RIO BRANCO

Tudo sobre Política

Prefeitura de Cruzeiro do Sul libera recursos para execução de projetos da Lei municipal de incentivo ao esporte e à cultura

Publicados

Tudo sobre Política

Mais de 70 atividades culturais e esportivas que seriam promovidas em 2019 e 2020, com o financiamento das Leis Municipais de Incentivo ao Esporte e à Cultura de Cruzeiro do Sul, foram adiados por conta da pandemia, mas agora poderão ser executadas. Os certificados dos projetos aprovados nesses dois anos foram entregues, nesta quinta-feira (1), no Teatro dos Nauas pela Prefeitura.

O ato de entrega dos certificados teve início com a participação da Banda de Música do Exército e uma apresentação dos artistas Anailton Salgado e Aldemir Maciel. Houve ainda a participação de outros artistas de vários seguimentos que foram convidados pela Secretaria Municipal de Esporte, Lazer e Cultura.

Por se tratar de eventos que atraem público, os projetos aprovados em 2019 e 2020, só foram liberados para execução agora, para não causar aglomerações. O município vai aplicar mais de R$ 300 mil para o financiamento das atividades culturais e esportivas.

“É uma ajuda que não somente nós das artes marciais, mas que todo produtor cultural e esportivo necessitava. Vai incentivar para descobrirmos novos talentos na nossa cidade”, acredita Márcio Morais, que vai receber um valor de R$ 4 mil para realização do XIV Nauas Combat.

Leia Também:  Em má fase, Fred frequenta igreja evangélica no Rio de Janeiro

O produtor cultural Rodrigo Andrade também receberá R$ 4 mil para promover uma Gincana entre as escolas de ensino médio da cidade.

“É projeto voltado para as áreas integradas. Vai envolver literatura, música, dança, teatro, esporte. Esse patrocínio da prefeitura fomenta tanto os artistas como os produtores dos eventos. Foi um passo muito importante para fortalecer o âmbito cultural da nossa cidade”, afirmou Andrade.

O secretário municipal de Esporte, Lazer e Cultura, Aldemir Maciel, explicou que, os proponentes terão até setembro de 2022 para realizar as atividades. No entanto, neste ano ainda não será permitida a promoção dos eventos culturais e esportivos.

“A preocupação principal é com a vida. Por isso, a Prefeitura dá o pontapé para a liberação desses pagamentos tudo dentro de um cronograma. Sendo assim, os projetos que terão os recursos liberados até dezembro, serão apenas para a compra de materiais e equipamentos. Os eventos todos só poderão ser realizados a partir de 2022. Pensamos que até lá essa pandemia já tenha passado e poderemos realizar com mais tranquilidade os nossos eventos culturais e especiais”, disse Maciel.

Além da certificação dos projetos, nesta quinta-feira a Secretaria de Esporte, Lazer e Cultura também fez a abertura da semana do Patrimônio Histórico Municipal com a posse dos conselheiros.

Leia Também:  Sexo no coração do poder: Um mergulho na prostituição de luxo do congresso

“Estamos no mês de aniversário da nossa cidade. Então, devemos ter uma série de atividades que destaquem nossa cultura e teremos uma semana de ações voltadas para o Patrimônio Histórico do nosso município. Nesta noite, certificamos todos os projetos aprovados nas áreas da cultura e do esporte de 2019.e 2020 que ainda não tinham sido realizadas por conta da pandemia”, ressaltou o prefeito Zequinha Lima.

E Veja Também no 3 de Julho Notícias

Veja o Vídeo Abaixo: Após os deputados Manoel Moraes e o líder do governo Pedro Longo saírem em defesa da Energisa, o deputado Roberto Duarte rasgou o verbo ao afirmar que teria vergonha de afirmar o que ambos os deputados disseram para defender uma empresa e não os interesses da população acreana.

Acompanhe nossas Redes Sociais

Twitter 3 de Julho Notícias

Youtube 3 de Julho Notícias Vídeos

Página Facebook 3 de Julho Notíci

Veja o Vídeo:

Inscreva-se no Twitter 3 de Julho Notícias, seja membro e compartilhe

Inscreva-se no Youtube 3 de Julho Notícias Vídeos, seja membro e compartilhe.

Inscreva-se na Página Facebook 3 de Julho Notíci, seja membro e compartilhe.

COMENTE ABAIXO:

Propaganda

Tudo sobre Política

Diretores de escolas do Guajará, estão revoltados com os “kits de merenda escolar” enviados pela prefeitura a famílias dos estudantes

Publicados

em

Foram dois anos de economia com recursos da educação, isso por conta da Pandemia da Covid-19, que paralisou as atividades escolares no Brasil inteiro e nem assim, alguns gestores não tiveram responsabilidade com os recursos da educação.

Nossa redação recebeu uma denúncia da direção de uma escola de Guajará – AM, cidade que faz fronteira com o Acre e que é administrada pelo prefeito Ordean Silva (PP) e que vem sendo bastante criticado por alguns atos que foram feitos durante essa pandemia; sem nenhuma transparência.

A gestora diz que é uma falta de respeito o que a secretaria de educação de Guajará tem feito com a comunidade escolar do município, mandando um kit alimentação de dar angústia e revolta.

“Gente estamos postando aqui os kits que a prefeitura mandou para nossa escola, não sei se para as outras foi assim, mas isso aqui é o que ele acha justo? Foram quase dois anos sem aulas presenciais e o correto seria a prefeitura fazer uma cesta básica todo mês para cada família de estudante; ”isso como que fosse a merenda escolar que não tiveram, disse a gestora revoltada.

Leia Também:  Em má fase, Fred frequenta igreja evangélica no Rio de Janeiro

A mesma não quis se identificar por questões pessoais, mas nos mostrou o kit que a prefeitura mandou fazer para as famílias dos estudantes da rede municipal.

Os itens são: 01 kg’ de arroz, um kg de farinha, um kg de feijão, macaxeira, um pacotinho de biscoito de goma, banana grande quase estragando, um coloral e uma melancia.

“Isso é cesta básica que se entregue para uma família? Indagou a gestora. O prefeito deveria ter vergonha de uma situação dessa, será que ele se sentiria feliz de receber uma cesta básica com esses itens? Finalizou a mulher revoltada.

Nossa reportagem tentou fazer contato com o prefeito Ordean Silva, mas até o fechamento da matéria não obtivemos sucesso.

E Veja Também no 3 de Julho Notícias

Veja o Vídeo Abaixo: Não vou munda meu voto, tenho costume de orar com minha palavra, diz vereador Jurandir. O clima na Câmara de Vereadores esquentou, após parte dos servidores da prefeitura de Brasileia tumultuar a sessão e descumprirem o Regimento Interno, por esse motivo, os vereadores chamou a atenção da Presidente da Casa, Arlete Amaral, por conta da sua inércia diante da situação vexatória. 

Leia Também:  "Tivemos muitos erros", diz goleiro da Amax após empate com Alto Acre

Acompanhe nossas Redes Sociais

Twitter: 3 de Julho Notícias

Youtube: 3 de Julho Notícias Vídeos

Página Facebook: 3 de Julho Notíci

Página do Instagram: 3 de Julho Noticias

Veja o Vídeo:

Veja-se no  Twitter 3 de Julho Notícias, seja membro e compartilhe

Veja-se no  Youtube 3 de Julho Notícias Vídeos, seja membro e compartilhe.

Veja-se na  Página Facebook 3 de Julho Notíci, seja membro e compartilhe.

Veja-se na  Página do Instagram 3 de Julho Noticias, seja membro e compartilhe

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

POLÍTICA

POLÍCIA

EDUCAÇÃO

CONCURSO

ESPORTE

MAIS LIDAS DA SEMANA