RIO BRANCO

Política

Exclusivo: Pupilos de Marcio Bittar custarão ao erário público mais de meio milhão de reais por ano

Filho, irmão e sobrinho compõem o núcleo familiar que o senador apadrinhou em cargos bem-remunerados, tanto no governo estadual quanto em seu gabinete, em Brasília.

Publicados

Política

Filho, irmão e sobrinho compõem o núcleo familiar que o senador apadrinhou em cargos bem-remunerados, tanto no governo estadual quanto em seu gabinete, em Brasília.

O senador eleito pelo MDB do Acre, Marcio Bittar, é um homem que dá muito valor à família – sobretudo à sua própria. E a prova está na decisão de reservar aos parentes os melhores cargos no serviço público. 

Assim que assumiu o mandato, Bittar tratou de nomear o sobrinho, Felipe Espinosa de Oliveira, como assessor parlamentar, referência SF02, com rendimento mensal de R$ 17.319,31. Nada mal para quem nem mesmo reside no Acre, e só costuma aparecer por aqui em período de campanha eleitoral.

Antes de acomodar o sobrinho, Marcio já havia garantido para o filho, João Paulo Bittar, de 26 anos, a chefia de um departamento do Instituto de Assistência e Inclusão Social da administração pública estadual. Salário: R$ 10,5 mil.

O fiel escudeiro do senador do MDB, Edson Martins Siqueira, irmão de criação do parlamentar, e que por isso faz questão de se apresentar como Edson Bittar, também foi beneficiado por um cargo de fazer inveja a inúmeros correligionários de Gladson Cameli. Guindado ao posto número 2 do Departamento Estadual de Pavimentação e Saneamento (Depasa), ele passou a embolsar R$ 16,2 mil por mês.

Leia Também:  Congresso mantém veto ao reajuste de 6,5% na tabela do IRPF e adia Orçamento

Juntos, os pupilos de Marcio Bittar custarão ao erário público mais de meio milhão de reais por ano (incluindo o décimo terceiro salário, fora o abono de férias) – ou cerca de R$ 572 mil.

Considerando que o rebento de Bittar nunca desempenhou função pública, e que Edson Siqueira, nas últimas décadas, só se ocupou das campanhas eleitorais do irmão, pode-se afirmar que a nomeação de ambos está longe de ter se baseado em critérios técnicos, conforme alardeou o governador durante o período de montagem do seu staff governamental.

Quanto ao sobrinho, Felipe Espinosa – que carrega o sobrenome da esposa do senador –, ele já havia sido contemplado com um cargo quando Bittar assumiu mandato na Câmara Federal, em 2011.

Fonte: ac24horas

COMENTE ABAIXO:

Propaganda

Política

Prefeito Mazinho diz que vem sofrendo perseguição por Wânia Pinheiro, a jornalista que foi filmada escondendo celular da PF

Publicados

em

O prefeito de Sena Madureira, Mazinho Serafim, usou as redes sociais para falar da perseguição que está sofrendo por parte da jornalista Wânia Pinheiro, através de seu site de noticias e a falta de esclarecimento dos motivos que levaram a comunicadora a tentaram atrapalhar as investigações da Policia Federal, sobre isso Wânia não diz nada!

De acordo com o gestor, o site de Wânia Pinheiro postou uma matéria criticando a forma como a coleta de lixo é realizada em Sena Madureira, haja vista que, o referido município não dispõe de um coletor. Infelizmente Sena Madureira é um dos município que não tem aterro sanitário e por esse motivo o Governo Federal não libera mais emenda parlamentar para comprar caminhão coletor de lixo adequado.

Na mesma oportunidade, o prefeito questiona Wânia por não ter explicado por que aparece em um vídeo divulgado pela polícia federal juntamente com a ex-chefe de gabinete do Governador Gladson Cameli, Rosâgela Gama, que inclusive se encontra presa, em que tenta esconder um celular para atrapalhar o trabalho dos agentes federais na operação Ptolomeu, que investiga a quadrilha que desviou R$ 820nmilhões dos cofres do Estado.

Leia Também:  As deputadas Perpétua Almeida e Mara Rocha são homenageadas no quartel da Polícia Militar, em Rio Branco

Veja a publicação abaixo

A Wânia Pinheiro ver problemas em um caminhão de coleta de lixo e não explica o porquê tentou esconder provas para prejudicar o trabalho da Policia Federal

Meus amigos! Hoje saiu uma matéria no site Contilnet, de propriedade da senhora WÂNIA PINHEIRO, criticando a forma que a coleta de lixo é realizada em nosso município, visto que temos apenas caminhão caçamba para realizar este tipo de trabalho, pois o Governo Federal não libera mais emenda parlamentar para comprar caminhão coletor de lixo adequado, para cidades que NÃO POSSUEM ATERRO SANITÁRIO, que é o caso de Sena Madureira. Haja vista que a única cidade do Estado que está apta a obter esse recurso, é a capital, Rio Branco, por possuir Aterro Sanitário.

Por ser minha adversária política, ela ver problema em tudo que diz respeito a nossa gestão. Mas até hoje não explicou porque aparece em um vídeo divulgado pela polícia federal juntamente com a ex-chefe de gabinete do Governador Gladson Cameli, ROSÂNGELA GAMA, que inclusive se ENCONTRA PRESA, em que tenta ESCONDER UM CELULAR para atrapalhar o trabalho dos agentes federais na operação Ptolomeu, que investiga a QUADRILHA QUE DESVIOU 820 MILHÕES dos cofres do Estado.

Leia Também:  Deputado estadual Daniel Zen é mais um dos casos confirmado com o coronavírus no Acre

É fácil criticar o trabalho dos outros, mas ela precisa ter o mínimo de decência e falar sobre essa sua ação vergonhosa, pois tentou fazer com que a Polícia Federal não chegasse a quem desviou o dinheiro do povo. Use seu portal para dar uma explicação a população dona WÂNIA PINHEIRO, o povo do Acre não é cego, todos viram a baixaria que a senhora tentou fazer.

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

POLÍTICA

POLÍCIA

EDUCAÇÃO

CONCURSO

ESPORTE

MAIS LIDAS DA SEMANA