RIO BRANCO

Tudo sobre Política

Direitos dos consumidores: Deputado Federal Leo de Brito trava cruzada contra aumentos na tarifa de energia elétrica

Publicados

Tudo sobre Política

Os constantes aumentos no valor da tarifa de energia elétrica e a baixa qualidade na prestação de serviços prestado pela distribuidora de energia que atua no Acre motivaram o deputado federal Leo de Brito a travar o que ele classifica como uma cruzada pela defesa dos direitos dos consumidores acreanos.

“Estou numa verdadeira cruzada contra esse aumento absurdo da tarifa de energia elétrica. O Acre sentiu, neste último mês, um aumento grande na conta de energia que chegou em setembro. Tenho feito audiências públicas, convocado ministros e agora entrei com três medidas, na Câmara do Deputados, para que seja investigado tanto o processo de privatização da Eletrobras, quanto a atual crise hídrica que o país está vivendo e que o governo federal tem responsabilidades”, declarou.

Leo de Brito ressaltou que a precariedade na prestação dos serviços executados pela distribuidora de energia elétrica no Acre também devem ser explicados. “Na última sexta-feira, [24], quando aconteceu um temporal, muitas pessoas passaram mais de 24h sem energia elétrica em suas casas, em seus comércios. Precisamos mobilizar o parlamento brasileiro para chamar a atenção do governo federal com relação a esse verdadeiro abandono que passam os brasileiros”, afirmou.  

Proposições querem explicações

As três proposições apresentadas pelo parlamentar na Câmara dos Deputados, tramitam na Comissão de Fiscalização Financeira e Controle (CFFC).

Leia Também:  No Vale-tudo da oposição, Coronel Ulysses arrasa Gladson Cameli e seu grupo

A primeira é para apurar irregularidades na cobrança da tarifa de energia elétrica, com apoio do Tribunal de Contas da União (TCU), a CFFC da Câmara deverá averiguar se houve eventuais irregularidades na Consulta Pública 48/2021, da Agência Nacional e Energia Elétrica (ANEEL), que tratou do contrato de desestatização da Eletrobras.

A segunda proposta apresentada pelo deputado federal acreano solicita que sejam apurados, junto ao Ministério de Minas e Energia (MME) e ao Conselho Nacional de Política Energética (CNPE), detalhamento sobre os cálculos e a metodologia utilizada para definir o valor final repassado, por meio da conta de energia elétrica, aos consumidores.

A terceira preposição requer à CFFC, com apoio do TCU, fiscalização sobre as causas da atual crise energética pela qual passa o país, assim como sobre as medidas adotadas pelo governo para resolver o problema.

“Essa crise energética não prejudica a todos. O preço de referência da energia elétrica de curto prazo saltou de 40 reais megawatt/hora em junho de 2020, para 583 megawatt/hora neste ano. Ou seja, quem tem energia para vender está ganhando muito dinheiro. É preciso averiguar se de fato foi apenas falta de planejamento ou há uma deliberada intenção de manter o sistema elétrico em uma condição de escassez tal que permita a maximização dos lucros dos agentes privados do setor quem tem energia para vender”, conclui Leo de Brito.

Leia Também:  Prefeitura de Cruzeiro do Sul dá inicio a ornamentação natalina. Vilas serão contempladas neste ano

E Veja Também no 3 de Julho Notícias

Veja o Vídeo Abaixo: Durante o seu pronunciamento na tribuna da Câmara de Vereadores de Brasileia, a vereadora Neiva Badotti questionou a gestão e a prefeita Fernanda Hassem sobre o Recurso do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (Fundeb). De acordo com a parlamentar, em 2019 o município recebeu do governo federal R$ 500.000,00 (quinhentos mil reais) há mais do que os valores de costume, já em 2020 para 2021 até o mês de agosto o município de Brasileia recebeu R$ 2.000.000,00 (dois milhões de reais) a mais do que o anos de 2019, ou seja mesmo com a pandemia os recursos não diminuíram, muito pelo contrário, só aumentaram.

Acompanhe nossas Redes Sociais

Twitter 3 de Julho Notícias

Youtube 3 de Julho Notícias Vídeos

Página Facebook 3 de Julho Notíci

Página do Instagram 3 de Julho Noticias

Veja o Vídeo:

Veja-se no  Twitter 3 de Julho Notícias, seja membro e compartilhe

Veja-se no  Youtube 3 de Julho Notícias Vídeos, seja membro e compartilhe.

Veja-se na  Página Facebook 3 de Julho Notíci, seja membro e compartilhe.

Veja-se na  Página do Instagram 3 de Julho Noticias, seja membro e compartilhe.

COMENTE ABAIXO:

Propaganda

Tudo sobre Política

Vídeo: Empresário de Epitaciolândia Everton Soares deixa a política por obediência a Deus e a seus pais

Publicados

em

Everton se emociona durante pronunciamento de sua saída do meio político para se dedicar a Deus e a família – Foto: Alexandre Lima / oaltoacre

Oaltoacre – O jovem empresário do município de Epitaciolândia que se destacou no último pleito eleitoral, chamou a equipe do jornal oaltoacre em sua casa nesta semana, para fazer um pronunciamento aos munícipes.

O administrador de empresas Everton Soares, ficou em segundo lugar faltando pouco mais de 600 votos para se eleito prefeito por Epitaciolândia em sua primeira candidatura, mas, acredita que recebeu uma mensagem que essa não seria o caminho a ser seguido.

Muitos acreditavam que Everton seria um nome forte para o pleito de 2022, concorrendo a uma cadeira estadual ou federal e esperavam esse pronunciamento em breve, podendo ser um dos mais votados pela regional do Alto Acre.

Everton é de família tradicional e disse que, sem o apoio familiar, já estava com uma ‘derrota’ por não seguir os conselhos de seus pais na época, para não entrar na política. Mas, também acredita que foi uma experiência por acreditar que seria uma forma de agradecer tudo que o município lhes proporcionou.

Leia Também:  Deputada Perpétua Almeida quer que Moro instale um Centro de Inteligência no Acre para monitor a segurança pública

“Ainda quero acreditar na política, mas estou parando por aqui. Fui tocado pelo Espírito Santo que deveria abandonar e continuar minha vida normal. Da mesma forma que entrei, saio de mãos limpas e cabeça erguida”, disse.

Everton confirmou que está abandonando a vida pública para fica do lado da família e de Deus a partir de agora. Pede perdão caso tenha ferido alguém e que todos respeitem sua decisão a partir de agora.

Ao mesmo tempo, desabava com lágrimas por ter visto uma desigualdade social muito grande. Pede que as pessoas vejam em quem estará votando, pois, serão eles que vão cuidar do povo que precisam demais atenção por parte da política, tanto local, quanto nacional.

Agradece a confiança de quem esteve ao seu lado e àqueles que sequer o conhecia, mas acreditou no projeto político. “Recebi abraços de pessoas humildes, mensagens de fora do estado que viram em mim, uma ascensão política na minha região. Obrigado aos epitaciolandenses, povo do Acre e do Brasil, fiquem com Deus!”, finalizou.

Veja vídeo.

E Veja Também no 3 de Julho Notícias

Veja o Vídeo Abaixo: Vereadora Neiva Badotti solicita do secretário de Ação Social providências sobre as crianças Haitianos que fica na ponte todo os dias pedindo dinheiro, e que o Poder Público proporcione dignidade para essas crianças. Neiva solicita também que seja encaminhado um oficio para a gerente do hospital para saber se chegou algum saco funerário doado pela prefeitura, comprado com o dinheiro do covid, e que solicita que seja agendado novamente a reunião com a secretaria de segurança pública do estado, para se tratar sobre o IML, pois a mais de 20 anos o problema se arrasta e até o momento nada foi resolvido.

Leia Também:  Denúncia contra Serra não sai no Jornal Nacional

Acompanhe nossas Redes Sociais

Twitter 3 de Julho Notícias

Youtube 3 de Julho Notícias Vídeos

Página Facebook 3 de Julho Notíci

Página do Instagram 3 de Julho Noticias

Veja o Vídeo:

Veja-se no  Twitter 3 de Julho Notícias, seja membro e compartilhe

Veja-se no  Youtube 3 de Julho Notícias Vídeos, seja membro e compartilhe.

Veja-se na  Página Facebook 3 de Julho Notíci, seja membro e compartilhe.

Veja-se na  Página do Instagram 3 de Julho Noticias, seja membro e compartilhe

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

POLÍTICA

POLÍCIA

EDUCAÇÃO

CONCURSO

ESPORTE

MAIS LIDAS DA SEMANA