RIO BRANCO

Tudo sobre Política

“Não durmo há três dias”, diz lutador do UFC sobre enchente na terra natal

Segundo lutador, irmã reside na casa atualmente, no município de Xapuri.

Publicados

Tudo sobre Política

Segundo lutador, irmã reside na casa atualmente, no município de Xapuri. Atleta diz que nunca imaginou algo como isso e que amigos chegaram a perder tudo

Francimar Bodão diz que busca alternativas para apoio às vítimas de enchentes no Acre (Foto: Adriano Albuquerque)

Francimar Bodão diz que busca alternativas para apoio às vítimas de enchentes no Acre (Foto: Adriano Albuquerque)

A terra natal do lutador acreano de UFC Francimar Barroso, o Bodão, enfrenta um momento de muita tristeza. No município de Xapuri, 188 km da capital do Acre, Rio Branco, os moradores enfrentam a maior cheia do Rio Acre já registrada. Na sexta-feira (25), o nível do manancial chegou a 18,29 metros e, desde a última terça-feira (24), a cidade enfrenta problemas de abastecimento de água. 

Bodão está no Rio de Janeiro, onde treina para sua próxima luta que será realizada em maio. Por telefone, o lutador relatou ao GloboEsporte.com que a casa onde passou a maior parte da infância foi tomada pelas águas. A residência fica na Rua Coelho filho, no centro da cidade. Emocionado, ele diz que a irmã é quem residia no local e nunca imaginou uma situação como essa. 

Leia Também:  Prefeitura de Brasiléia inicia campanha de combate à dengue

– Não durmo há três dias. Acordo no meio da noite preocupado com essa situação. A casa onde morava alagou porque é próximo a um igarapé. Estou muito preocupado e me pegando muito com Deus. Minha irmã está indo para casa da minha mãe, que é bem longe do rio e de igarapés. Acredito que ficará bem. Isso é tudo muito difícil, ainda não consigo acreditar – conta o lutador. 

Além da família do atleta, vários amigos de infância ainda residem em Xapuri. Segundo o lutador, alguns pessoas tiveram a casa invadida rapidamente, sem tempo para retirar os móveis e perderam tudo. Com o momento difícil, ele diz que procura várias alternativas para ajudar as vítimas.

– Quando vejo as fotos não consegui acreditar, meu coração ficou apertado. Passou um filme na minha cabeça. Nunca imaginei que isso pudesse acontecer. Fiquei muito triste, essa situação é inacreditável. Estudei, passei a infância com aquelas pessoas e saber que elas perderam tudo dói muito. Recebi a ligação de alguns patrocinadores do Acre e farei o meu melhor para ajudar essas pessoas, vou fazer minha parte – destaca.

Leia Também:  Acreano é selecionado voluntário para revezamento da tocha olímpica 2015

uando ainda estava em Rio Branco, Bodão participou de reuniões com algumas autoridades e empresários para discutir formas agir no período da enchente. Segundo ele, todos estavam mais preocupados com o Rio Madeira e o possível isolamento do estado, mas não imaginavam as proporções e devastação que seria causada no interior e na capital, pelo Rio Acre. 

Apesar do momento triste, o lutador acredita na recuperação dos municípios atingidos, principalmente de sua cidade natal. Ele destaca, que o povo acreano tem uma história de superação e que as vítimas vão enfrentar o momento de cabeça erguida. 

– É preciso que as pessoas olhem para o nosso estado com carinho, só olhar e lamentar não muda nada. Nesse momento é preciso agir e ajudar. Meu pedido é que as pessoas se mobilizem, é preciso estender a mão para uma pessoa que perdeu tudo. Quem está de fora não pode imaginar como é voltar para casa e não ter nada. As pessoas precisam pensar também no que vem depois que o rio baixar, toda ajuda será bem-vinda – conclui.

Água chegou pela primeira vez na igreja do município de Xapuri, cidade natal do lutador Bodão, do UFC (Foto: Kenny Roger/Arquivo Pessoal)

Água chegou pela primeira vez na igreja do município de Xapuri, cidade natal do lutador Bodão, do UFC (Foto: Kenny Roger/Arquivo Pessoal)

Por 

COMENTE ABAIXO:

Propaganda

Tudo sobre Política

Vídeo: Empresário de Epitaciolândia Everton Soares deixa a política por obediência a Deus e a seus pais

Publicados

em

Everton se emociona durante pronunciamento de sua saída do meio político para se dedicar a Deus e a família – Foto: Alexandre Lima / oaltoacre

Oaltoacre – O jovem empresário do município de Epitaciolândia que se destacou no último pleito eleitoral, chamou a equipe do jornal oaltoacre em sua casa nesta semana, para fazer um pronunciamento aos munícipes.

O administrador de empresas Everton Soares, ficou em segundo lugar faltando pouco mais de 600 votos para se eleito prefeito por Epitaciolândia em sua primeira candidatura, mas, acredita que recebeu uma mensagem que essa não seria o caminho a ser seguido.

Muitos acreditavam que Everton seria um nome forte para o pleito de 2022, concorrendo a uma cadeira estadual ou federal e esperavam esse pronunciamento em breve, podendo ser um dos mais votados pela regional do Alto Acre.

Everton é de família tradicional e disse que, sem o apoio familiar, já estava com uma ‘derrota’ por não seguir os conselhos de seus pais na época, para não entrar na política. Mas, também acredita que foi uma experiência por acreditar que seria uma forma de agradecer tudo que o município lhes proporcionou.

Leia Também:  Treinadores de Futebol não precisa de registro no CREF

“Ainda quero acreditar na política, mas estou parando por aqui. Fui tocado pelo Espírito Santo que deveria abandonar e continuar minha vida normal. Da mesma forma que entrei, saio de mãos limpas e cabeça erguida”, disse.

Everton confirmou que está abandonando a vida pública para fica do lado da família e de Deus a partir de agora. Pede perdão caso tenha ferido alguém e que todos respeitem sua decisão a partir de agora.

Ao mesmo tempo, desabava com lágrimas por ter visto uma desigualdade social muito grande. Pede que as pessoas vejam em quem estará votando, pois, serão eles que vão cuidar do povo que precisam demais atenção por parte da política, tanto local, quanto nacional.

Agradece a confiança de quem esteve ao seu lado e àqueles que sequer o conhecia, mas acreditou no projeto político. “Recebi abraços de pessoas humildes, mensagens de fora do estado que viram em mim, uma ascensão política na minha região. Obrigado aos epitaciolandenses, povo do Acre e do Brasil, fiquem com Deus!”, finalizou.

Veja vídeo.

E Veja Também no 3 de Julho Notícias

Veja o Vídeo Abaixo: Vereadora Neiva Badotti solicita do secretário de Ação Social providências sobre as crianças Haitianos que fica na ponte todo os dias pedindo dinheiro, e que o Poder Público proporcione dignidade para essas crianças. Neiva solicita também que seja encaminhado um oficio para a gerente do hospital para saber se chegou algum saco funerário doado pela prefeitura, comprado com o dinheiro do covid, e que solicita que seja agendado novamente a reunião com a secretaria de segurança pública do estado, para se tratar sobre o IML, pois a mais de 20 anos o problema se arrasta e até o momento nada foi resolvido.

Leia Também:  Ilderlei Cordeiro deve deixar o MDB em caso de racha com o grupo de Gladson Cameli

Acompanhe nossas Redes Sociais

Twitter 3 de Julho Notícias

Youtube 3 de Julho Notícias Vídeos

Página Facebook 3 de Julho Notíci

Página do Instagram 3 de Julho Noticias

Veja o Vídeo:

Veja-se no  Twitter 3 de Julho Notícias, seja membro e compartilhe

Veja-se no  Youtube 3 de Julho Notícias Vídeos, seja membro e compartilhe.

Veja-se na  Página Facebook 3 de Julho Notíci, seja membro e compartilhe.

Veja-se na  Página do Instagram 3 de Julho Noticias, seja membro e compartilhe

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

POLÍTICA

POLÍCIA

EDUCAÇÃO

CONCURSO

ESPORTE

MAIS LIDAS DA SEMANA