RIO BRANCO

Tudo sobre Política

Cruzeiro do Sul: A expressão popular se torna tema de outra campanha de vacinação feita pelo município e atrai população local

Publicados

Tudo sobre Política

A partir do ditado popular “botar no 12”, Cruzeiro do Sul convocou a população e seguiu vacinando contra a covid-19. O município da região do Juruá – que largou na frente ao vacinar profissionais de educação e pessoas na faixa etária dos 40 anos – mais uma vez é um dos primeiros do país a vacinar, pessoas entre 35 e 39 anos.

Neste sábado, dia 19, a prefeitura de Cruzeiro do Sul, através da secretária municipal de saúde, lançou a campanha: “Botando no 12 – 12 horas seguidas de vacinação contra covid-19”. O mutirão de vacinação aconteceu na praça central e reuniu uma multidão de cruzeirenses cheios de esperança na imunização contra o coronavírus.

Laceildo Ribeiro, uma das pessoas vacinadas, comentou sobre a ação da prefeitura: “A vacina é a única esperança que a gente tem. Eu fico muito feliz de ver que moramos em uma cidade onde a gestão faz tudo que pode para vacinar de forma rápida a população”. E seguiu: “Vacina não é uma questão política, é uma questão de vida”, disse o munícipe.

Leia Também:  Governadores do Nordeste pedem liberdade de Lula e afastamento de Moro e procuradores

O secretário municipal de saúde, Agnaldo Lima, se mostrou satisfeito com a procura por vacina: “Não existe prioridade maior para nosso prefeito e para toda gestão, do que vacinar nossa gente. Fico muito feliz de ver que estamos conseguindo imunizar muita gente. Mas ainda falta muita coisa”. E continuou: “Nos próximos dias lançaremos mais campanhas como essa, não vamos descansar enquanto toda nossa população não estiver imunizada”, disse Agnaldo.

Zequinha Lima, prefeito de Cruzeiro do Sul, também falou da campanha do “Botar no 12”: “Nosso maior foco é a vida, e vacina é o caminho para tudo que queremos. Sonhamos com uma cidade mais forte economicamente, mais desenvolvida, que possa voltar a ter alegria, a fazer festa e a abraçar sem medo. E tudo isso só vai ser possível com a vacina”, disse o gestor.

A campanha de Cruzeiro do sul “botando no 12” , vacinou ao todo 3.123 pessoas entre 35 e 39 anos, a atividade começou meio-dia de sábado, 19, e terminou meia-noite – totalizando 12 horas de vacinação – envolveu mais de 100 profissionais. Os números são oficiais e foram divulgados pela secretaria de saúde do município logo após o encerramento da ação.

Leia Também:  Jornal Afirma Que Brasileirão 2014 Terá 24 Times E Fase De Mata-Mata

E veja também no 3 de Julho Notícias

Veja o Vídeo Abaixo: Seringal urbano – Localizado no bairro Seis de Agosto, região central de Rio Branco, o Parque Capitão Ciríaco é o único seringal urbano do mundo. Pertenceu ao capitão Ciríaco Joaquim de Almeida, que esteve envolvido no movimento político conhecido como Revolução Acreana (1899 – 1903). Por seu valor histórico e ambiental, o espaço foi transformado em atração turística de Rio Branco em agosto de 1994. 

Acompanhe nossas Redes Sociais

Twitter 3 de Julho Notícias

Youtube 3 de Julho Notícias Vídeos

Página Facebook 3 de Julho Notíci

Veja o Vídeo:

Inscreva-se no Twitter 3 de Julho Notícias, seja membro e compartilhe.

Inscreva-se no Youtube 3 de Julho Notícias Vídeos, seja membro e compartilhe.

Inscreva-se na Página Facebook 3 de Julho Notíci, seja membro e compartilhe.

COMENTE ABAIXO:

Propaganda

Tudo sobre Política

Jenilson Leite conclui agenda no Pará na Embrapa da Amazônia Oriental em busca da expansão da produção de açaí no Acre

Publicados

em

Nesta segunda-feira (6), o deputado estadual Jenilson Leite ( PSB) e a comitiva acreana de parlamentares, prefeito, secretários, vereadores e técnicos agrícolas que foram ao Estado do Pará com o objetivo de conhecer a cadeia produtiva e a indústria de açaí, concluíram a agenda com uma reunião com os pesquisadores da Embrapa da Amazônia Oriental. Ainda nesta segunda-feira, parte da comitiva esteve mais uma vez no Banco da Amazônia para discutir as linhas de créditos disponíveis para investir na produção em solo acreano.

Para o deputado Jenilson Leite, que articulou a ida da comitiva ao Pará, a ideia é desenvolver no Acre o mesmo modelo de cultiváveis do açaí, observando as peculiares do nosso estado, mas para isso é preciso do apoio da Embrapa e do Basa. ” Concluímos nossa agenda buscando apoio técnico e financeiro para investir na produção de açaí no Acre. Com o apoio do Basa e da Embrapa da Amazônia Oriental, os produtores paraenses conseguiram transformar o estado no maior produtor de açaí do Brasil. Alguns produtores trocaram a criação bovina e passaram a investir no plantio de açaí. O resultado tem sido positivo, gerando milhares de emprego, criação de mais de 300 indústrias e cinco bilhões reais por ano no PIB do estado, somente com a venda do fruto”, afirma Leite.

Na sede da Embrapa, a comitiva foi recebida pelos pesquisadores João Tomé de Farias Neto e Márcia Mota Maués, e o chefe geral da Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária, Walkymário Lemos.

Leia Também:  sétima rodada do campeonato do estadio do sinezão km 26

Na palestra à comitiva, o pesquisador João Tomé, destacou a importância de fazer a confecção de mudas, adubação, espaçamento , polinização e o manejo da cultura da fruta como um todo. ” Não tenho dúvidas que neste evento todo mundo ganhou , porque foi uma troca de ideia entre o pesquisador e várias pessoas que são produtores de açaí. Para que realmente comece a dar certo é preciso que seja bem planejado, ou seja, implementar essas cultiváveis com sucesso”, destacou. Ele também enfatiza que para o Estado do Para, ” o açaí é a segunda cultura mais importante da Amazônia , depois da mandioca. Isso é uma alternativa econômica viável para o pequeno, médio e grande produtor, seja do Pará, seja do Acre”.

No tocante a produção do açaí, o pesquisador destaca que o estado produz em média 60 milhões de toneladas anualmente. ” Essa quantidade representa um volume bastante expressivo, porque totaliza quase 93% do fruto do açaí produzido na região da Amazônia. Se a gente transformar a produção em poupa para vender no estado e para exportações, chegamos a cifra de bilhões que o açaí promove na economia. Isso é mais importante do que toda a cadeia produtiva do cacau no Brasil”, destaca.

A pesquisadora Márcia Maués lembrou da importância de conversar áreas de florestas naturais no entorno dos plantios de açaí. ” Nós estamos estudando as interações plantas polinizadoras do açaí. E vimos que ele atrai uma mega diversidade de insetos florais, com destaque para as abelhas nativas com ferrão e sem ferrão. E para que ocorra a produção do fruto é muito importante que essas abelhas estejam presentes nas áreas cultiváveis e elas vem das florestas naturais, no entorno da plantação. Por isso, é importante conversar as florestas, porque sem abelhas não temos produção”.

Leia Também:  Jornal Afirma Que Brasileirão 2014 Terá 24 Times E Fase De Mata-Mata

E Veja Também no 3 de Julho Notícias

Veja o Vídeo Abaixo: Vereador diz que o prefeito Kiefer Cavalcante paga mais de 5 mil para dono de empresa que faz faculdade em Rio Branco – Vereador Ronaldo Reis de Feijó, gravou um vídeo onde fez graves denúncias contra a atual gestão do prefeito Kiefer Cavalcante a quem acusa de perseguição política e possível pagamentos irregulares em sua gestão. De acordo com o vereador, o prefeito demitiu a sua esposa só aconteceu depois que trouxe a tona um pagamento supostas irregularidades o que confirma a perseguição política que vem sofrendo por parte do gestor.

Acompanhe nossas Redes Sociais

Twitter: 3 de Julho Notícias

Youtube: 3 de Julho Notícias Vídeos

Página Facebook: 3 de Julho Notíci

Página do Instagram: 3 de Julho Noticias

Veja o Vídeo:

Veja-se no  Twitter 3 de Julho Notícias, seja membro e compartilhe

Veja-se no  Youtube 3 de Julho Notícias Vídeos, seja membro e compartilhe.

Veja-se na  Página Facebook 3 de Julho Notíci, seja membro e compartilhe.

Veja-se na  Página do Instagram 3 de Julho Noticias, seja membro e compartilhe.

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

POLÍTICA

POLÍCIA

EDUCAÇÃO

CONCURSO

ESPORTE

MAIS LIDAS DA SEMANA