RIO BRANCO

Tudo sobre Política

Empresa de SP fará o gerenciamento de mais de R$ 1,4 milhão que serão gastos com combustível na Zeladoria da capital

Publicados

Tudo sobre Política

Neste primeiro dia útil do ano de 2022, o secretário Municipal de Zeladoria de Rio Branco, Joabe Lira, publicou no Diário Oficial do Estado (DOE), um extrato de contrato com a empresa Prime Consultoria e Assessoria Empresarial LTDA.

A empresa contratada, de Santana de Parnaíba, interior do estado de São Paulo, fará o gerenciamento de R$ 1.425.663,60, que serão gastos com diesel S10, diesel comum e gasolina.

A secretaria comprou 8.520 litros de gasolina comum, ao preço de R$ 60.492,00; 203.280 litros de diesel comum, ao preço de R$ 1.246.106,40; e 19.020 litros de diesel S10, ao preço de R$ 119.065,20.

Em simples matemática, conclui-se que o preço por cada litro de gasolina é de R$ 7,10 (sete reais e dez centavos). Por cada litro de diesel comum foi pago R$ 6,13 (seis reais e treze centavos). Já o litro de S10 foi pago o valor de R$6.26 (seis reais e vinte e seis centavos). Pela lei, a administração pública tem o dever de licitar e pagar o menor preço praticado no mercado.

O que mais chamou atenção, além do volume de dinheiro investido em combustível, é a ausência de especificação da destinação ou finalidade do combustível, na contratação: “cujo objeto é Contratação de serviços de gerenciamento no abastecimento da frota de veículos e máquinas, abastecimento este por meio de sistema eletrônico, com a utilização de cartões magnéticos e, ou microprocessador (chip), de aceitabilidade nos postos de combustíveis, credenciados, por conta do fornecimento diante da necessidade de consumo, de: gasolina comum, óleo diesel comum e óleo diesel S-10), atendendo as necessidades da Secretária Municipal de Zeladoria da Cidade – SMZC”, diz o extrato da publicação.

Leia Também:  Galvez estreia na Copinha 2016 contra o São Bernardo-SP neste domingo

A publicação não menciona especificadamente a finalidade do combustível, e nem justifica o desempenho operacional compatível e alinhado com o volume de litros adquiridos.

Um servidor do setor de transportes, que preferiu não se identificar, afirmou à reportagem que a Zeladoria possui menos de dez veículos próprios ativos, e que este volume de litros adquiridos seria para abastecer outros veículos de terceiros, em outros contratos de locação.

“A Zeladoria não tem frota própria, maioria dos veículos e equipamentos estão sucateados e estacionados nos fundos da Zeladoria, aguardando manutenção”, disse.

Fonte: Folha do Acre

E Veja Também no 3 de Julho Notícias

Veja o Vídeo Abaixo: O ex-deputado federal, Sibá Machado, gravou um vídeo polêmico onde fez um desabafo contra o presidente da República, Jair Bolsonaro, o Juiz Sérgio Moro e o governador do Acre, Gladson Cameli. Sibá não perdeu a oportunidade de alfinetar o gestor em se tratando do escândalo de corrupção no qual para a Polícia Federal, Cameli é tido como o chefe de uma organização Criminosa que desviou quase R$ 1 bilhão de reais dos cofres públicos do Estado.

Leia Também:  Justiça condena ex-prefeito de Marechal por improbidade. Randson teve bens bloqueados e terá que ressarcir município em 200 mil

Acompanhe nossas Redes Sociais

Twitter: 3 de Julho Notícias

Youtube: 3 de Julho Notícias Vídeos

Página Facebook: 3 de Julho Notíci

Página do Instagram: 3 de Julho Noticias

Veja o Vídeo:

Veja-se no  Twitter 3 de Julho Notícias, seja membro e compartilhe

Veja-se no  Youtube 3 de Julho Notícias Vídeos, seja membro e compartilhe.

Veja-se na  Página Facebook 3 de Julho Notíci, seja membro e compartilhe.

Veja-se na  Página do Instagram 3 de Julho Noticias, seja membro e compartilhe.

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

Tudo sobre Política

Jenilson Leite realiza consultas médicas na Urap Claúdia Vitorino: “A cada 10 testes para Covid, 8 são positivos”

Publicados

em

Deputado e médico, Jenilson reforçou a importância da vacinação para evitar agravamento da doença – Foto: Jardes Lopes

O deputado e médico infectologista Jenilson Leite (PSB) esteve durante esta quarta-feira (19) na Unidade de Referência em Atenção Primária (Urap) Cláudia Vitorino, no bairro Taquari, onde realizou consultas médicas aos pacientes que buscam a unidade referência para pacientes com síndrome gripal, em Rio Branco.

Com o aumento dos casos de Covid-19 e gripe no Acre, o parlamentar decidiu reforçar o time de profissionais de saúde que atendem na Urap. Com funcionamento das 7h da manhã até as 22h, lá é possível realizar exame para detecção de Covid-19 e em caso de resultadoo positivo, consultar-se com médicos e receber a medicação necessária para realizar o tratamento em casa.

“Nós estamos percebendo que há uma crescente elevação dos casos de doenças respiratóris e hoje observamos que a cada 10 pessoas que fazem o teste rápido para Covid-19, cerca de 8 testam positivo, isso significa que daquelas pessoas que estão por aí nas suas casas achando que estão com gripe, há uma possibilidade muito grande de a maioria estar com Covid”, alerta Jenilson.

Leia Também:  Manifestantes pedem saída de Temer em protesto na Avenida Paulista

O médico destacou ainda que as pessoas que testam positivo para Covid-19 e estão com o esquema vacinal completo, apresentam sintomas leves com poucas chances de evolução da doença para sua forma mais grave. “Aquelas que estão vacinadas, elas evoluem com sintomas leves, sem inflamação do pulmão e sem necessidade de oxigênio ou internação. Apenas as pessoas que tem uma dose ou nenhuma, estão em situações mais graves. Temos visto ainda que as pessoas falam que nas suas casas tem outras pessoas que também estão com os mesmos sintomas e elas também devem fazer o exame e, em caso de positivo, fazer o tratamento para Covid-19”, observou.

Após apresentar sintomas junto com o filho, Vanusa Batista buscou a unidade de Saúde que fica na entrada do bairro Taquari, no Segundo Distrito da Capital, para que pudessem fazer o teste e os dois tiveram resultado positivo. Eles foram atendidos por Jenilson Leite e seguiram para casa, onde vão começar o tratamento e o isolamento necessário para evitar a disseminação da doença.

Leia Também:  Larga escala de milhões de bombons: Governo Bolsonaro pagou R$ 9 milhões em bombons a empresa cuja sede fica em casa, no Paraná

“Fui atendida pelo Dr Jenilson após testarmos positivo e fomos muito bem atendidos. Ele nos passou toda a medicação, já pegamos os remédios e agora vamos fazer o tratamento”, concluiu Vanusa.

Oliria Sousa, gestora da Urap Cláudia Vitorino, disse que a unidade dispõe de “três médicos, cinco salas de coleta e seis de registro, além da farmácia. O Dr Jenilson tem nos dado uma grande apoio com os atendimentos, sempre que chamamos ele vem nos ajudar e ajudar a população nesse momento tão difícil, só temos a agradecer”, disse Sousa.

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

POLÍTICA

POLÍCIA

EDUCAÇÃO

CONCURSO

ESPORTE

MAIS LIDAS DA SEMANA