RIO BRANCO

Tudo sobre Política

Policiais militares se organizam para participar de atos bolsonaristas: “sangue nos olhos”

Publicados

Tudo sobre Política

No Rio, policiais organizam uma marcha de Niterói até a praia de Copacabana. Formatura de soldados da PM em São Paulo, Estado com maior efetivo do país – Foto: Diogo Moreira

247 – Nesta segunda-feira (25), dia em que o governador de São Paulo, João Doria (PSDB), afastou um coronel da Polícia Militar por indisciplina após o oficial ter feito convocações para atos em defesa do governo federal e alertou colegas para o risco de infiltração de bolsonaristas nas polícias estaduais, o Poder360 informa que policiais militares se preparam para participar de atos bolsonaristas no próximo 7 de setembro.

Circulam em grupos de WhatsApp de PMs de São Paulo e do Rio de Janeiro, dos quais participam oficiais da ativa e reserva, mensagens que falam em “exigir” o poder, lutar contra o comunismo e retirar ministros do Supremo Tribunal Federal (STF).

No grupo denominado “Rota Eterna”, os integrantes combinaram de comparecer ao ato na Avenida Paulista usando as boinas da Polícia Militar. Os policiais dizem que não vão “pegar em armas”, mas falam em se posicionar como “batalhão de vanguarda”.

Leia Também:  Presidente Nicolau Júnior participa da abertura de vacinação anti-Covid em Cruzeiro do Sul

Jair Bolsonaro é visto pelos oficiais como mártir de uma suposta “guerra ideológica”: “participamos e resolvemos Canudos, após 3 tentativas infrutíferas do governo federal pediram ajuda ao nosso batalhão e quando fomos resolvemos o problema. Participamos de todos movimentos e revoluções do país mas agora a missão é outra, não falo em pegar em armas, mas nos posicionar como Batalhão da vanguarda e no dia 7 de Setembro unirmos forças e mais uma vez, todos nós veteranos mostrarmos nossa força”.

No Rio, policiais organizam uma marcha de Niterói até a praia de Copacabana. No grupo “PMS DO BRASIL 🇧🇷”, os membros falam em “sangue nos olhos e muito amor no coração pela nossa pátria! Deus, Pátria, Família e Liberdade!!! Que os bons se unam!”.

E veja também no 3 de Julho Notícias

Veja o Vídeo Abaixo: O vice-governador do Acre, Major Rocha, usou sua rede social para fazer algumas declarações como costuma fazer. Em sua publicação, Rocha dá seu ponto de vista a respeito de uma declaração feita pelo governador Gladson, veja parte de sua publicação. “Vendo a declaração do Governador que. segundo ele, quer um Vice que não pense só no próprio umbigo e que saiba o seu papel, só posso deduzir que Gladson quer um vice omisso. Alguém que silencie diante dos diversos indícios de corrupção, da farra dos precatórios e dos reconhecimentos de dividas. Que o ajude a derrubar uma CPI, como a que iria investigar os esquemas na educação”, publicou o Rocha.

Leia Também:  Um absurdo o que está acontecendo!! Leo de Brito defende adiamento de votação da PEC 32 e diz que debate precisa ser aprofundado

Acompanhe nossas Redes Sociais

Twitter 3 de Julho Notícias

Youtube 3 de Julho Notícias Vídeos

Página Facebook 3 de Julho Notíci

Veja o Vídeo:

Inscreva-se no Twitter 3 de Julho Notícias, seja membro e compartilhe.

Inscreva-se no Youtube 3 de Julho Notícias Vídeos, seja membro e compartilhe.

Inscreva-se na Página Facebook 3 de Julho Notíci, seja membro e compartilhe.

COMENTE ABAIXO:

Propaganda

Política

Leo de Brito apresenta denúncia contra presidente da Petrobras por práticas abusivas no aumento de combustíveis

Publicados

em

O deputado federal Leo de Brito (PT-AC) e parlamentares da bancada do Partido dos Trabalhadores (PT) na Câmara dos Deputados apresentaram denuncia, na Procuradoria da República no Distrito Federal, contra o presidente da Petrobras, Joaquim Silva e Luna, alegando que ele está cometendo crime contra a ordem econômica e contra as relações de consumo praticado pela presidência da Petrobras.

A denúncia ressalta que desde 2016 o consumidor brasileiro vem sofrendo prejuízos, agravados consideravelmente ao longo do ano de 2021, em razão de práticas abusivas praticadas pela Petrobras S.A., em razão das políticas estabelecidas pelo presidente Joaquim Silva e Luna na prática de reajuste de combustíveis.

“Não existe lei. O Preço de Paridade de Importação [PPI] é uma escolha de governo, instituída por Michel Temer e mantida por Jair Bolsonaro e pelo atual presidente da Petrobras”, destaca o documento assinado por Leo de Brito.

Quanto aos crimes contra a ordem econômica e contra as relações de consumo, a denúncia destaca que vários são os princípios constitucionais reitores da ordem econômica previstos no artigo 170 da Constituição Federal. “Esse dispositivo define que, a ordem econômica tem por fundamentos a valorização do trabalho humano e a livre iniciativa e por objetivo assegurar a todos existência digna, conforme os ditames da justiça social”.

Bohn Gass, Leo de Brito, Reginaldo Lopes, Padre João, Patrus Ananias, José Guimarães, Paulão, Carlos Zarattini, Joseildo Ramos e Enio Verri pedem adoção de providências legais imediatas (administrativas ou judiciais) com vistas à apuração das infrações e da autoria das ações expostas no documento de denúncia apresentado à Procuradoria da República no Distrito Federal, propondo, ao final, as medidas cabíveis.

Leia Também:  População aprova governo de Tião Viana, segundo Ibope 58% avaliam positivamente

“Diante da gravidade dos fatos, requer-se desde já a adoção das seguintes providências preliminares: Abertura de Inquérito Civil e posterior Ação Civil Pública e promoção das demais ações judiciais pertinentes; responsabilização de todos quantos tenham, por ação ou omissão, dado causa aos ilícitos noticiados. Esperamos contar com a sempre diligente e combativa atuação do Ministério Público, em defesa da ordem democrática e da sociedade brasileira”, concluem os parlamentares da bancada do PT na Câmara.

Visita ao TCU para tratar da privatização da Eletrobras

E ainda preocupado e atento a outro aumento que vem causando transtornos aos acreanos, o deputado federal Leo de Brito foi ao Tribunal de Contas da União (TCU) para tratar sobre o processo de desestatização da Eletrobras.

“Acabamos de receber a notícia de que teremos mais um aumento na energia elétrica, anunciado pela Aneel [Agência Nacional de Energia Elétrica], a partir da próxima segunda-feira, dia 13. Será um aumento de quase 10% para as 280 mil unidades consumidoras no Acre. O povo não aguenta mais isso. Por isso, estou no TCU para tratar dessa maquiagem que fizeram para privatizar a Eletrobras”, afirmou Brito.

Leia Também:  Deputado Jesus Sérgio apresenta emenda para auxílio emergencial continuar de R$ 600 e R$ 1.200 para mulheres chefes de família

E Veja Também no 3 de Julho Notícias

Veja o Vídeo Abaixo: Vereador diz que o prefeito Kiefer Cavalcante paga mais de 5 mil para dono de empresa que faz faculdade em Rio Branco – Vereador Ronaldo Reis de Feijó, gravou um vídeo onde fez graves denúncias contra a atual gestão do prefeito Kiefer Cavalcante a quem acusa de perseguição política e possível pagamentos irregulares em sua gestão. De acordo com o vereador, o prefeito demitiu a sua esposa só aconteceu depois que trouxe a tona um pagamento supostas irregularidades o que confirma a perseguição política que vem sofrendo por parte do gestor.

Acompanhe nossas Redes Sociais

Twitter: 3 de Julho Notícias

Youtube: 3 de Julho Notícias Vídeos

Página Facebook: 3 de Julho Notíci

Página do Instagram: 3 de Julho Noticias

Veja o Vídeo:

Veja-se no  Twitter 3 de Julho Notícias, seja membro e compartilhe

Veja-se no  Youtube 3 de Julho Notícias Vídeos, seja membro e compartilhe.

Veja-se na  Página Facebook 3 de Julho Notíci, seja membro e compartilhe.

Veja-se na  Página do Instagram 3 de Julho Noticias, seja membro e compartilhe.

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

POLÍTICA

POLÍCIA

EDUCAÇÃO

CONCURSO

ESPORTE

MAIS LIDAS DA SEMANA