RIO BRANCO

Tudo sobre Política

“Gladson tem que explicar para onde foram desviados os R$ 800 milhões”, diz Perpétua sobre operação

Publicados

Tudo sobre Política

Veja o Vídeo:

A deputada federal Perpétua Almeida (PCdoB-AC) usou a tribuna da Câmara dos Deputados nesta quinta-feira, 16, para lamentar o escândalo envolvendo o Governo do Acre que estaria, segundo as investigações, envolvido em crimes de corrupção e lavagem de dinheiro, desvio de recursos públicos e ocultação da destinação de valores.

“O Acre amanheceu triste e decepcionado ao se ver, vergonhosamente, em todas as páginas da grande mídia nacional. Lamentavelmente, nos envergonhamos porque se trata de um grande escândalo, talvez um dos maiores escândalos de corrupção de toda a história do Acre”.

Perpétua destacou que o governador Gladson Cameli precisa esclarecer as acusações que a Justiça está investigando.

“É muito importante que o governador venha a público e esclareça. R$ 800 milhões, quase 1 R$ bilhão, é muito dinheiro que resolveria a vida de gente pobre no Acre. Já se comentava em todas as esquinas de Rio Branco, que havia um esquema de corrupção dentro do governo. Mas não se imaginava que o esquema de corrupção subiria as escadarias do Palácio Rio Branco e chegaria no coração do governo, no governador Gladson Cameli”, disse.

Leia Também:  Jair Bolsonaro prejudica até os aliados do agronegócio

E acrescenta: “É quase R$ 1 bilhão que saiu da Educação, da Saúde, da Cesta Básica, do Aluguel Social, e foi parar no bolso de gente. O governador estaria envolvido nesse esquema de corrupção? Eu não sei, isso é a Justiça que está apurando. Mas o povo quer saber para onde foram R$ 800 milhões”.

Veja o Vídeo:

E Veja Também no 3 de Julho Notícias

Veja o Vídeo Abaixo: A Assembleia Legislativa do Estado do Acre tem se preocupado em proporcionar mais dignidade para a população acreana, aprovou a lei 3.795 de 27 de outubro de 2021 que trata da obrigatoriedade de incluir os absorventes aos itens de higiene das Unidades de ensino e disponibilizar, gratuitamente , nos banheiros das Escolas públicas Estaduais.

Acompanhe nossas Redes Sociais

Twitter: 3 de Julho Notícias

Youtube: 3 de Julho Notícias Vídeos

Página Facebook: 3 de Julho Notíci

Página do Instagram: 3 de Julho Noticias

Veja o Vídeo:

Veja o Vídeo Abaixo: Em consonância com a Lei Nº 3.7757, de 13 de julho de 2021, a Assembleia Legislativa do Estado do Acre traz uma campanha de conscientização “Dezembro Verde”, há toda a população com relação aos animas, principalmente os que estão em situação de rua, pois os pets são o símbolo de amor ao próximo e o melhor amigo do homem, então ame-o!!

Leia Também:  Contratado pelo One FC, Mikinho é baixa em evento de MMA no Acre

Veja o Vídeo:

Veja-se no  Twitter 3 de Julho Notícias, seja membro e compartilhe

Veja-se no  Youtube 3 de Julho Notícias Vídeos, seja membro e compartilhe.

Veja-se na  Página Facebook 3 de Julho Notíci, seja membro e compartilhe.

Veja-se na  Página do Instagram 3 de Julho Noticias, seja membro e compartilhe.

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

Tudo sobre Política

Deputado Jenilson e Sindmed se reúnem com equipe da Sesacre para tratar sobre exames de imagens que estão com demandas reprimidas

Publicados

em

O deputado Jenilson Leite (PSB) e o presidente interino do Sindicato dos Médicos do Acre, Dr. Gilson Lima, estiveram reunidos com a secretária adjunta Adriana Lobão e com a equipe da regulação, para tratar sobre a situação dos exames de imagens no estado.

Exames como ressonância magnética, os pacientes estão esperando até sete meses para serem chamados para realizar, sendo que antes eram resolvidos em até sete dias.

Pacientes que estão há meses na fila de espera por algum tipo de exame procuraram o parlamentar para terem informação de quando o serviço poderia voltar. Hoje, a secretaria de saúde do Acre tem uma demanda reprimida de exames de mais de 9 mil pacientes esperando na fila. Sendo 4.253 para ressonância magnética, 1.556 para tomografía, 2.069 para ultrassonografia, 108 para cintilografia, 425 para densitometria, 31 litotripsia, 17 para arteriografia e 823 eletroneuromiografia.

Além dos problemas com os exames de imagens, o Dr. Gilson relatou outros problemas que vem acontecendo na saúde, “Estamos também com problema de profissionais, exemplo disso é no município de Tarauacá, onde o médico plantonista tem que sair do seu plantão para levar um paciente para outro município, além da falta de médicos em Brasiléia”, falou.

Leia Também:  Bolsonaro diz que desempregados deveriam virar patrões para verem o que é "barra pesada"

“Após recebermos ligações e mensagens de pacientes que esperam na fila por algum exame de imagem, estivemos na secretaria de saúde para saber os motivos da demora na realização desses exames, sabemos que muitas pessoas estão com dores nas suas casas e não tem condições de pagar uma consulta particular, dependendo 100% do SUS”, disse Jenilson.

Segundo apurado pelo parlamentar, o centro de realização de imagens, onde são realizados os exames, a unidade tem capacidade instalada para atender grandes demandas, mas só pode realizar se a central de regulação estadual agendar esses pacientes, isso se dá por força de contrato. Temos ainda a informação de que tem cobertura contratual que assegura a possibilidade de zerar as filas. O gargalo está na reduzida equipe no complexo de regulação estadual para regular e agendar os exames.

A Sesacre se comprometeu a realizar uma força tarefa interna para criar mutirões e dar celeridade as filas desses exames.

“É preciso uma grande força tarefa do Estado para acabar com a fila de exames, além de ter que fazer investimento na área da tecnologia, onde o paciente teria na palma da mão todo seu prontuário médico e saberia sua localização na fila, pois hoje todas as informações dos pacientes estão em papéis e não sabem qual é sua posição na fila”, finalizou o deputado.

Leia Também:  DPU recomendou que Tião Bocalom pare de disseminar fake news e discurso de ódio sobre musical com Papai Noel gay

E Veja Também no 3 de Julho Notícias

Veja o Vídeo Abaixo: Em meio a maior crise do sistema de transporte coletivo dos últimos tempos, a população de Rio Branco vive um dilema e acorda todo dia sem saber se terá ônibus passando em sua região. O prefeito Tião Bocalom tentou amenizar o problema repassando R$ 2 milhões e quatrocentos mil para as empresas quitar os débitos com empregados, acordo não cumprido e que foi um dos motivos para a intervenção no setor.

Acompanhe nossas Redes Sociais

Twitter: 3 de Julho Notícias

Youtube: 3 de Julho Notícias Vídeos

Página Facebook: 3 de Julho Notíci

Página do Instagram: 3 de Julho Noticias

Veja o Vídeo:

Veja o Vídeo:

Veja-se no  Twitter 3 de Julho Notícias, seja membro e compartilhe

Veja-se no  Youtube 3 de Julho Notícias Vídeos, seja membro e compartilhe.

Veja-se na  Página Facebook 3 de Julho Notíci, seja membro e compartilhe.

Veja-se na  Página do Instagram 3 de Julho Noticias, seja membro e compartilhe.

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

POLÍTICA

POLÍCIA

EDUCAÇÃO

CONCURSO

ESPORTE

MAIS LIDAS DA SEMANA