Tudo sobre Política

”Os trabalhadores da enfermagem, que cuidam da nossa saúde, precisam de cuidados”, afirma Perpétua

Publicados

Tudo sobre Política

Assessoria – Em visita à Fundhacre, nesta segunda-feira, 21, a deputada federal Perpétua Almeida (PCdoB), juntamente com Alesta Amâncio, presidente do Sindicato da Enfermagem, Técnicos e Auxiliares do Acre, orientaram sobre a mobilização nacional para garantir a aprovação do PL 2564/20, que institui o piso salarial da enfermagem.

O Senado já aprovou o piso de R$4.750,00 para os enfermeiros, R$3.325,00 para os técnicos de enfermagem e R$2.375,00 para os auxiliares de enfermagem e parteiras. Porém, ao invés do projeto ir diretamente para votação no plenário da Câmara, o que é o normal, ele foi para um Grupo de Trabalho (GT) onde então sendo ouvidos em audiências públicas empresas e instituições de saúde e ainda os representantes dos trabalhadores. Depois o PL ainda vai tramitar pelas comissões da Câmara: Saúde, CCJ e outras.

“Esse caminho escolhido pelos líderes que apoiam o governo Bolsonaro, tende a demorar muito mais. Essa demora atende as pressões do governo Bolsonaro, empresários da Saúde, governadores e prefeitos que não querem pagar um piso salarial justo pra a categoria da enfermagem”, disse.

Alesta Amâncio também falou um pouco da sua indignação com a demora. “É muito humilhante para nós, trabalhadores que tanto nos dedicamos a salvar vidas, especialmente nesta pandemia, não recebermos um salário decente”.

Segundo Perpétua, o governador Gladson Cameli não está cumprindo com compromissos com o Plano de Carreiras e Salários.

“Fiz questão de ir onde eles estão, conhecer as condições de trabalho desses profissionais porque quando a gente vê de perto, a nossa percepção é outra, a nossa defesa fica mais forte e mais engajada. E o que eu pude ver é que os trabalhadores que cuidam dos doentes, estão precisando de cuidados. O governo Gladson descumpre compromissos com o Plano de Carreiras e Salários, quando não manda pra votação na ALEAC e paga apenas R$76,00 por um plantão extra”.

Leia Também:  Faltava o batom na cueca: Lava Jato usou o Judiciário para fins políticos

Os relatos dos profissionais da enfermagem vão desde a desvalorização profissional até as condições precárias de trabalho. “Ouvi enfermeiras dizendo que estão sempre com infecção urinária porque os banheiros dos profissionais não possuem o mínimo de condições de uso. Já imaginou fazer plantão de mais de 24 horas e não poder utilizar o banheiro do seu trabalho, porque fica com medo de ficar doente?”

Além disso, os profissionais alegam estarem sobrecarregados porque são poucos os que querem fazer plantão extra por R$ 76,00. “Imagine que uma diarista não custa menos de R$ 120. E eu não estou desmerecendo o trabalho dela, mas sim mostrando como é baixo o valor que os enfermeiros receberam para cuidar de vidas”.

Outras reclamações dos profissionais da enfermagem diz respeito a falta de assistência a saúde dos trabalhadores por parte do governo. A unidade conta com o Núcleo de Atenção a Saúde do Trabalhador e Trabalhadora (NASTT), porém, o horário de atendimento é restrito e não compatível com a realidade de trabalho dos servidores.

Leia Também:  Com colapso eminente, Sesacre registra dois óbitos por covid-19 e 96 novos casos da doença nas últimas 24 horas

“É muito triste que os próprios enfermeiros, técnicos e auxiliares da Fundação tenham que correr atrás de exames particulares, caso tenham urgência médica e, na maioria das vezes trabalham doentes porque não conseguem acesso a uma consulta imediata. Como profissionais de saúde irão cuidar dos pacientes se estão doentes e sem assistência”?.

E Veja Também no 3 de Julho Notícias – Acre 24 Horas

Veja o Vídeo Abaixo: Os servidores da Educação do estado estão revoltados, com tanto descaso do governo Gladson Cameli com a maior categoria do Acre. Os servidores liderados pelo Sinteac, alegam que o governo descumpriu acordo judicial firmado com a categoria e que só iniciam o ano que vem tiver cumprimento do que foi acordado. Os servidores estiveram mais uma vez na frente da casa Civil e manifestaram sua insatisfação com Gladson Cameli.

Acompanhe nossas Redes Sociais

Twitter: 3 de Julho Notícias

Youtube: 3 de Julho Notícias Vídeos

Página Facebook: 3 de Julho Notíci

Página do Instagram: 3 de Julho Noticias

Veja o Vídeo:

Veja-se no  Twitter 3 de Julho Notícias, seja membro e compartilhe

Veja-se no  Youtube 3 de Julho Notícias Vídeos, seja membro e compartilhe.

Veja-se na  Página Facebook 3 de Julho Notíci, seja membro e compartilhe.

Veja-se na  Página do Instagram 3 de Julho Noticias, seja membro e compartilhe.

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

Tudo sobre Política

“Orgulho do povo do Acre”, diz deputado Nicolau Júnior no aniversário da Polícia Militar

Publicados

em

A Polícia Militar do Acre incorporou hoje ao seu quadro, 190 que concluíram o curso de formação de praças, que durou nove meses. A primeira turma do cadastro de reserva.

A formatura marcou as festividades em comemoração aos 106 anos da corporação e a entrega da revitalização do Quartel do Comando Geral, em Rio Branco.

Junto do governador Gladson Cameli, do comandante da AC, coronel Paulo César, da presidente do Tribunal de Justiça, desembargadora Valdirene Cordeiro, do procurador Geral de Justiça, Danilo Lovisaro e muitas outras autoridades, o presidente da ALEAC, Nicolau Júnior, assistiu a promoção de 49 oficiais e a incorporação dos novos praças aos quadros das Forças de Segurança do Acre.

Nicolau aproveitou a ocasião para lembrar que a Polícia Militar do Acre é considerada a polícia mais honesta do Brasil, o que coloca o estado em uma posição de destaque no cenário nacional.

“Para mim é um orgulho participar de um momento tão importante quanto esse. Estamos na casa da melhor policia do país, um orgulho para o Acre”, destacou o presidente.

Leia Também:  Senador Sergio Petecão viabiliza R$ 6,4 milhões para a saúde pública de 17 municípios do Acre

O deputado ainda lembrou que só esse ano o governo investiu R$ 8,5 milhões na revitalização de quartéis na capital e no interior e na tropa, incluindo os novos soldados.
As festividades pelos 106 anos da corporação se encerram no próximo sábado.

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

POLÍTICA

POLÍCIA

EDUCAÇÃO

CONCURSO

ESPORTE

MAIS LIDAS DA SEMANA