Tudo sobre Política

Definidos os últimos classificados para nova fase.

Definidos os últimos classificados para nova fase do Copão Comunitário

Publicados

Tudo sobre Política

Definidos os últimos classificados para nova fase do Copão Comunitário

A Secretaria Municipal de Esporte e Lazer (SEMEL) realiza esta semana, em dia  a ser definida, uma reunião com os representantes das 14 equipes classificadas para a próxima do Copão Comunitário –a etapa inter-regional, cujos jogos ocorrerão no Estádio José de Melo. As finais estão previstas para acontecer no Estádio Arena da Floresta.

Na rodada do final de semana, o Vitória sagrou-se campeão da Regional 3 ao vencer o Montanhês por 5 a 4.  O Laélia Alcântara também classificou-se ao ganhar do Conjunto Esperança I e II pelo placar de 3 a 2, e Vila Acre fez dois gols no time da Vila Jerusalém na disputa para definir o campeão da Regional 7.  Os jogos acontecerão sábado e domingo , nos campos do José de Melo, Calafate e Bacu.

A Secretaria Municipal de Esporte e Lazer (SEMEL)

A Secretaria Municipal de Esporte e Lazer (SEMEL)

Fonte-ecos da notícias

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  PT lança Marcos Fernando como candidato a prefeito de Epitaciolândia; Antônia Lima é vice

Propaganda
Clique para comentar

Você precisa estar logado para postar um comentário Login

Tudo sobre Política

Com emenda do deputado Leo de Brito, MPAC reforça ações de enfrentamento à violência de gênero

Publicados

em

Apoio ao combate à violência de gênero e, nas ações de atenção às vítimas desse tipo de violência, também são prioridades do mandato do deputado federal Leo de Brito (PT-AC). Nesta segunda-feira, 23, o parlamentar esteve no Ministério Público do Acre (MPAC) para acompanhar a implementação dos recursos de emenda destinados pelo seu mandato ao órgão.

Os recursos, na ordem de R$ 600 mil, estão sendo utilizados para melhorias na estruturação do Centro de Atendimento à Vítima (CAV) e do Núcleo de Apoio e Atendimento Psicossocial (Natera).

“Estou muito feliz com essa parceria que estamos fazendo do nosso mandato com o Ministério Público. Feliz por saber que esses recursos, que nós encaminhamos para o MP, estão sendo muito bem investidos em ações que chegam às pessoas, principalmente aquelas que são vítimas e precisam de assistência adequada. Estamos levantando essa temática importante do combate às violências de gênero, principalmente o feminicídio. Uma situação tão nefasta que temos, infelizmente, no Acre, sendo crescente desde 2018”, declarou o parlamentar.

Leo de Brito frisou ainda que o Ministério Público do Acre tem dado bom exemplo nas ações de enfrentamento aos crimes de gênero e está sendo replicado em outros Estados. “Além disso, estamos aqui chamando a atenção do país para a realização de uma audiência pública que vamos realizar nesta terça-feira, 24, na Câmara dos Deputados sobre o feminicídio e também discutir o Estatuto das Vítimas, que hoje está sendo feita no Congresso Nacional”, acrescentou o deputado.

Leia Também:  Sem alarde da imprensa, Maria Antônia já está no seu quarto mandato de deputada estadual

O procurador-geral de Justiça do MPAC, Danilo Lovisaro, agradeceu a parceria do parlamentar petista com o órgão. Lovisaro recordou da época que Leo de Brito foi acadêmico do curso de Direito da Universidade Federal do Acre (UFAC) e que hoje, ambos são colegas sendo professores do quadro de docentes do curso de Direito da universidade.

“Ele é muito sensível às causas do MP, em especial essa causa que é o nosso Centro de Atendimento à Vítima e nosso Núcleo de Atenção Terapêutica, órgão auxiliar do Ministério Público que exerce um papel relevante no que diz respeito à acolhida das vítimas e também à pesquisa e estudos relacionados ao fenômeno da violência, sobretudo no recorte da violência relacionada ao feminicídio. O deputado Leo contribui de forma muito importante com o Observatório com emenda parlamentar para a implementação de forma efetiva desse observatório e nós somos muito agradecidos por isso”, afirmou o procurador-geral.

A coordenadora do CAV, procuradora de Justiça Patrícia Rego, também destacou a satisfaço em receber o apoio do mandato de Leo de Brito por meio de emenda parlamentar diante da demanda existente no Estado.

Leia Também:  Goleiro Hebert fala que empate foi bom para Andirá, mas "faltou capricho"

A coordenadora destacou que o Acre, atualmente, está no primeiro lugar do ranking de crimes de feminicídio.

“Nós moramos num Estado que ostenta índices de violência contra a mulher altíssimos. Violência sexual, violência doméstica e feminicídio. O Acre é o lugar menos seguro para uma mulher viver no Brasil, o país que está no quinto lugar dos que mais matam mulheres. Nossa média de morte de mulheres por feminicídio é bem maior que a média nacional. Isso já acontece há quatro anos. O deputado Leo alocar emendas do seu mandato a uma estratégia de enfrentamento de violência contra a mulher, especificamente com relação ao feminicídio, para nós, é motivo de felicidade e, aliás, é um exemplo que deve ser seguido”, disse Patrícia Rego.

A coordenadora explicou que o Observatório da Violência já existe e a emenda vem para aportar as tecnologias que vão melhorar o desempenho para realizar um trabalho de excelência. Há ainda o aporte para aquisição de veículos que vão auxiliar no apoio ao trabalho realizado pelo órgão.

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

POLÍTICA

POLÍCIA

EDUCAÇÃO

CONCURSO

ESPORTE

MAIS LIDAS DA SEMANA