RIO BRANCO

Tudo sobre Política

Sucessor de Negão, mecânico-lutador exalta ídolo do Acre: “É insubstituível”

Lutador começou a lutar após ter que substituir um amigo doente em um evento.

Publicados

Tudo sobre Política

Lutador começou a lutar após ter que substituir um amigo doente em um evento. Paulo Preto treina boxe e jiu-jítsu após o expediente do trabalho formal

Por Vanísia Nery Cruzeiro do Sul, AC

Paulo Preto, lutador de MMA de Cruzeiro do Sul, também é mecânico (Foto: Vanísia Nery/G1)

Paulo Preto, lutador de MMA de Cruzeiro do Sul, também é mecânico (Foto: Vanísia Nery/G1)

Um novo nome surge como sensação do MMA do Acre. Paulo Roberto do Monte Silva, de 29 anos, mais conhecido por Paulo Preto é mecânico no município de Cruzeiro do Sul, no interior do estado, e é visto como o substituto do lutador Negão da Borracharia, que se aposenta em maio deste ano. Paulo Preto, porém, prefere não ser comparado ao ídolo do esporte cruzeirense e afirma que tem que ganhar seu próprio público.

– Substituir o Negão é impossível, ele é insubstituível. Meus planos são de fazer meu próprio nome, crescer usando meu próprio nome sem substituir ninguém. Não adianta pensar muito alto, temos que ir aos poucos, nos nossos próprios passos – comentou  Paulo.

dsc_0584Ao lado de Negão da Borracharia, que já é mais experiente, Preto tem sido o destaque do MMA de Cruzeiro do Sul nos últimos três anos. O lutador tem que se desdobrar dando conta dos treinos e fazer uma conciliação com o trabalho formal. Durante o dia exerce a função de mecânico em uma oficina de alinhamento e balanceamento de veículos, e somente à noite reserva um tempo para os treinos. Paulo Preto foi campeão do  1º Náuas Combat de MMA, realizado em dezembro de 2014, no município.

Leia Também:  Governo e prefeitura de Rio Branco assinam termo para compartilhamento de informações

Para o lutador, que já trabalhou como vendedor e gerente de caixas de supermercado, a profissão de mecânico, apesar de ser exercida durante todo o dia, foi a que mais lhe agradou na conciliação com as lutas. Os treinos de boxe são feitos três vezes por semana, nas segundas, quartas e sextas, enquanto o jiu-jítsu é treinado todos os dias.

 – Foi aqui mesmo que aprendi o trabalho de mecânico. Minha área é alinhamento e balanceamento. E mesmo assim ainda é muito puxado para conciliar, pois tenho que trabalhar, e só quando saio vou para os treinos. Tem que ter muita força de vontade, se não gostar desiste – destacou.

Paulo Preto começou a treinar boxe em uma academia local em 2010, e a convite de um amigo iniciou os treinos de MMA na mesma academia. Dois anos depois, o lutador fez a primeira apresentação no octógono, quando teve que substituir um amigo que adoeceu. 

– Ele pegou malária e desistiu e alguém da academia tinha que entrar, o professor indicou o meu nome. Foi quando começou tudo. Meu treinador me incentivava, dizia que eu tinha jeito para lutar, e eu tinha muita vontade, mas a maior dificuldade era a vergonha mesmo dos amigos – contou.

Leia Também:  Em Rio Branco, prefeito em exercício Antônio Morais vistoria obras no bairro Taquari

O lutador contou que apesar de não ser o favorito da noite, se destacou como a melhor luta do evento, começando uma caminhada e empenho no MMA a partir daquela data. A segunda luta de Paulo foi em 2013, e em dezembro do ano seguinte Paulo Preto lutou como principal destaque do evento 1º Náuas Combat de MMA, obtendo o triunfo contra o lutador Cleyton, de Rio Branco, na categoria 66kg.

Ele recebe uma ajuda com suplementos e durante o período de lutas alguns comerciantes locais realizam o patrocínio em troca da divulgação dos nomes em banners e cartazes.

– O esporte ajuda fisicamente, na saúde, mentalmente, ajuda em tudo. Não é apenas o lado financeiro que se deve pensar. Quando falto um treino já fico com a consciência pesada. A luta faz ficar mais tranquilo, tira todo o estresse. A alimentação também deve ser mudada, refrigerante por exemplo não bebo mais, e outros alimentos que prejudicam – pontuou o esportista.

Paulo Preto, lutador de MMA de Cruzeiro do Sul, durante trabalho formal (Foto: Vanísia Nery/G1)

Paulo Preto, lutador de MMA de Cruzeiro do Sul, durante trabalho formal (Foto: Vanísia Nery/G1)

Fonte: globoesporte.globo.com

COMENTE ABAIXO:

Propaganda

Tudo sobre Política

Gladson Cameli está prestes a perder emenda de R$ 2 milhões destinado por Mara Rocha para construção de centro de apoio aos deficientes visuais por falta de empenho de Secretaria de Educação

Publicados

em

Ainda em 2019, a Deputada Mara Rocha se reuniu com representantes dos Deficientes Visuais e assumiu o compromisso de indicar emenda para Construção de um Centro de Apoio aos Deficientes Visuais, ligado à Secretaria de Estado da Educação.

Em cumprimento ao seu compromisso, Mara Rocha apresentou a emenda 40380013, no valor de R$ 2 milhões, junto ao FNDE, tendo como beneficiária a Secretária de Educação do Governo do Estado, Estes valores foram disponibilizados no começo de 2020, para que o Governo apresentasse o projeto e cumprisse as exigências para liberação dos recursos. E o processo não teve maiores mudanças no período.

Preocupada com a demora, a parlamentar buscou auxílio junto à Secretaria de Governo, na tentativa de agilizar os trâmites do projeto e foi informada que o projeto está parado por falta de atendimento, por parte do governo do Estado, das diligências pedidas pelo FNDE.

“A ideia sempre foi de construirmos um projeto, em conjunto com a Secretaria de Educação e representantes das pessoas com deficiência para que o Acre tivesse um centro de atendimento aos deficientes visuais. Infelizmente soube hoje que a emenda está paralisada e sequer foi gerado o termo de compromisso para começo das obras porque o Governo do Estado não respondeu aos pedidos feitos pelo FNDE”, informou a parlamentar.

Leia Também:  Naelton Magalhães leva título do 1º Campeonato Acreano de Kart Indoor

Isso é algo que me deixa muito frustrada, pois esse Centro foi um compromisso firmado pelo antigo Secretário de Educação com os deficientes visuais e comigo. Estamos falando de R$ 2 milhões que o Governo do Estado, através da sua Secretaria de Educação, está abrindo mão. Não posso acreditar que essa atitude seja motivada por questões políticas, pois isso seria um desrespeito aos deficientes, que sonham com esse Centro. É inadmissível que a Secretaria de Educação não consiga responder às diligências solicitadas. A verdade é que há chances reais de perdermos essa emenda”, finalizou Mara Rocha.

E Veja Também no 3 de Julho Notícias

Veja o Vídeo Abaixo: Vereadora Neiva Badotti – “Não me manda recado, mais! Este tipo de recado é de quem deve, é de quem está com medo, eu vou continuar fiscalizando, denunciando doa a quem doer. Eu tenho certeza que essas denuncias não vão passar despercebidas, eu confio plenamente no Poder Judiciário na Policia Federal que não vão usar dois pesos e duas medidas para ninguém. Ninguém está acima da Lei, nem a senhora prefeita, nem o Governo do Estado e nem o presidente da República interfere na PF, não me mande mais recado!!”, concluiu a parlamentar.

Leia Também:  Governo do Acre entrega veículos e equipamentos para o ensino rural

Acompanhe nossas Redes Sociais

Twitter 3 de Julho Notícias

Youtube 3 de Julho Notícias Vídeos

Página Facebook 3 de Julho Notíci

Página do Instagram 3 de Julho Noticias

Veja o Vídeo:

Veja-se no  Twitter 3 de Julho Notícias, seja membro e compartilhe

Veja-se no  Youtube 3 de Julho Notícias Vídeos, seja membro e compartilhe.

Veja-se na  Página Facebook 3 de Julho Notíci, seja membro e compartilhe.

Veja-se na  Página do Instagram 3 de Julho Noticias, seja membro e compartilhe

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

POLÍTICA

POLÍCIA

EDUCAÇÃO

CONCURSO

ESPORTE

MAIS LIDAS DA SEMANA