RIO BRANCO

Tudo sobre Política

Deputado Jenilson Leite propõe audiência pública para tratar sobre a Casa de Apoio Souza Araújo

Publicados

Tudo sobre Política


Em sessão virtual da Assembleia Legislativa do Acre nesta terça-feira (18), o deputado estadual Jenilson Leite, apresentou um requerimento para a realização de Audiência Pública com a Secretaria Estadual de Saúde para discutir sobre o Convênio que disponibiliza repasse mensal a Casa de Apoio Souza Araújo, onde são tratados pacientes com hanseníase e outros ferimentos.

“Esse é um pedido de socorro da Casa de Apoio Souza Araújo, eles estão passando por uma extrema dificuldade. Estão tendo dificuldade de manutenção, pela falta de convênio com o Governo do Acre”, disse o parlamentar. Jenilson ainda lembrou que não é a primeira vez que debate esse assunto na Aleac. “Já tratamos desse assunto na legislatura anterior e ontem tivemos conhecimento novamente, precisamos que esse problema seja resolvido”.

A Comunidade Souza Araújo é administrada pela Diocese de Rio Branco, mas a manutenção é, na prática, custeada pelo Estado. O local é uma grande unidade de saúde para pacientes em tratamento da Hanseníase e outros ferimentos na pele, mas funciona como suporte básico. Oferece atendimento médico e de enfermagem, além da acolhida para quem mora no local.

Leia Também:  Best Fighter de Jiu-jítsu: inscrições estão abertas até este domingo

“Os responsáveis da casa é a Igreja Católica, mas não está tendo condições de fazer a manutenção sem esse convênio com o Estado e também de ter os serviços de atendimento na casa”, disse Jenilson.

Ao finalizar, Jenilson que também é médico ressaltou que a comunidade presta um serviço público a sociedade, “A casa presta um papel de saúde pública fundamental para esses pacientes”.

E veja Neste Plantão do 3 de Julho Notícias

No vídeo, a farmacêutica afirmou que a vereador Neiva faltou com a verdade quando disse que o medicamento vencido que ela portava era da farmácia, a profissional afirmou também que tratava-se de lotes diferente do da farmácia e com validade também diferente e que portanto não era o lote da farmácia e que não era o medicamento deles. Ainda no vídeo, a farmacêutica afirmou que solicitou direito de resposta na câmara e que havia registrado boletim de ocorrência por conta desta situação.

Acompanhe nossas Redes Sociais

Twitter 3 de Julho Notícias

Youtube 3 de Julho Notícias Vídeos

Página Facebook 3 de Julho Notíci

Veja o Vídeo: 

Inscreva-se no Twitter 3 de Julho Notícias, seja membro e compartilhe.

Inscreva-se no Youtube 3 de Julho Notícias Vídeos, seja membro e compartilhe.

Inscreva-se na Página Facebook 3 de Julho Notíci, seja membro e compartilhe.

COMENTE ABAIXO:

Propaganda

Tudo sobre Política

Jenilson Leite conclui agenda no Pará na Embrapa da Amazônia Oriental em busca da expansão da produção de açaí no Acre

Publicados

em

Nesta segunda-feira (6), o deputado estadual Jenilson Leite ( PSB) e a comitiva acreana de parlamentares, prefeito, secretários, vereadores e técnicos agrícolas que foram ao Estado do Pará com o objetivo de conhecer a cadeia produtiva e a indústria de açaí, concluíram a agenda com uma reunião com os pesquisadores da Embrapa da Amazônia Oriental. Ainda nesta segunda-feira, parte da comitiva esteve mais uma vez no Banco da Amazônia para discutir as linhas de créditos disponíveis para investir na produção em solo acreano.

Para o deputado Jenilson Leite, que articulou a ida da comitiva ao Pará, a ideia é desenvolver no Acre o mesmo modelo de cultiváveis do açaí, observando as peculiares do nosso estado, mas para isso é preciso do apoio da Embrapa e do Basa. ” Concluímos nossa agenda buscando apoio técnico e financeiro para investir na produção de açaí no Acre. Com o apoio do Basa e da Embrapa da Amazônia Oriental, os produtores paraenses conseguiram transformar o estado no maior produtor de açaí do Brasil. Alguns produtores trocaram a criação bovina e passaram a investir no plantio de açaí. O resultado tem sido positivo, gerando milhares de emprego, criação de mais de 300 indústrias e cinco bilhões reais por ano no PIB do estado, somente com a venda do fruto”, afirma Leite.

Na sede da Embrapa, a comitiva foi recebida pelos pesquisadores João Tomé de Farias Neto e Márcia Mota Maués, e o chefe geral da Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária, Walkymário Lemos.

Leia Também:  Best Fighter de Jiu-jítsu: inscrições estão abertas até este domingo

Na palestra à comitiva, o pesquisador João Tomé, destacou a importância de fazer a confecção de mudas, adubação, espaçamento , polinização e o manejo da cultura da fruta como um todo. ” Não tenho dúvidas que neste evento todo mundo ganhou , porque foi uma troca de ideia entre o pesquisador e várias pessoas que são produtores de açaí. Para que realmente comece a dar certo é preciso que seja bem planejado, ou seja, implementar essas cultiváveis com sucesso”, destacou. Ele também enfatiza que para o Estado do Para, ” o açaí é a segunda cultura mais importante da Amazônia , depois da mandioca. Isso é uma alternativa econômica viável para o pequeno, médio e grande produtor, seja do Pará, seja do Acre”.

No tocante a produção do açaí, o pesquisador destaca que o estado produz em média 60 milhões de toneladas anualmente. ” Essa quantidade representa um volume bastante expressivo, porque totaliza quase 93% do fruto do açaí produzido na região da Amazônia. Se a gente transformar a produção em poupa para vender no estado e para exportações, chegamos a cifra de bilhões que o açaí promove na economia. Isso é mais importante do que toda a cadeia produtiva do cacau no Brasil”, destaca.

A pesquisadora Márcia Maués lembrou da importância de conversar áreas de florestas naturais no entorno dos plantios de açaí. ” Nós estamos estudando as interações plantas polinizadoras do açaí. E vimos que ele atrai uma mega diversidade de insetos florais, com destaque para as abelhas nativas com ferrão e sem ferrão. E para que ocorra a produção do fruto é muito importante que essas abelhas estejam presentes nas áreas cultiváveis e elas vem das florestas naturais, no entorno da plantação. Por isso, é importante conversar as florestas, porque sem abelhas não temos produção”.

Leia Também:  Com pequenos negócios, governo beneficia mais 21 entidades filiadas à Cades

E Veja Também no 3 de Julho Notícias

Veja o Vídeo Abaixo: Vereador diz que o prefeito Kiefer Cavalcante paga mais de 5 mil para dono de empresa que faz faculdade em Rio Branco – Vereador Ronaldo Reis de Feijó, gravou um vídeo onde fez graves denúncias contra a atual gestão do prefeito Kiefer Cavalcante a quem acusa de perseguição política e possível pagamentos irregulares em sua gestão. De acordo com o vereador, o prefeito demitiu a sua esposa só aconteceu depois que trouxe a tona um pagamento supostas irregularidades o que confirma a perseguição política que vem sofrendo por parte do gestor.

Acompanhe nossas Redes Sociais

Twitter: 3 de Julho Notícias

Youtube: 3 de Julho Notícias Vídeos

Página Facebook: 3 de Julho Notíci

Página do Instagram: 3 de Julho Noticias

Veja o Vídeo:

Veja-se no  Twitter 3 de Julho Notícias, seja membro e compartilhe

Veja-se no  Youtube 3 de Julho Notícias Vídeos, seja membro e compartilhe.

Veja-se na  Página Facebook 3 de Julho Notíci, seja membro e compartilhe.

Veja-se na  Página do Instagram 3 de Julho Noticias, seja membro e compartilhe.

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

POLÍTICA

POLÍCIA

EDUCAÇÃO

CONCURSO

ESPORTE

MAIS LIDAS DA SEMANA