RIO BRANCO

Tudo sobre Política

Vereadores de Rio Branco cobram empresas de transporte pela ausência em seminário de mobilidade

Publicados

Tudo sobre Política

Os trabalhos da Câmara de Rio Branco desta semana, iniciaram com a vice-presidente Lene Petecão (PSD) apresentando um vídeo, onde uma cadeirante denuncia que ficou na parada de ônibus, devido a plataforma não ter decido.

“Eu cobro aqui a ausência das empresas de transporte público da nossa cidade, se tivesse participado do nosso seminário, teriam ouvido os anseios e criticas com relação ao serviço prestado de forma péssima como vimos”, destaca Lene.

O vereador N. Lima (PSL) também fez uma fala dura com relação a denuncia e a ausência do seguimento empresarial.

“Quero saber a justificativa de as empresas não comparecerem ao seminário. A divulgação foi ampla, dizer que não sabiam, é inverdade. Se eles não querem participar desses debates, o que eles querem na nossa capital? Se não tem interesse em ouvir as reclamações, não devem ter interesse em prestar o serviço que deixa a desejar e deve sair da concorrência, já que não
tem o respeito com a população”, disse Lima.

Emerson Jarude (sem partido) destacou a ausência de documentos em dia.

Leia Também:  Vereador Juruna se entrega na Câmara Criminal do Tribunal de Justiça, em Rio Branco

“Tempo desse fui parado em uma blitz e alertado que meu documento estaria vencendo na próxima semana. Mas isso não acontece com o transporte público, que continua a circular com o documento irregular e não sofre penalidades, mas o prejuízo fica para a população”, ressalta Jarude.

COMENTE ABAIXO:

Propaganda

Tudo sobre Política

Desportistas do handebol lamentam a falta de apoio da prefeita Fernanda Hassem com a modalidade

Publicados

em

Os jogadores de handebol do município de Brasileia lamentam a falta de apoio e incentivo da prefeitura de Brasileia, que mesmo o time levando o nome do município nas maiores competições e mais importante, não receberam apoio da gestão.

Os desportistas denunciam que na gerência de esportes de Brasileia está havendo favoritismo e que para a gestão não são todas as modalidades que importam e sim aquele onde praticam secretários e vereadores do município, enquanto os jogadores de Handebol fazem cotinha para tentar arcar com as despesas do time.

Além da cota entre os jogadores, o grupo recebe apoio do presidente do clube Ressaca, Clebson Venâncio e de Rodolfo que é da Central de bebidas que tem contribuído significativamente para que o time siga sempre levando o nome de Brasileia e até mesmo conquistando títulos.

Nos foi repassado também que a deputada estadual Maria Antônia e o ex-prefeito Dêda sempre ajudam, mas o time sequer pode anunciar pois causa sérios transtornos na região de fronteira. O que o grupo busca é apenas ajuda nos custos para participar de torneios e campeonatos de forma descente e não apenas no sufoco.

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Galvez sub-19 faz jogo-treino contra time da Polícia Militar neste sábado
Continue lendo

POLÍTICA

POLÍCIA

EDUCAÇÃO

CONCURSO

ESPORTE

MAIS LIDAS DA SEMANA