para que a colega de trabalho e vereadora fizesse algo quanto a esta situação, sem outra alternativa, a parlamentar foi até o Ministério Público denunciar a situação.

Neiva esclarece que a Ala de Covid, montada pelo governo com respiradores no Hospital Regional está toda equipada e que os profissionais contratados de forma emergencial para atuarem na pandemia todos tiveram seus contrato renovados, o único problema é que o Coordenador da Regional de Saúde do Acre, Jhonnathan Pablo Marques de Araújo, trancou a Ala da Covid-19 e anda com a chave como se fosse da sua casa, por esse motivo os funcionários do Hospital não podem transferir os pacientes que estão com Covid por conta desse capricho do Coordenador.

Leia Também:  Acre confirma mais 166 casos novos de Covid-19 e número de infectados chega a mais de 89,8 mil

O Ministério Público, ao tomar conhecimento da situação, informou para a vereadora Neiva que diante das evidências apresentadas irão tomar providências o quanto antes a respeito desta situação.

Badotti afirma ainda que nos últimos dias a situação só tem piorado, haja vista que, os estudantes de medicina estão em época de prova o que tem tomado muito tempo deles e eles não tem conseguido trabalhar, estudar e fazer prova ao mesmo tempo, e que por esse motivo a situação no Hospital está cada vez mais difícil, a mesma espera que as autoridades competentes tomem providência quanto a esta situação pois caso contrário este descaso poderá resultar em óbito.

Diante das denúncias da parlamentar, a redação do site 3 de Julho Notícias tentou contato com a Secretaria de Estado de Saúde (SESACRE) para saber que medidas o Governo do Estado irá tomar a respeito deste assunto, pois os servidores daquela Unidade não aguentam mais tantos desmandos, mas até a publicação desta matéria não obtivemos sucesso, desde já o espaço fica aberto caso a gestão queira se pronunciar sobre o assunto.

Leia Também:  Michel Temer compra votos para aprovar reforma da Previdência, denuncia Leo de Brito

Veja o Vídeo:

E Veja Também no 3 de Julho Notícias

Veja o Vídeo Abaixo: Em consonância com a Lei Nº 3.7757, de 13 de julho de 2021, a Assembleia Legislativa do Estado do Acre traz uma campanha de conscientização “Dezembro Verde”, há toda a população com relação aos animas, principalmente os que estão em situação de rua, pois os pets são o símbolo de amor ao próximo e o melhor amigo do homem, então ame-o!!

Acompanhe nossas Redes Sociais

Twitter: 3 de Julho Notícias

Youtube: 3 de Julho Notícias Vídeos

Página Facebook: 3 de Julho Notíci

Página do Instagram: 3 de Julho Noticias

Veja o Vídeo:

Veja-se no  Twitter 3 de Julho Notícias, seja membro e compartilhe

Veja-se no  Youtube 3 de Julho Notícias Vídeos, seja membro e compartilhe.

Veja-se na  Página Facebook 3 de Julho Notíci, seja membro e compartilhe.

Veja-se na  Página do Instagram 3 de Julho Noticias, seja membro e compartilhe.

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

Tudo sobre Política

Desportistas do handebol lamentam a falta de apoio da prefeita Fernanda Hassem com a modalidade

Publicados

em

Os jogadores de handebol do município de Brasileia lamentam a falta de apoio e incentivo da prefeitura de Brasileia, que mesmo o time levando o nome do município nas maiores competições e mais importante, não receberam apoio da gestão.

Os desportistas denunciam que na gerência de esportes de Brasileia está havendo favoritismo e que para a gestão não são todas as modalidades que importam e sim aquele onde praticam secretários e vereadores do município, enquanto os jogadores de Handebol fazem cotinha para tentar arcar com as despesas do time.

Além da cota entre os jogadores, o grupo recebe apoio do presidente do clube Ressaca, Clebson Venâncio e de Rodolfo que é da Central de bebidas que tem contribuído significativamente para que o time siga sempre levando o nome de Brasileia e até mesmo conquistando títulos.

Nos foi repassado também que a deputada estadual Maria Antônia e o ex-prefeito Dêda sempre ajudam, mas o time sequer pode anunciar pois causa sérios transtornos na região de fronteira. O que o grupo busca é apenas ajuda nos custos para participar de torneios e campeonatos de forma descente e não apenas no sufoco.

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Polícia Federal Prende Agnelo Queiroz, Roberto Arruda e operador de Michel Temer
Continue lendo

POLÍTICA

POLÍCIA

EDUCAÇÃO

CONCURSO

ESPORTE

MAIS LIDAS DA SEMANA