RIO BRANCO

Política

Plano de Governo de Gladson tem 161 páginas, 14 delas dedicadas à Segurança Pública

Há ainda projetos de melhoria nos serviços de monitoramento e inteligência, modernização tecnológica e aquisição de equipamentos.

Publicados

Política

Há ainda projetos de melhoria nos serviços de monitoramento e inteligência, modernização tecnológica e aquisição de equipamentos.

Das 161 páginas do Plano de Governo da chapa Mudança e Competência, encabeçada pelo senador Gladson Cameli, candidato a governador do Acre pelo Progressistas, 14 são dedicadas ao setor de Segurança Pública do Acre, tema que deve nortear a campanha eleitoral de 2018 não só pela escalada da violência em si, mas pelos vices da duas principais chapas majoritárias, o delegado Emylson Farias (PDT), ex-secretário de Segurança do governo de Sebastião Viana, que integra a chapa encabeçada pelo petista Marcus Viana, e Major Rocha (PSDB), vice de Gladson.

O Plano de Governo do candidato progressista para a Segurança é recheado de números e estatísticas oficiais sobre homicídios no Acre nos últimos anos, comparativos, quantidade de efetivos e possíveis soluções, orçamento, investimentos e atual número de encarcerados no Estado. Colaboraram com as sugestões ao setor, o sargento Joelson Dias, da Polícia Militar do Acre, que também é presidente da Associação dos Militares, e Sangelo Rossano de Souza.

O projeto traz como uma das possíveis soluções a criação de um Centro Integrado de Inteligência Estadual (CIIE), coordenado por um conselho formado por representantes das polícias Estaduais e Federais, sob a presidência do secretário de Segurança Pública do provável governo de Cameli. Esse centro tem aparado em uma lei estadual já existente.

Leia Também:  Desesperado para não cair, Temer coloca o serviço secreto contra Fachin

O plano de Gladson reconhece a imediata necessidade de policiamento nas fronteiras entre o Acre, o Peru e a Bolívia.

– Uma dimensão das mais relevantes do problema da Segurança Pública no Acre é a inexistência da fiscalização em nossas divisas territoriais, com os países e estados vizinhos (Amazonas, Rondônia, Bolívia e Peru). Este problema requer uma ação junto á união no sentido de contribuir na elaboração de uma politica pública nacional de fiscalização das fronteiras.

O plano sugere a instalação de câmeras nas 04 pontes que fazem a ligação entre o 1º e 2º Distrito que possam em tempo real realizar a leitura de placas veiculares e informarem a rede de segurança se um veículo roubado passou por uma delas.

O candidato prevê ainda investimento em inteligência policial, além da reimplantação da filosofia do policiamento comunitário, que foi colocado em prática no governo do petista Jorge Viana por meio do Polícia da Família.

A prática delituosa contra vida que, em sua maioria, era realizado pelo consumo de álcool em bares e na periferia ganhou novos contornos com o tráfico de drogas, fato que se registra também nos motivos de aberturas de inquéritos e condenações nos últimos anos”.

Leia Também:  Marina diz que impeachment pode aprofundar o caos

Plano de Governo com cinco princípios

Entregue digitalizado via pendrive na quinta-feira da semana passada pela assessoria jurídica de Gladson Cameli ao Tribunal Regional Eleitoral, o Plano de Governo do candidato informa cinco pontos fundamentais de um eventual governo do progressista: Modelo crescimento econômico baseado na geração de riqueza; cuidado com o meio ambiente; ajuste das contas públicas; valorização do servidor público; e resgate dos valores da família.

Esses, segundo a introdução do plano, “são os princípios servem como pontos importantes sinalizando o comportamento do governo frente aos principais problemas que a sociedade acriana passa, depois de quase 20 anos de governo descompromissado com o crescimento econômico e a geração de riquezas”.

3 de Julho Entrevistas 12ª Edição

Veja nesta edição a entrevista com o Vice-presidente da Câmara de Brasileia, Rozevete Honorato ele que vai contar um pouco da sua carreira política e também falará da sua experiência como vereador de primeiro mandato.

3 de Julho Entrevistas 12ª Edição

Nesta entrevista o vereador Edu Queiroz falou da sua trajetória  política, inclusive dos seus três mandatos seguidos em legislaturas anteriores, assista!!!!

Por Luciano Tavares / ac24horas

COMENTE ABAIXO:

Propaganda

Política

Morador grava vídeo denunciando as péssimas condições de rua na atual gestão de Fernanda Hassem

Publicados

em

Um morador da rua Rondônia gravou um vídeo denunciando as péssimas condições da referida Via, segundo ele, os moradores que precisam trafegar pela rua não aguentam mais o abandono por parte da atual gestão de Fernanda Hassem, segundo ele há pelo menos 6 anos que a localidade não recebe manutenção da prefeitura de Brasileia.

Os moradores, revoltados com a situação resolveram tornar público essa situação para que o Poder Público tome providências quanto a esta situação específica. Vale destacar que não só a rua Rondônia encontra-se nesta condição, mas a maioria das vias do município encontra-se em péssimas condições.

Por se tratar de uma rua que dá acesso a escola infantil Menino Jesus e a uma distribuidora de gás os moradores almejam ainda mais uma melhoria, pois segundo eles, no período do inverno, os alunos enfrentam grande dificuldades para chegar a escola, onde saem de casa limpos e chegam na escolas sujos de lama por conta da falta de dignidade no tráfego.

“A cada chuva que cai o açude aumenta mais se jogar tambaqui aqui se cria porque a situação está cada vez pior, tá com mais de 6 anos que essa rua não recebe um tapa buracos, aqui quando as crianças estão indo para a escola elas sofrem”, concluiu um morador.

Leia Também:  O Chanceler e o Ministro da Educação do Reich Bolsonarista

Veja o Vídeo:

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

POLÍTICA

POLÍCIA

EDUCAÇÃO

CONCURSO

ESPORTE

MAIS LIDAS DA SEMANA