RIO BRANCO

Tudo sobre Política

Governo institui Dia da Conscientização e Prevenção da Síndrome Alcoólica Fetal

O governador Tião Viana sancionou a Lei 3.301, que institui o Dia da Conscientização e Prevenção da Síndrome Alcoólica Fetal.

Publicados

Tudo sobre Política

O governador Tião Viana sancionou a Lei 3.301, que institui o Dia da Conscientização e Prevenção da Síndrome Alcoólica Fetal. 

Durante a solenidade Viana assinou o decreto estabelecendo a data 9 de setembro dedicada à conscientização dessa síndrome. Para ele, o ato representa um momento de demonstração de amor a vida, aos frágeis e indefesos.

“Essa é uma lei que reflete a humanidade. Reflete traços civilizatórios avançados. Porque muitas vezes a sociedade precisa estar madura para receber uma lei e às vezes uma lei pode amadurecer uma sociedade, que será o caso desta”, destaca o governador.

A Síndrome Alcoólica Fetal (SAF) é uma doença causada pela ingestão de álcool pela mãe durante a gravidez e pode ocasionar defeitos no feto que variam de leves a graves, causando problemas de comportamento e falta de crescimento, entre outros.

Alguns dos efeitos mais graves é a desfiguração do rosto e o retardo mental da criança. Por essa razão o governador destacou que a nova lei vai ajudar a preservar vidas e a dignidade dos bebês, já que vai dá mais visibilidade ao problema e suas consequências.

Leia Também:  Prefeitura de Rio Branco registra boa adesão dos contribuintes ao PARF

“Quando temos uma lei desse porte recuperamos a esperança de evitar muitos males. Ela dá qualidade de vida, reintegra e coloca as pessoas no plano de normalidade”, afirma Viana.

A lei é um projeto de autoria do deputado estadual Daniel Zen. Durante o evento ele explicou que “a síndrome é pouca conhecida pela população e a norma vem para estabelecer estratégias para a prevenção, o diagnóstico e seu tratamento.”

Convivendo com a doença

Para o casal Cleísa Brasil e Cleiver Lima, pais adotivos de uma criança com essa doença, a lei representa um marco para a conscientização sobre a SAF no estado.

“Estamos falando de uma síndrome gravíssima que pode ser evitada e decorre principalmente da falta de informação. Então é essencial que todos conheçam e entendam quais as consequências de se ingerir álcool durante a gravidez. Essa lei vai ajudar esclarecer e levar essa informação para todos e evitar muitas dores”, destaca Cleísa.

Antes mesmo do decreto ser sancionado, os pais já haviam iniciado junto com o Ministério Público do Acre (MPAC) a ‘Semana da SAF’ como forma de divulgar a doença e prevenir novos casos na região. Elaboraram panfletos e juntos com diversos órgãos deram os primeiros passos rumo a prevenção.

Leia Também:  Atleta acreano fica em 25º lugar na 30ª Corrida dos Reis, em Cuiabá (MT)

COMENTE ABAIXO:

Propaganda

Tudo sobre Política

Jenilson Leite realiza consultas médicas na Urap Claúdia Vitorino: “A cada 10 testes para Covid, 8 são positivos”

Publicados

em

Deputado e médico, Jenilson reforçou a importância da vacinação para evitar agravamento da doença – Foto: Jardes Lopes

O deputado e médico infectologista Jenilson Leite (PSB) esteve durante esta quarta-feira (19) na Unidade de Referência em Atenção Primária (Urap) Cláudia Vitorino, no bairro Taquari, onde realizou consultas médicas aos pacientes que buscam a unidade referência para pacientes com síndrome gripal, em Rio Branco.

Com o aumento dos casos de Covid-19 e gripe no Acre, o parlamentar decidiu reforçar o time de profissionais de saúde que atendem na Urap. Com funcionamento das 7h da manhã até as 22h, lá é possível realizar exame para detecção de Covid-19 e em caso de resultadoo positivo, consultar-se com médicos e receber a medicação necessária para realizar o tratamento em casa.

“Nós estamos percebendo que há uma crescente elevação dos casos de doenças respiratóris e hoje observamos que a cada 10 pessoas que fazem o teste rápido para Covid-19, cerca de 8 testam positivo, isso significa que daquelas pessoas que estão por aí nas suas casas achando que estão com gripe, há uma possibilidade muito grande de a maioria estar com Covid”, alerta Jenilson.

Leia Também:  Apostando na renovação política, Jacson Queiroz é um dos nomes mais forte na disputa por uma cadeira de vereador em Cruzeiro do Sul

O médico destacou ainda que as pessoas que testam positivo para Covid-19 e estão com o esquema vacinal completo, apresentam sintomas leves com poucas chances de evolução da doença para sua forma mais grave. “Aquelas que estão vacinadas, elas evoluem com sintomas leves, sem inflamação do pulmão e sem necessidade de oxigênio ou internação. Apenas as pessoas que tem uma dose ou nenhuma, estão em situações mais graves. Temos visto ainda que as pessoas falam que nas suas casas tem outras pessoas que também estão com os mesmos sintomas e elas também devem fazer o exame e, em caso de positivo, fazer o tratamento para Covid-19”, observou.

Após apresentar sintomas junto com o filho, Vanusa Batista buscou a unidade de Saúde que fica na entrada do bairro Taquari, no Segundo Distrito da Capital, para que pudessem fazer o teste e os dois tiveram resultado positivo. Eles foram atendidos por Jenilson Leite e seguiram para casa, onde vão começar o tratamento e o isolamento necessário para evitar a disseminação da doença.

Leia Também:  Governo envia equipamentos para obras de saneamento em Santa Rosa do Purus

“Fui atendida pelo Dr Jenilson após testarmos positivo e fomos muito bem atendidos. Ele nos passou toda a medicação, já pegamos os remédios e agora vamos fazer o tratamento”, concluiu Vanusa.

Oliria Sousa, gestora da Urap Cláudia Vitorino, disse que a unidade dispõe de “três médicos, cinco salas de coleta e seis de registro, além da farmácia. O Dr Jenilson tem nos dado uma grande apoio com os atendimentos, sempre que chamamos ele vem nos ajudar e ajudar a população nesse momento tão difícil, só temos a agradecer”, disse Sousa.

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

POLÍTICA

POLÍCIA

EDUCAÇÃO

CONCURSO

ESPORTE

MAIS LIDAS DA SEMANA