RIO BRANCO

Tudo sobre Política

Prefeita de Brasileia, Fernanda Hassem, participa de abertura do ano letivo 2021

Publicados

Tudo sobre Política

A prefeita de Brasiléia, Fernanda Hassem, participou nesta quarta-feira, 7, no centro cultural Sebastião Dantas, da solenidade de abertura do ano letivo de 2021. As aulas da rede municipal de Brasiléia, iniciou dia 5 de abril, através do ensino remoto.

O evento contou também com a presença da secretária municipal de Educação, Francisca Oliveira, da presidente do Conselho Municipal de Educação, Meryjulia dos Santos, da coordenadora do núcleo estadual de educação, Vanilda Galli, gestores das escolas, pais e alunos, respeitando o distanciamento social e as medidas de segurança.

Na ocasião, a prefeita Fernanda Hassem fez a entrega de um prêmio para a escola de ensino infantil Os Pastorinhos, por ter conquistado o 1º lugar no Prêmio de Gestão Escolar 2020, o qual recebeu 1 computador e 1 impressora.

Alunos da rede municipal também receberam 1 kit contendo material escolar juntamente com apostila impressa para os primeiros dias de aulas. Já as escolas de ensino infantil, receberam brinquedos didáticos e pedagógicos.

Samir Rodrigues dos Reis, pai da aluna do maternal da escola infantil Menino Jesus, Yasmin Nogueira, fala da satisfação em prestigiar a cerimônia de abertura das aulas juntamente com sua filha.

“É motivo de muita honra, está acompanhando a minha filha na abertura das aulas, ela é muito dedicada aos estudos, quando a professora envia um trabalho ela é a primeira a querer fazer”, disse.   

Leia Também:  Perpétua assume compromisso com entidades terapêuticas e reforça a importância do trabalho solidário

A secretária Municipal de Educação, Francisca Oliveira, afirma que as escolas estão preparadas e organizadas para trabalhar com o ensino remoto, sem deixar nenhum aluno para trás, para isso foi feito um grande planejamento envolvendo todas as escolas. 

“A secretaria de Educação, fez um planejamento envolvendo todas as escolas, onde apresentamos nosso plano de ação, que são aulas remotas, os pais e as crianças que não possuem internet receberam as atividades escolares impressas. O ano de 2021 continuará sendo de grandes desafios, a pandemia covid 19, transformou o cotidiano escolar e exigiu a reinvenção de todos no processo de ensinar e aprender”, afirmou.

A Prefeita Fernanda Hassem, agradeceu o empenho dos técnicos da SEME, dos educadores, funcionários das escolas pela a dedicação com a educação, e anunciou os recursos para construção de uma nova creche e uma escola no município.

“Estamos hoje iniciando o ano letivo 2021 de forma remota. Eu quero agradecer nossa equipe da secretaria municipal de Educação, os gestores, professores e toda comunidade escolar. Quero agradecer também à coordenadora do núcleo estadual de educação, Vanilda Galli, pela parceria.

Leia Também:  Governo investiu R$ 270 milhões na saúde nos quatro primeiros meses deste ano

Queríamos estar fazendo a abertura do ano letivo em nossas escolas, com as crianças interagindo, mas devido ao covid seguindo protocolos de segurança, não foi possível. Tenho um grande compromisso com a educação do nosso município, porque é através dela que a gente vence. Quero dizer que recentemente conseguimos recursos para construir uma nova creche, serão 3 creches no município, e também recursos para a construção da escola Conci Alves, além de equipamentos e reformas para as escolas de Brasiléia”, destacou.

E veja Também no Plantão 3 de Julho Notícias

Veja o Vídeo: Os protocolos sanitários devido a pandemia, com o apoio do Prefeito de Porto Acre, Bené Damasceno, através da secretaria municipal de saúde, comandada pela Vice-prefeita Edna Cuiabano, foram realizados os primeiros atendimento do Programa Saúde Itinerante de 2021.

Acompanhe nossas Redes Sociais

Twitter 3 de Julho Notícias

Youtube 3 de Julho Notícias Vídeos

Página Facebook 3 de Julho Notíci

Veja o Vídeo:

Inscreva-se no Twitter 3 de Julho Notícias, seja membro e compartilhe.

Inscreva-se no Youtube 3 de Julho Notícias Vídeos, seja membro e compartilhe.

Inscreva-se na Página Facebook 3 de Julho Notíci, seja membro e compartilhe.

COMENTE ABAIXO:

Propaganda

Tudo sobre Política

Jenilson Leite cobra retorno do Auxílio Covid e antecipação da Etapa Alimentação aos servidores da Saúde

Publicados

em

O Acre registrou somente esta semana, entre segunda-feira (17) e quinta (20), 1.679 novos casos de Covid-19, segundo dados da Secretaria de Estado de Saúde. Além destes dados oficiais do Estado, a Secretaria Municipal de Saúde de Rio Branco, disse que nesta quinta, o drive-thru montado na Arena da Floresta positivou 724 casos, apenas na Capital.

O deputado estadual e médico infectologista Jenilson Leite (PSB), divulgou um vídeo nesta sexta-feira (20), onde pontua ações que podem ser adotadas pelo Estado para mitigar a situação da população e dos servidores da Saúde diante desta terceira onda do coronavírus.

Entre as ações propostas pelo parlamentar estão o retorno do pagamento do Auxílio Covid, que começou a ser pago aos servidores em julho do ano passado e foi encerrado em dezembro. Ele pede também que o Governo antecipe o pagamento da Etapa Alimentação.

“Com aumento de internações, vamos precisar novamente dos nossos servidores de saúde que estão enfrentando uma terceira onda, e o Governo precisa retomar com o Auxílio Covid, precisa trazer para fevereiro aquela Etapa Alimentação que tínhamos pactuado e que seria para março, e precisa anunciar o reajuste linear para todos os servidores, inclusive os da saúde que mais uma vez se expõem diante da pandemia, e precisa ainda anunciar o concurso público para saúde”, pontua Jenilson.

Leia Também:  Exclusivo: Segundo testemunha, vereador e miliciano estão envolvidos em morte de Marielle

O parlamentar levanta outra questão: a necessidade de ampliação da vacinação no estado. O Acre continua no topo entre os estados que menos vacinaram contra a covid-19. Segundo dados nacionais, o estado imunizou 47,09% da população com duas doses, ficando atrás apenas de Amapá e Roraima, com 38,73% e 38,64%, respectivamente.

Com este cenário, Jenilson pede que o Governo ajude os municípios a traçar e desenvolver estratégias. “Em tese a responsabilidade direta da vacinação é dos municípios, mas em um momento como esse não podemos deixar isso só na mão das prefeituras. Precisamos criar estratégias para ampliar essa capacidade”, destacou.

O avanço da vacinação é a estratégia fundamental para evitar um colapso na rede pública de saúde e mortes, pois garante que o paciente não desenvolva um quadro grave da doença em que precise de oxigênio e ser internado em uma unidade de terapia intensiva (UTI).

“Quando estão com duas doses, essas pessoas evoluem de forma tranquila, mas temos aquelas que não tomaram nenhuma ou só tomaram uma dose e estamos vendo elas adoecerem e precisar de internação hospitalar”, alerta.

Leia Também:  Prefeitura de Rio Branco acelera revitalização do Mercado Municipal Aziz Abucater

O deputado acredita que estas medidas demonstraram o comprometimento do Governo no enfrentamento de mais uma onda de covid-19 no Acre.

Veja o Vídeo:

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

POLÍTICA

POLÍCIA

EDUCAÇÃO

CONCURSO

ESPORTE

MAIS LIDAS DA SEMANA