RIO BRANCO

Tudo sobre Política

Prefeitura participa de Sessão Solene da Aleac em homenagem à Igreja Católica

Publicados

Tudo sobre Política

O prefeito Zequinha Lima e secretários municipais estiveram presentes na Sessão Solene, realizada pela Assembléia Legislativa do Acre (Aleac), nesta quinta-feira, 30, para homenagear à Igreja Católica pelos 90 anos de contribuição com o desenvolvimento de Cruzeiro do Sul. Os religiosos têm participação marcante no processo de formação da segunda maior cidade do Acre que foi fundada em 1904 e passou a receber padres e freiras de várias partes do mundo desde as primeiras décadas de criação do município. Durante a solenidade a Prefeitura de Cruzeiro do Sul também foi homenageada pelos trabalhos realizados em parceria com a igreja católica na cidade.

Por iniciativa do presidente da Aleac, deputado Nicolau Júnior, os parlamentares decidiram trazer a gestão da Assembléia para Cruzeiro do Sul durante a semana em que se comemora 117 de fundação do município onde serão realizadas três sessões. A primeira contou com a presença da comunidade católica local que teve o reconhecimento dos deputados pela atuação na vida social da cidade promovendo à saúde, educação, ações humanitárias, contribuindo com a economia e, principalmente, fazendo a parte de evangelização.

“Temos uma grande contribuição da Igreja Católica, não apenas em Cruzeiro do Sul, mas em todos os municípios da nossa região. Então, é uma honra para os 24 deputados vir aqui fazer essa homenagem pela luta que a igreja tem para promover cidadania e o desenvolvimento de todo o Vale do Juruá”, disse Nicolau Junior que iniciou sua formação escolar em uma das primeiras unidades de ensino da cidade construída pela Diocese.

Leia Também:  Ibope dá vitória a Marcus Viana no 1º Turno com 60%; Eliane aparece com 29

O Bispo Dom Flávio Giovanalle afirmou que o reconhecimento motiva os religiosos a contuarem com a missão de catequizar e servir à sociedade em diversos setores.

“É uma homenagem que celebra os 90 anos da presença oficial da Igreja Católica na região. Estamos presentes aqui antes mesmo da criação dos municípios no campo social e no campo religioso. Essa homenagem é o reconhecimento da igreja nesses 90 anos. É merecido olhando para o passado e um estímulo para continuarmos esse trabalho”, destacou Dom Flávio.

O prefeito Zequinha Lima que também estudou em seminários dirigidos por padres elogiou a iniciativa dos parlamentares. Ele lembrou que a história de Cruzeiro do Sul é marcada pela participação efetiva dos religiosos.

“Não temos como contar a história de nossa cidade se não introduzimos nesse contexto os nordestinos, o 7 Bec e a Igreja Católica que tanto contribuíram com o desenvolvimento de nossa cidade e de toda essa região. Então, é um justo reconhecimento para quem faz parte da formação de nossa história”, ressaltou Zequinha.

Leia Também:  Michel Temer barra viagens de Dilma, que protesta

E Veja Também no 3 de Julho Notícias

Veja o Vídeo Abaixo: A Comissão de Agricultura, Pecuária, Abastecimento e Desenvolvimento Rural da Câmara dos Deputados, aprovou por unanimidade, o parecer da Deputada Federal Mara Rocha ao Projeto de Lei 6606/19, que trata da Política Nacional de Economia Solidária. O Projeto de Lei cria o Marco Regulatório da Economia Solidária, implantando o Sistema Nacional de Economia Solidária e o Fundo Nacional de Economia Solidária.

Acompanhe nossas Redes Sociais

Twitter 3 de Julho Notícias

Youtube 3 de Julho Notícias Vídeos

Página Facebook 3 de Julho Notíci

Página do Instagram 3 de Julho Noticias

Veja o Vídeo:

Veja-se no  Twitter 3 de Julho Notícias, seja membro e compartilhe

Veja-se no  Youtube 3 de Julho Notícias Vídeos, seja membro e compartilhe.

Veja-se na  Página Facebook 3 de Julho Notíci, seja membro e compartilhe.

Veja-se na  Página do Instagram 3 de Julho Noticias, seja membro e compartilhe.

COMENTE ABAIXO:

Propaganda

Tudo sobre Política

Jenilson Leite cobra retorno do Auxílio Covid e antecipação da Etapa Alimentação aos servidores da Saúde

Publicados

em

O Acre registrou somente esta semana, entre segunda-feira (17) e quinta (20), 1.679 novos casos de Covid-19, segundo dados da Secretaria de Estado de Saúde. Além destes dados oficiais do Estado, a Secretaria Municipal de Saúde de Rio Branco, disse que nesta quinta, o drive-thru montado na Arena da Floresta positivou 724 casos, apenas na Capital.

O deputado estadual e médico infectologista Jenilson Leite (PSB), divulgou um vídeo nesta sexta-feira (20), onde pontua ações que podem ser adotadas pelo Estado para mitigar a situação da população e dos servidores da Saúde diante desta terceira onda do coronavírus.

Entre as ações propostas pelo parlamentar estão o retorno do pagamento do Auxílio Covid, que começou a ser pago aos servidores em julho do ano passado e foi encerrado em dezembro. Ele pede também que o Governo antecipe o pagamento da Etapa Alimentação.

“Com aumento de internações, vamos precisar novamente dos nossos servidores de saúde que estão enfrentando uma terceira onda, e o Governo precisa retomar com o Auxílio Covid, precisa trazer para fevereiro aquela Etapa Alimentação que tínhamos pactuado e que seria para março, e precisa anunciar o reajuste linear para todos os servidores, inclusive os da saúde que mais uma vez se expõem diante da pandemia, e precisa ainda anunciar o concurso público para saúde”, pontua Jenilson.

Leia Também:  Estreia no sábado o programa Bate Papo com Dr. Jenilson: Conectado com o Acre

O parlamentar levanta outra questão: a necessidade de ampliação da vacinação no estado. O Acre continua no topo entre os estados que menos vacinaram contra a covid-19. Segundo dados nacionais, o estado imunizou 47,09% da população com duas doses, ficando atrás apenas de Amapá e Roraima, com 38,73% e 38,64%, respectivamente.

Com este cenário, Jenilson pede que o Governo ajude os municípios a traçar e desenvolver estratégias. “Em tese a responsabilidade direta da vacinação é dos municípios, mas em um momento como esse não podemos deixar isso só na mão das prefeituras. Precisamos criar estratégias para ampliar essa capacidade”, destacou.

O avanço da vacinação é a estratégia fundamental para evitar um colapso na rede pública de saúde e mortes, pois garante que o paciente não desenvolva um quadro grave da doença em que precise de oxigênio e ser internado em uma unidade de terapia intensiva (UTI).

“Quando estão com duas doses, essas pessoas evoluem de forma tranquila, mas temos aquelas que não tomaram nenhuma ou só tomaram uma dose e estamos vendo elas adoecerem e precisar de internação hospitalar”, alerta.

Leia Também:  Prefeitura de Brasileia, através da Secretaria de Agricultura, investe em produção de silagem

O deputado acredita que estas medidas demonstraram o comprometimento do Governo no enfrentamento de mais uma onda de covid-19 no Acre.

Veja o Vídeo:

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

POLÍTICA

POLÍCIA

EDUCAÇÃO

CONCURSO

ESPORTE

MAIS LIDAS DA SEMANA