RIO BRANCO

Tudo sobre Política

Prefeitura abre edital para eleições de subprefeitos das vilas de Cruzeiro do Sul

Publicados

Tudo sobre Política

A Prefeitura de Cruzeiro do Sul vai adotar o critério de eleição popular, prevista em lei municipal, para selecionar os subprefeitos de sete vilas do município. O edital com as normas para o pleito foi publicado nesta segunda-feira (16).

As inscrições para o moradores que pretendem se candidatar para concorrer ao cargo de subprefeito das vilas Lagoinha, Santa Luzia, Liberdade, São Pedro, Santa Rosa, Assis Brasil e Pentecostes podem ser efetuadas no período de 17 a 20 de agosto, na Procuradoria Municipal, das 07h30m às 13h00m.

Poderá disputar à eleição, apenas o morador de cada vila que tenha naturalidade brasileira, ser maior de 18 anos, ter dedicação exclusiva e obedecer outros critérios estabelecidos na lei que instituiu o processo eleitoral e no edital da eleição.

O período de campanha para os candidatos será a partir do registro da candidatura até um dia antes da eleição que ocorrerá no dia 12 de setembro, das 8h00m às 17h00m. Os candidatos poderão fazer a campanha no horário das 7h00m às 22h00m.

Leia Também:  Estreia com vitória agrada técnico do Galvez: "Time mostrou outra postura"

“Queremos informar a todos os interessados que o processo de registro das candidaturas está aberto a partir de hoje, segunda-feira,16, e ficará aberto até dia 20. O edital está na praça desde a última sexta-feira, e estamos dando maior publicidade para que todos possam ter acesso. Desde já esperamos ter um processo eleitoral que transcorra dentro de uma tranquilidade, transparência e lisura, para que sejam escolhidos os melhores representantes para nossas comunidades” , enfatizou o Presidente da Comissão Eleitoral, o advogado Dr. Levi Bezerra.

O candidato eleito terá um período de 4 anos para representar a subprefeitura.

Veja o edital: EDITAL REVISADO

E veja também no 3 de Julho Notícias

Veja o Vídeo Abaixo: Há 103 anos, Cruzeiro do Sul presencia uma das maiores demonstrações de fé da região Norte do país. O encerramento da programação do Novenário de Nossa Senhora da Glória foi celebrado com uma grande carreata. O Bispo da Diocese de Cruzeiro do Sul, Dom Flávio Giovenale, a fé é mais um elemento para que o coronavírus seja superado de uma vez por todas. 

Leia Também:  Com apoio da Prefeitura de Cruzeiro do Sul, paratleta irá participar de campeonato nacional de bocha

Acompanhe nossas Redes Sociais

Twitter 3 de Julho Notícias

Youtube 3 de Julho Notícias Vídeos

Página Facebook 3 de Julho Notíci

Veja o Vídeo:

Inscreva-se no Twitter 3 de Julho Notícias, seja membro e compartilhe.

Inscreva-se no Youtube 3 de Julho Notícias Vídeos, seja membro e compartilhe.

Inscreva-se na Página Facebook 3 de Julho Notíci, seja membro e compartilhe.

COMENTE ABAIXO:

Propaganda

Tudo sobre Política

Jenilson Leite conclui agenda no Pará na Embrapa da Amazônia Oriental em busca da expansão da produção de açaí no Acre

Publicados

em

Nesta segunda-feira (6), o deputado estadual Jenilson Leite ( PSB) e a comitiva acreana de parlamentares, prefeito, secretários, vereadores e técnicos agrícolas que foram ao Estado do Pará com o objetivo de conhecer a cadeia produtiva e a indústria de açaí, concluíram a agenda com uma reunião com os pesquisadores da Embrapa da Amazônia Oriental. Ainda nesta segunda-feira, parte da comitiva esteve mais uma vez no Banco da Amazônia para discutir as linhas de créditos disponíveis para investir na produção em solo acreano.

Para o deputado Jenilson Leite, que articulou a ida da comitiva ao Pará, a ideia é desenvolver no Acre o mesmo modelo de cultiváveis do açaí, observando as peculiares do nosso estado, mas para isso é preciso do apoio da Embrapa e do Basa. ” Concluímos nossa agenda buscando apoio técnico e financeiro para investir na produção de açaí no Acre. Com o apoio do Basa e da Embrapa da Amazônia Oriental, os produtores paraenses conseguiram transformar o estado no maior produtor de açaí do Brasil. Alguns produtores trocaram a criação bovina e passaram a investir no plantio de açaí. O resultado tem sido positivo, gerando milhares de emprego, criação de mais de 300 indústrias e cinco bilhões reais por ano no PIB do estado, somente com a venda do fruto”, afirma Leite.

Na sede da Embrapa, a comitiva foi recebida pelos pesquisadores João Tomé de Farias Neto e Márcia Mota Maués, e o chefe geral da Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária, Walkymário Lemos.

Leia Também:  Prefeito de Capixaba pretende interligar todas as escolas rurais e comunidade com sinal de Internet

Na palestra à comitiva, o pesquisador João Tomé, destacou a importância de fazer a confecção de mudas, adubação, espaçamento , polinização e o manejo da cultura da fruta como um todo. ” Não tenho dúvidas que neste evento todo mundo ganhou , porque foi uma troca de ideia entre o pesquisador e várias pessoas que são produtores de açaí. Para que realmente comece a dar certo é preciso que seja bem planejado, ou seja, implementar essas cultiváveis com sucesso”, destacou. Ele também enfatiza que para o Estado do Para, ” o açaí é a segunda cultura mais importante da Amazônia , depois da mandioca. Isso é uma alternativa econômica viável para o pequeno, médio e grande produtor, seja do Pará, seja do Acre”.

No tocante a produção do açaí, o pesquisador destaca que o estado produz em média 60 milhões de toneladas anualmente. ” Essa quantidade representa um volume bastante expressivo, porque totaliza quase 93% do fruto do açaí produzido na região da Amazônia. Se a gente transformar a produção em poupa para vender no estado e para exportações, chegamos a cifra de bilhões que o açaí promove na economia. Isso é mais importante do que toda a cadeia produtiva do cacau no Brasil”, destaca.

A pesquisadora Márcia Maués lembrou da importância de conversar áreas de florestas naturais no entorno dos plantios de açaí. ” Nós estamos estudando as interações plantas polinizadoras do açaí. E vimos que ele atrai uma mega diversidade de insetos florais, com destaque para as abelhas nativas com ferrão e sem ferrão. E para que ocorra a produção do fruto é muito importante que essas abelhas estejam presentes nas áreas cultiváveis e elas vem das florestas naturais, no entorno da plantação. Por isso, é importante conversar as florestas, porque sem abelhas não temos produção”.

Leia Também:  Em primeiro mês de Governo Gladson Cameli, desmatamento no Acre cresce 1%

E Veja Também no 3 de Julho Notícias

Veja o Vídeo Abaixo: Vereador diz que o prefeito Kiefer Cavalcante paga mais de 5 mil para dono de empresa que faz faculdade em Rio Branco – Vereador Ronaldo Reis de Feijó, gravou um vídeo onde fez graves denúncias contra a atual gestão do prefeito Kiefer Cavalcante a quem acusa de perseguição política e possível pagamentos irregulares em sua gestão. De acordo com o vereador, o prefeito demitiu a sua esposa só aconteceu depois que trouxe a tona um pagamento supostas irregularidades o que confirma a perseguição política que vem sofrendo por parte do gestor.

Acompanhe nossas Redes Sociais

Twitter: 3 de Julho Notícias

Youtube: 3 de Julho Notícias Vídeos

Página Facebook: 3 de Julho Notíci

Página do Instagram: 3 de Julho Noticias

Veja o Vídeo:

Veja-se no  Twitter 3 de Julho Notícias, seja membro e compartilhe

Veja-se no  Youtube 3 de Julho Notícias Vídeos, seja membro e compartilhe.

Veja-se na  Página Facebook 3 de Julho Notíci, seja membro e compartilhe.

Veja-se na  Página do Instagram 3 de Julho Noticias, seja membro e compartilhe.

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

POLÍTICA

POLÍCIA

EDUCAÇÃO

CONCURSO

ESPORTE

MAIS LIDAS DA SEMANA