Tudo sobre Política

Oficina ortopédica recebe novos equipamentos com emenda de R$ 400 mil destinada por Leo de Brito

Publicados

Tudo sobre Política

Em reconhecimento à importância do trabalho realizado pela Oficina Ortopédica do Estado, que atende pacientes que utilizam órtese e prótese, o deputado Leo de Brito (PT-AC) tem destinado emendas para a unidade saúde. O montante enviado à oficina para aquisição de equipamentos e insumos já soma quase R$ 900 mil.

“Esse trabalho é importante para as pessoas com deficiência, vítimas de acidente, os hansenianos. Já tínhamos colocado uma emenda de R$ 400 mil e temos mais R$ 500 mil que atenderá a unidade de Rio Branco e de Cruzeiro do Sul. É nosso papel ajudar essa unidade que realiza um trabalho essencial há mais de 40 anos”, detalhou o parlamentar.

Com os recursos da emenda de Leo de Brito, a unidade pode fazer a aquisição de um equipamento para fisioterapia; aparelho eletroestimulador neuromuscular funcional; bicicleta ergométrica, furadeira elétrica de bancada; máquinas de costura industrial e uma geladeira.

Atenção a quem precisa

A direção da Oficina Ortopédica informa que são realizados cerca de 300 atendimentos por mês e a medida de produção de órtese e próteses variando oito a dez mensalmente.

Leia Também:  Com emenda do senador Petecão, Ufac ofertará curso de engenharia agronômica em Plácido de Castro

A unidade conta com médicos, fisioterapeutas, psicólogos e terapeutas ocupacionais para atender os pacientes.

Jerry Campos, gerente-geral da Oficina, lembra que desde 2016 há a parceria de Leo de abrigo com a instituição de saúde. “Nós ficamos felizes e os usuários agradecem. São novas máquinas e equipamentos que vão nos ajudar. E, independente de partido, esperamos que a unidade sempre receba essa atenção por parte dos parlamentares”, afirmou o gerente.

Rosângela Farias, gerente do Serviço de Atendimento Médico (SAME) da Fundhacre, representando o diretor-geral da Fundhacre, João Paulo Silva, disse que a solenidade de entrega dos novos equipamentos gera sentimento de gratidão na equipe.

“Essa parceria é digna de aplausos por ter o olhar de cuidado com a comunidade, das pessoas que precisam dessa assistência. É gratificante ter um deputado que se preocupa com a melhoria da qualidade de vida das pessoas”, comentou Farias.

O ato de entrega dos equipamentos novos contou com a presença do coordenador do Movimento de Reintegração das Pessoas Atingidas por Hanseníase (Morhan), Élson Dias; senhor Messias Tavares, sapateiro na unidade de saúde, Raimundo Oceano, funcionário da Oficina há 42 e Dayse Areal, do Setor de Lavanderia e Costura da Fundhacre.

Leia Também:  Deputado Edvaldo Magalhães acusa governo de tentar suprimir responsabilidades do Poder Legislativo

Ademar Freitas, paciente da unidade, contou que recebe assistência da Oficina há oito meses. Ao presenciar a entrega dos novos equipamentos, o paciente declarou que o aparelhos são bem-vindos.

“Nós estamos precisando porque aqui falta aparelhagem, precisamos de melhorias na estrutura daqui. Acho positiva essa ajuda do deputado”, declarou o paciente.

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

Tudo sobre Política

Senador Petecão promove audiência pública para discutir reativação do campus da Ufac em Brasileia

Publicados

em

Atendendo a uma demanda da região do Alto Acre, em meio às comemorações dos 112 anos de emancipação política de Brasileia, o senador Sergio Petecão (PSD-AC) promoveu uma audiência pública para discutir a reativação do campus da Universidade Federal do Acre (Ufac).

O tema foi discutido com vários segmentos da população e contou com a presença de diversas autoridades, de representantes da universidade, além de estudantes que já concluíram o ensino médio e têm grande interesse na concretização do projeto.

O debate ganhou relevância após o gabinete do senador Petecão viabilizar a oferta de cursos de nível superior, pela Ufac, nas cidades de Acrelândia e Plácido de Castro e, pelo Ifac, em Santa Rosa do Purus. Diante da iniciativa do senador, os prefeitos da região do Alto Acre também buscaram apoio para estender o benefício aos seus respectivos municípios.

“Nesta audiência pública, nós já demos um passo importante, já existe um núcleo da Ufac aqui na região, que não oferece nenhum curso. Então, nós vamos buscar os recursos para dotar a universidade das condições necessárias para se estabelecer aqui essa oferta de cursos também. Estamos encaminhando à Ufac as sugestões e propostas que foram colhidas aqui e esperamos para breve uma definição da instituição sobre essa demanda”, declarou o senador Petecão.

Leia Também:  No Dia Mundial, Nazareth pede atenção à política nacional de saúde mental

Segundo o vice-reitor da Ufac, professor Josimar Ferreira, que na ocasião representou a reitora Guida Aquino, “De imediato, já saímos com uma nova proposta daqui, que é trabalhar no sentido de oferecer um curso de engenharia agrícola. Vamos depender de uma ação de toda a nossa bancada federal, do Ministério da Educação (MEC) e do Ministério da Economia. Agora nós vamos levar à mesa da reitoria tudo o que foi discutido aqui para dar os encaminhamentos”, explicou.

A deputada federal Wanda Milani (Pros) parabenizou a iniciativa do senador. “Louvável a atitude do senador Petecão em convocar essa audiência. Fizemos aqui um compromisso de, conjuntamente com os demais integrantes da bancada federal do Acre, buscar em Brasília as condições para reestruturar o campus da Ufac aqui de Brasileia e conseguir iniciar, o mais breve possível, a oferta de ao menos um curso para essa região, suprindo assim essa carência de formação de mão de obra especializada que nosso estado tanto precisa”, defendeu.

Durante os últimos 3 anos, o senador Petecão já destinou à Ufac cerca de R$ 3,5 milhões em emendas, que possibilitaram a reforma e ampliação do restaurante universitário de Rio Branco e de Cruzeiro do Sul, aquisição de equipamentos e veículos para a instituição, o custeio de cursos oferecidos no interior do estado, além de outras obras que fortalecem o ensino superior do Acre. “Como coordenador da bancada federal do Acre, eu me sinto no dever de abraçar essa causa. Investir na educação é uma das alternativas para o desenvolvimento desses municípios”, enfatizou Petecão.

Leia Também:  Tião Viana debate com a ONU parcerias para fortalecer o desenvolvimento sustentável

Todos os anos, centenas de jovens que concluem o ensino médio nos municípios do Alto Acre são forçados a parar de estudar por não terem nenhuma opção de curso de nível superior pela qual possam obter uma formação acadêmica. Diante do problema, a população desses municípios tem cobrado das autoridades a oferta de cursos superiores alinhados com a vocação econômica da região.

Além da deputada federal Wanda Milani (PROS) e do vice-reitor da Universidade Federal do Acre (Ufac), Josimar Ferreira, também compareceram à audiência a prefeita de Brasileia, Fernanda Assem (PT); o prefeito de Xapuri, Bira Vasconcelos e representantes da sociedade civil.

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

POLÍTICA

POLÍCIA

EDUCAÇÃO

CONCURSO

ESPORTE

MAIS LIDAS DA SEMANA