RIO BRANCO

Tudo sobre Política

No Juruá, Jenilson se reúne com delegado em Mâncio Lima e visita hospital em Rodrigues Alves

Publicados

Tudo sobre Política

O pré-candidato ao Governo do Estado, deputado estadual Jenilson Leite (PSB), cumpre agenda nos municípios da região do Vale do Juruá, com o objetivo de visitar os órgãos estaduais, ouvir a população e participar de atividades do parlamento acreano com empresários e uma homenagem a Igreja Católica na cidade de Cruzeiro do Sul.

Logo pela manhã de quarta-feira (29), o parlamentar concedeu entrevista ao Sistema Juruá de Comunicação( Rádio e TV Juruá). Depois, foi à cidade de Mâncio Lima, onde fez algumas visitas a moradores do município e também ao serviço de segurança do município, onde reuniu com o delegado José Obetanio.

Segundo Obetanio, que vem fazendo um trabalho importante no enfrentamento a criminalidade precisa de melhores condições de trabalho.

O pré-candidato ao Governo destacou que as polícias precisam de mais condição de trabalho e melhor reconhecimento devido suas jornadas noturnas. “ Nossas polícias estão se dedicando para proteger o cidadão de bem, mas precisam de mais apoio e reconhecimento, em um possível governo nosso iremos investir em tecnologia e implementar o adicional noturno as polícias cível e militar”.

Leia Também:  Segurança do Acre deverá receber R$ 70 milhões para reestruturação da força policial, destaca Alan Rick

Pelo período da tarde, Jenilson que é médico infectologista, visitou a Unidade Mista de Saúde de Rodrigues Alves, ao lado da vereadora do município , Terezinha Fernandes (PCdoB).

O deputado e a vereadora foram recebidos pelo diretor-geral do hospital, Renilson Freitas. A comunidade vem reclamando da falta de médico no município para atender a população, porém, aos parlamentares ele relatou que a dificuldade vem sendo superada e que no mês de outubro são poucos os furos na escala.

” Estamos aproveitando nossa vinda a Cruzeiro do Sul para visitar as cidades vizinhas. Conhecer a realidade dos órgãos estaduais, ouvir os funcionários e os moradores desses municípios. É importante conhecermos a realidade dos nossos servidores e as condições de trabalho deles. Para saber quais medidas vamos propor para melhorar. Em Mâncio, tivemos uma ótima conversa com o delegado José Obetanio, que pediu nosso apoio para combater melhor a criminalidade. Já em Rodrigues Alves, podemos ver as condições de funcionamento do hospital. Vamos ver se a demanda dos médicos será solucionada, para depois agirmos como temos feito. Nosso mandato é construído ouvindo as pessoas”, afirma Leite.

Leia Também:  Na Fieac, Gladson Cameli apresenta plano de governo a representantes do setor da indústria

E Veja Também no 3 de Julho Notícias

Veja o Vídeo Abaixo: A Comissão de Agricultura, Pecuária, Abastecimento e Desenvolvimento Rural da Câmara dos Deputados, aprovou por unanimidade, o parecer da Deputada Federal Mara Rocha ao Projeto de Lei 6606/19, que trata da Política Nacional de Economia Solidária. O Projeto de Lei cria o Marco Regulatório da Economia Solidária, implantando o Sistema Nacional de Economia Solidária e o Fundo Nacional de Economia Solidária.

Acompanhe nossas Redes Sociais

Twitter 3 de Julho Notícias

Youtube 3 de Julho Notícias Vídeos

Página Facebook 3 de Julho Notíci

Página do Instagram 3 de Julho Noticias

Veja o Vídeo:

Veja-se no  Twitter 3 de Julho Notícias, seja membro e compartilhe

Veja-se no  Youtube 3 de Julho Notícias Vídeos, seja membro e compartilhe.

Veja-se na  Página Facebook 3 de Julho Notíci, seja membro e compartilhe.

Veja-se na  Página do Instagram 3 de Julho Noticias, seja membro e compartilhe.

COMENTE ABAIXO:

Propaganda

Tudo sobre Política

Jenilson Leite cobra retorno do Auxílio Covid e antecipação da Etapa Alimentação aos servidores da Saúde

Publicados

em

O Acre registrou somente esta semana, entre segunda-feira (17) e quinta (20), 1.679 novos casos de Covid-19, segundo dados da Secretaria de Estado de Saúde. Além destes dados oficiais do Estado, a Secretaria Municipal de Saúde de Rio Branco, disse que nesta quinta, o drive-thru montado na Arena da Floresta positivou 724 casos, apenas na Capital.

O deputado estadual e médico infectologista Jenilson Leite (PSB), divulgou um vídeo nesta sexta-feira (20), onde pontua ações que podem ser adotadas pelo Estado para mitigar a situação da população e dos servidores da Saúde diante desta terceira onda do coronavírus.

Entre as ações propostas pelo parlamentar estão o retorno do pagamento do Auxílio Covid, que começou a ser pago aos servidores em julho do ano passado e foi encerrado em dezembro. Ele pede também que o Governo antecipe o pagamento da Etapa Alimentação.

“Com aumento de internações, vamos precisar novamente dos nossos servidores de saúde que estão enfrentando uma terceira onda, e o Governo precisa retomar com o Auxílio Covid, precisa trazer para fevereiro aquela Etapa Alimentação que tínhamos pactuado e que seria para março, e precisa anunciar o reajuste linear para todos os servidores, inclusive os da saúde que mais uma vez se expõem diante da pandemia, e precisa ainda anunciar o concurso público para saúde”, pontua Jenilson.

Leia Também:  Rio Branco regride para nível laranja, confira como fica o funcionamento do comércio e atividades setoriais

O parlamentar levanta outra questão: a necessidade de ampliação da vacinação no estado. O Acre continua no topo entre os estados que menos vacinaram contra a covid-19. Segundo dados nacionais, o estado imunizou 47,09% da população com duas doses, ficando atrás apenas de Amapá e Roraima, com 38,73% e 38,64%, respectivamente.

Com este cenário, Jenilson pede que o Governo ajude os municípios a traçar e desenvolver estratégias. “Em tese a responsabilidade direta da vacinação é dos municípios, mas em um momento como esse não podemos deixar isso só na mão das prefeituras. Precisamos criar estratégias para ampliar essa capacidade”, destacou.

O avanço da vacinação é a estratégia fundamental para evitar um colapso na rede pública de saúde e mortes, pois garante que o paciente não desenvolva um quadro grave da doença em que precise de oxigênio e ser internado em uma unidade de terapia intensiva (UTI).

“Quando estão com duas doses, essas pessoas evoluem de forma tranquila, mas temos aquelas que não tomaram nenhuma ou só tomaram uma dose e estamos vendo elas adoecerem e precisar de internação hospitalar”, alerta.

Leia Também:  Gilson lamenta empate em casa: 'Faltou caprichar no último passe'

O deputado acredita que estas medidas demonstraram o comprometimento do Governo no enfrentamento de mais uma onda de covid-19 no Acre.

Veja o Vídeo:

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

POLÍTICA

POLÍCIA

EDUCAÇÃO

CONCURSO

ESPORTE

MAIS LIDAS DA SEMANA