RIO BRANCO

Tudo sobre Política

Contratado pelo One FC, Mikinho é baixa em evento de MMA no Acre

Combat, que será em 30 de novembro em Rio Branco, capital acreana, tem novas lutas e mudanças no card.

Publicados

Tudo sobre Política

Combat, que será em 30 de novembro em Rio Branco, capital acreana, tem novas lutas e mudanças no card.

Ronny Markes e Renan Barão serão convidados vips no WAR Fight Combat (Foto: Divulgação/WAR)

Ronny Markes e Renan Barão serão convidados vips no WAR Fight Combat (Foto: Divulgação/WAR)

A organização do WAR Fight Combat, um dos eventos de MMA mais aguardados do Acre no fim de 2013, divulgou nesta sexta-feira (1º) mudanças no card. Duas novas lutas foram incluídas e o Acre agora será representado por cinco atletas no evento. Ao todo, serão 11 lutas.

A principal baixa é a saída do lutador Adriano Miquinho, que acertou com o One FC, maior evento da Ásia, e fará sua estreia no próximo dia 15, na Malásia, contra o japonês Shinichi “BJ” Kojima. Mikinho enfrentaria Maiko Silva, da Nova União, do Amazonas.

Segundo Walyson Oliveira, um dos organizadores, os duelos médios entre Netinho (Peteleco/AC) x Valdemar Sampaio (WL Nova União/AM) e Dinart Júnior (Kimura Nova União) x Aldo Paraguaio foram incluídos no card. Além disso, três lutadores foram cortados por lesão.

Leia Também:  Governo entrega mais de R$ 2 milhões para produção rural do Juruá

– Não vamos mais ter a luta entre Adson Sales e Índio, de Rondônia, além também da ausência do Weliton Almeida. Os três estão machucados e decidimos tirá-los – explicou.

O evento, que será realizado no dia 30 de novembro, no ginásio do Sesi, em Rio Branco, vai contar com a presença vip do campeão da categoria peso-galo do UFC, Renan Barão, e do peso-médio brasileiro Ronny Markes, também do UFC.

CARD COMPLETO
Peso Médio (84kg) – Neto (Peteleco) x Valdemar Sampaio (WL Nova União/AM)
Peso Médio (80kg) – Dinart Júnior (Kimura Nova União) x Aldo Paraguaio
Meio médio (70,5 a 77,1kg) – Ronsilno Carvalho (MPJJ NU/AM) x Fábio Bolinho (Kimura Nova União/RN)
Pena (61,4 a 65,8kg) – Edigley Honorato (BTT/RN) x Wemerson Araújo (Riva Fight Acre)
Leve (66 a 70,3kg) – Guilherme Cavet (Base MMA/RJ) x Luiz Fernando (Ciprianos Team/RO)
Leve (66 a 70,3kg) – Adriano Oliveira (Coliseu Team Nogueira/MT) x Fabiam (UP Fight/Argentina)
Leve (66 a 70,3kg) – João Paulo Almeida (Riva Fight Acre) x Bruno Azevedo (UP Fight/Portugal)
Leve (66 a 70,3kg) – Ilianovit Chalo (MPJJ/Venezuela) x Marcos Souza (Riva Fight Acre)
Leve (66 a 70,3kg) – Deroci Barbosa (Riva Fight Acre) x Jesus Ocampos (Ocampos Team)

Leia Também:  Temer admitiu levar investigados na Lava Jato para compor seu governo

Galo (56,9 a 61,2kg) – Maikon Silva (Nova União/AM) x Adversário a definir
Leve (66 a 70,3kg) – Adversário a definir x Rander Junior (Constrictor/DF)

Por Rio Branco, G1-AC

COMENTE ABAIXO:

Propaganda
Clique para comentar

Você precisa estar logado para postar um comentário Login

Tudo sobre Política

Jenilson Leite realiza consultas médicas na Urap Claúdia Vitorino: “A cada 10 testes para Covid, 8 são positivos”

Publicados

em

Deputado e médico, Jenilson reforçou a importância da vacinação para evitar agravamento da doença – Foto: Jardes Lopes

O deputado e médico infectologista Jenilson Leite (PSB) esteve durante esta quarta-feira (19) na Unidade de Referência em Atenção Primária (Urap) Cláudia Vitorino, no bairro Taquari, onde realizou consultas médicas aos pacientes que buscam a unidade referência para pacientes com síndrome gripal, em Rio Branco.

Com o aumento dos casos de Covid-19 e gripe no Acre, o parlamentar decidiu reforçar o time de profissionais de saúde que atendem na Urap. Com funcionamento das 7h da manhã até as 22h, lá é possível realizar exame para detecção de Covid-19 e em caso de resultadoo positivo, consultar-se com médicos e receber a medicação necessária para realizar o tratamento em casa.

“Nós estamos percebendo que há uma crescente elevação dos casos de doenças respiratóris e hoje observamos que a cada 10 pessoas que fazem o teste rápido para Covid-19, cerca de 8 testam positivo, isso significa que daquelas pessoas que estão por aí nas suas casas achando que estão com gripe, há uma possibilidade muito grande de a maioria estar com Covid”, alerta Jenilson.

Leia Também:  AMAC realiza assembleia para a escolha do novo Conselho Diretor. Bocalom é o presidente e Fernanda Hassem a Vice-presidente

O médico destacou ainda que as pessoas que testam positivo para Covid-19 e estão com o esquema vacinal completo, apresentam sintomas leves com poucas chances de evolução da doença para sua forma mais grave. “Aquelas que estão vacinadas, elas evoluem com sintomas leves, sem inflamação do pulmão e sem necessidade de oxigênio ou internação. Apenas as pessoas que tem uma dose ou nenhuma, estão em situações mais graves. Temos visto ainda que as pessoas falam que nas suas casas tem outras pessoas que também estão com os mesmos sintomas e elas também devem fazer o exame e, em caso de positivo, fazer o tratamento para Covid-19”, observou.

Após apresentar sintomas junto com o filho, Vanusa Batista buscou a unidade de Saúde que fica na entrada do bairro Taquari, no Segundo Distrito da Capital, para que pudessem fazer o teste e os dois tiveram resultado positivo. Eles foram atendidos por Jenilson Leite e seguiram para casa, onde vão começar o tratamento e o isolamento necessário para evitar a disseminação da doença.

Leia Também:  Município de Senador Guiomard é condenado a pagar verbas rescisórias a professora demitida durante gravidez

“Fui atendida pelo Dr Jenilson após testarmos positivo e fomos muito bem atendidos. Ele nos passou toda a medicação, já pegamos os remédios e agora vamos fazer o tratamento”, concluiu Vanusa.

Oliria Sousa, gestora da Urap Cláudia Vitorino, disse que a unidade dispõe de “três médicos, cinco salas de coleta e seis de registro, além da farmácia. O Dr Jenilson tem nos dado uma grande apoio com os atendimentos, sempre que chamamos ele vem nos ajudar e ajudar a população nesse momento tão difícil, só temos a agradecer”, disse Sousa.

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

POLÍTICA

POLÍCIA

EDUCAÇÃO

CONCURSO

ESPORTE

MAIS LIDAS DA SEMANA