RIO BRANCO

Tudo sobre Política

Plácido domina e é campeão da Copa Cidade de Brasileia de Handebol

Time conquista título invicto no feminino e fatura também o troféu no masculino.

Publicados

Tudo sobre Política

Time conquista título invicto no feminino e fatura também o troféu no masculino, com vitórias sobre Assermurb e AABB, respectivamente. Competição foi no fim de semana.

No masculino, Plácido de Castro fez cinco jogos, com quatro vitórias e uma derrota (Foto: Fach/Divulgação)

No masculino, Plácido de Castro fez cinco jogos, com quatro vitórias e uma derrota (Foto: Fach/Divulgação)

Com uma campanha irretocável no naipe feminino, com quatro vitórias em quatro jogos, e apenas uma derrota em cinco jogos no masculino, o Plácido de Castro conquistou, no último fim de semana, o título da Copa Cidade de Brasileia de Handebol. A competição, organizada pela Federação Acreana de Handebol (Fach), foi disputada no ginásio Eduardo Lopes Pessoa, no município de Brasileia, a 232km de Rio Branco.

As vitórias na decisões não foram nada tranquilas, pelo contrário, bem apertadas. No feminino, que teve cinco times na briga pelo título – seriam seis, mas a Adesg desistiu -, um duelo acirrado contra a Assermurb. No final, 20 a 19 para o Plácido. No masculino, que teve oito equipes, o Tigre do Abunã, derrotado apenas pelo Alcimar Leitão na primeira fase, passou pela AABB na final por 28 a 26.

Leia Também:  Empresário confirma que Marilete Vitorino trocou votos por combustíveis em Tarauacá

A presidente da Fach, Maria Rosaídes, a Bolha, destacou o nível da competição e afirmou que as reclamações contra a arbitragem diminuíram, após a realização dos cursos sobre o tema.

– Foi muito bom nível bom de todas as equipes, resultados apertados, bastante disputado. O que mais nos surpreendeu foi encontrar o nível técnico muito bom dos municípios, principalmente, Assis Brasil, no masculino, e Xapuri, tanto masculino quanto feminino. Devido aos cursos de arbitragem que levamos aos municípios as reclamações contra a arbitragem diminuíram bastante. Significa que os atletas estão ficando mais consciente na sua função. Todas as equipes jogaram de igual nível. Isso mostra o desenvolvimento da modalidade em todo o estado – avaliou a dirigente.

Os campeões e vices receberam como premiação, além de troféus e medalhas, R$ 700 e R$ 300, respectivamente. A competição foi realizada pela Fach com a Prefeitura de Brasileia e apoio da Secretaria de Estado de Esporte. De acordo com Bolha, a próxima atividade da federação será o Campeonato Aberto de Handebol. As inscrições estarão abertas a partir da próxima segunda-feira (21).

Título no feminino foi conquistado de maneira invicta, com quatro vitórias em quatro jogos (Foto: Fach/Divulgação)

Título no feminino foi conquistado de maneira invicta, com quatro vitórias em quatro jogos (Foto: Fach/Divulgação)

Por GloboEsporte.com

COMENTE ABAIXO:

Propaganda

Tudo sobre Política

Jenilson Leite cobra retorno do Auxílio Covid e antecipação da Etapa Alimentação aos servidores da Saúde

Publicados

em

O Acre registrou somente esta semana, entre segunda-feira (17) e quinta (20), 1.679 novos casos de Covid-19, segundo dados da Secretaria de Estado de Saúde. Além destes dados oficiais do Estado, a Secretaria Municipal de Saúde de Rio Branco, disse que nesta quinta, o drive-thru montado na Arena da Floresta positivou 724 casos, apenas na Capital.

O deputado estadual e médico infectologista Jenilson Leite (PSB), divulgou um vídeo nesta sexta-feira (20), onde pontua ações que podem ser adotadas pelo Estado para mitigar a situação da população e dos servidores da Saúde diante desta terceira onda do coronavírus.

Entre as ações propostas pelo parlamentar estão o retorno do pagamento do Auxílio Covid, que começou a ser pago aos servidores em julho do ano passado e foi encerrado em dezembro. Ele pede também que o Governo antecipe o pagamento da Etapa Alimentação.

“Com aumento de internações, vamos precisar novamente dos nossos servidores de saúde que estão enfrentando uma terceira onda, e o Governo precisa retomar com o Auxílio Covid, precisa trazer para fevereiro aquela Etapa Alimentação que tínhamos pactuado e que seria para março, e precisa anunciar o reajuste linear para todos os servidores, inclusive os da saúde que mais uma vez se expõem diante da pandemia, e precisa ainda anunciar o concurso público para saúde”, pontua Jenilson.

Leia Também:  Ação parlamentar de Alan Rick garante recurso para segunda etapa das obras de interligação do Calafate com Dias Martins

O parlamentar levanta outra questão: a necessidade de ampliação da vacinação no estado. O Acre continua no topo entre os estados que menos vacinaram contra a covid-19. Segundo dados nacionais, o estado imunizou 47,09% da população com duas doses, ficando atrás apenas de Amapá e Roraima, com 38,73% e 38,64%, respectivamente.

Com este cenário, Jenilson pede que o Governo ajude os municípios a traçar e desenvolver estratégias. “Em tese a responsabilidade direta da vacinação é dos municípios, mas em um momento como esse não podemos deixar isso só na mão das prefeituras. Precisamos criar estratégias para ampliar essa capacidade”, destacou.

O avanço da vacinação é a estratégia fundamental para evitar um colapso na rede pública de saúde e mortes, pois garante que o paciente não desenvolva um quadro grave da doença em que precise de oxigênio e ser internado em uma unidade de terapia intensiva (UTI).

“Quando estão com duas doses, essas pessoas evoluem de forma tranquila, mas temos aquelas que não tomaram nenhuma ou só tomaram uma dose e estamos vendo elas adoecerem e precisar de internação hospitalar”, alerta.

Leia Também:  Diretora da SEPA em Xapuri, afirma que foi demitida por ter tentado fazer recadastramento de fazendeiro que ganha R$7 mil sem trabalhar

O deputado acredita que estas medidas demonstraram o comprometimento do Governo no enfrentamento de mais uma onda de covid-19 no Acre.

Veja o Vídeo:

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

POLÍTICA

POLÍCIA

EDUCAÇÃO

CONCURSO

ESPORTE

MAIS LIDAS DA SEMANA