RIO BRANCO

Tudo sobre Política

Prefeitura atende mais de 300 crianças e gestantes de baixa renda no Programa Criança Feliz em Cruzeiro do Sul

Publicados

Tudo sobre Política

O Programa Criança Feliz é desenvolvido pela Prefeitura de Cruzeiro do Sul através do Centro de Referência de Assistência Social (Cras). É uma importante ferramenta para que famílias com crianças entre zero e seis anos ofereçam a seus pequenos meios para promover seu desenvolvimento integral.

O programa surgiu alinhado ao Marco Legal da Primeira Infância e foi instituído por meio do Decreto nº 8.869, de 5 de outubro de 2016, e alterado pelo Decreto nº 9.579, de 22 de novembro de 2018 do Governo Federal.

O município tem a meta de cadastro para 400 famílias e já está acompanhando 300 famílias, o público atendido são gestantes, crianças de até 3 anos que estão inseridas no Cadastro Único e também de até 6 anos inseridas no BPC.

A coordenadora Ana Gabriele Freire destacou sobre os atendimentos que são oferecidos.

“O atendimento é realizado através dos visitadores que encontram essas famílias através da busca ativa. Atualmente a equipe conta com 16 visitadores (incluindo zona urbana e rural) e o público do programa é dividido entre eles para a realização do acompanhamento”, frisou ela.

Leia Também:  Nova etapa da obra do aeroporto de Rio Branco será entregue até o final do ano

A secretária de Desenvolvimento Social Delcimar Leite enfatizou a importância do programa. “Esse programa consiste na efetividade da realização das visitas domiciliares, pois, os vínculos e as competências da família, para o cuidado da criança são fortalecidos, promovendo assim o desenvolvimento infantil integral a partir de uma perspectiva de prevenção, proteção e orientação,” endossou ela.

O prefeito Zequinha Lima destacou a importância do programa.

“Esse é um programa federal, aderido pelo município que tem uma importância muito grande na vida de muitas crianças, pois os educadores conseguem agir no desenvolvimento desses pequenos, levando atividades que fazem juntos, envolvendo a família neste vínculo, e formando um ambiente de proximidade e amor. Parabéns a todos os educadores envolvidos nesse lindo programa”, falou.

E Veja Também no 3 de Julho Notícias

Veja o Vídeo Abaixo: Deputado Neném Almeida mais uma vez voltou a falar do Cadastro de Reserva da Polícia Civil que aguarda sua convocação desde 2015, ao adotar esta causa como bandeira de luta, o deputado vem cobrando frequentemente, que o governador Gladson Cameli se manifeste e cumpra sua promessa de campanha que ele fez em convocar os mesmo. O parlamentar afirmou que o governador Gladson Cameli cometeu crime de campanha quando assinou um documento dizendo que se eleito fosse (e foi), chamaria o cadastro de reserva da Policia Civil (e não chamou).

Leia Também:  Servidores fantasmas: Mãe de Gladson diz que muitos recebem altos salários e são apadrinhado dos deputados

Acompanhe nossas Redes Sociais

Twitter 3 de Julho Notícias

Youtube 3 de Julho Notícias Vídeos

Página Facebook 3 de Julho Notíci

Página do Instagram 3 de Julho Noticias

Veja o Vídeo:

Veja-se no  Twitter 3 de Julho Notícias, seja membro e compartilhe

Veja-se no  Youtube 3 de Julho Notícias Vídeos, seja membro e compartilhe.

Veja-se na  Página Facebook 3 de Julho Notíci, seja membro e compartilhe.

Veja-se na  Página do Instagram 3 de Julho Noticias, seja membro e compartilhe

COMENTE ABAIXO:

Propaganda

Tudo sobre Política

Vídeo: Empresário de Epitaciolândia Everton Soares deixa a política por obediência a Deus e a seus pais

Publicados

em

Everton se emociona durante pronunciamento de sua saída do meio político para se dedicar a Deus e a família – Foto: Alexandre Lima / oaltoacre

Oaltoacre – O jovem empresário do município de Epitaciolândia que se destacou no último pleito eleitoral, chamou a equipe do jornal oaltoacre em sua casa nesta semana, para fazer um pronunciamento aos munícipes.

O administrador de empresas Everton Soares, ficou em segundo lugar faltando pouco mais de 600 votos para se eleito prefeito por Epitaciolândia em sua primeira candidatura, mas, acredita que recebeu uma mensagem que essa não seria o caminho a ser seguido.

Muitos acreditavam que Everton seria um nome forte para o pleito de 2022, concorrendo a uma cadeira estadual ou federal e esperavam esse pronunciamento em breve, podendo ser um dos mais votados pela regional do Alto Acre.

Everton é de família tradicional e disse que, sem o apoio familiar, já estava com uma ‘derrota’ por não seguir os conselhos de seus pais na época, para não entrar na política. Mas, também acredita que foi uma experiência por acreditar que seria uma forma de agradecer tudo que o município lhes proporcionou.

Leia Também:  Nova etapa da obra do aeroporto de Rio Branco será entregue até o final do ano

“Ainda quero acreditar na política, mas estou parando por aqui. Fui tocado pelo Espírito Santo que deveria abandonar e continuar minha vida normal. Da mesma forma que entrei, saio de mãos limpas e cabeça erguida”, disse.

Everton confirmou que está abandonando a vida pública para fica do lado da família e de Deus a partir de agora. Pede perdão caso tenha ferido alguém e que todos respeitem sua decisão a partir de agora.

Ao mesmo tempo, desabava com lágrimas por ter visto uma desigualdade social muito grande. Pede que as pessoas vejam em quem estará votando, pois, serão eles que vão cuidar do povo que precisam demais atenção por parte da política, tanto local, quanto nacional.

Agradece a confiança de quem esteve ao seu lado e àqueles que sequer o conhecia, mas acreditou no projeto político. “Recebi abraços de pessoas humildes, mensagens de fora do estado que viram em mim, uma ascensão política na minha região. Obrigado aos epitaciolandenses, povo do Acre e do Brasil, fiquem com Deus!”, finalizou.

Veja vídeo.

E Veja Também no 3 de Julho Notícias

Veja o Vídeo Abaixo: Vereadora Neiva Badotti solicita do secretário de Ação Social providências sobre as crianças Haitianos que fica na ponte todo os dias pedindo dinheiro, e que o Poder Público proporcione dignidade para essas crianças. Neiva solicita também que seja encaminhado um oficio para a gerente do hospital para saber se chegou algum saco funerário doado pela prefeitura, comprado com o dinheiro do covid, e que solicita que seja agendado novamente a reunião com a secretaria de segurança pública do estado, para se tratar sobre o IML, pois a mais de 20 anos o problema se arrasta e até o momento nada foi resolvido.

Leia Também:  Tchê no comando! Batismo de fogo na votação da reforma política

Acompanhe nossas Redes Sociais

Twitter 3 de Julho Notícias

Youtube 3 de Julho Notícias Vídeos

Página Facebook 3 de Julho Notíci

Página do Instagram 3 de Julho Noticias

Veja o Vídeo:

Veja-se no  Twitter 3 de Julho Notícias, seja membro e compartilhe

Veja-se no  Youtube 3 de Julho Notícias Vídeos, seja membro e compartilhe.

Veja-se na  Página Facebook 3 de Julho Notíci, seja membro e compartilhe.

Veja-se na  Página do Instagram 3 de Julho Noticias, seja membro e compartilhe

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

POLÍTICA

POLÍCIA

EDUCAÇÃO

CONCURSO

ESPORTE

MAIS LIDAS DA SEMANA