RIO BRANCO

Tudo sobre Política

Comentário homofóbico: Bolsonaro diz que ivermectina ‘mata bichas’ e dá gargalhada durante entrevista em vídeo exibido na CPI

Publicados

Tudo sobre Política

A CPI da Covid exibiu hoje um vídeo em que o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) faz um comentário homofóbico ao defender o tratamento precoce contra a covid-19, que não tem eficácia comprovada. Ao falar sobre uso dos remédios para o tratamento da doença, o mandatário riu e, de forma preconceituosa, disse que a “ivermectina mata bicha”. Com Informações do UOL, em São Paulo

A gravação é do dia 21 de julho, quando Bolsonaro deu uma entrevista à Rádio Jovem Pan de Itapetininga (SP), e está disponível na página dele no Facebook (veja abaixo, no minuto 42 do vídeo).

Na entrevista, Bolsonaro diz que ele e outros funcionários da Presidência tomaram cloroquina e “ninguém foi a óbito”. Ele foi diagnosticado com a covid-19 em julho do ano passado.

Em outubro de 2020, a OMS (Organização Mundial da Saúde) rejeitou de forma conclusiva e, em dezembro, contraindicou “fortemente” a utilização do medicamento.

Na sequência, o entrevistador diz que ele e outros profissionais que trabalham na rádio tomaram ivermectina e “ninguém pegou covid”. Bolsonaro, então, responde, gargalhando:

Cuidado que a ivermectina mata bichas, hein? Toma cuidado, hein?.

Em fevereiro deste ano, a farmacêutica norte-americana MSD (Merck Sharp and Dohme), que produz a ivermectina (mas não vende o produto no Brasil), afirmou que ainda não há evidências de que o medicamento traga benefícios ou seja eficaz no tratamento da covid-19.

Leia Também:  Governo realiza obras de ampliação da rede de água da Vila Campinas

CPI ouve diretor de farmacêutica.

A CPI da Covid ouve hoje o executivo Jailton Batista, representante da Vitamedic, empresa que obteve crescimento exponencial nas vendas de medicamentos relacionados ao chamado kit covid.

O kit é um conjunto de remédios, como cloroquina e ivermectina, que não tem efeito contra a covid e que é defendido pelo presidente como alternativa de enfrentamento à pandemia do coronavírus.

O debate sobre o incentivo do governo federal a fármacos sem eficácia no combate à covid é um dos pontos de interesse da CPI da Covid, no Senado, que investiga se houve erros do Ministério da Saúde, por ação ou omissão, durante a pandemia.

“Tem alguma restrição na bula da ivermectina contra a utilização por homossexual, bicha, como falou o Presidente da República?”, questionou o relator da comissão, senador Renan Calheiros (MDB-AL). O executivo respondeu que “absolutamente não”.

Veja o Vídeo:

E veja também no 3 de Julho Notícias

Veja o Vídeo Abaixo: O município de Bujari se Limita ao norte com o Amazonas, ao sul com o município de Rio Branco, a leste com o município de Porto Acre e a oeste com o município de Sena Madureira. Sua área é de 3.467,681 km², com uma densidade demográfica (hab/km²) de 3,00 , sendo que em 2010 possuía um IDHM de 0,589.

Leia Também:  Deputado anti-LGBT renuncia após ser flagrado em ralação homossexual em seu gabinete

O município de Bujari originou-se no início de 1968/1969, por remanescentes indígenas que se integraram a sociedade ali instalada, com a construção da BR 364, trecho Rio Branco/Sena Madureira. Povoado elevado à categoria de Vila, em 1986. Elevado à categoria de município e distrito com a denominação de Bujari, pela Lei Estadual nº 1031, de 28 de abril de 1992, alterado pela Lei Estadual nº 1066, de 9 de dezembro de 1992, que o desmembrou de Rio Branco, assim permanecendo em divisão territorial datada de 2007.

Acompanhe nossas Redes Sociais

Twitter 3 de Julho Notícias

Youtube 3 de Julho Notícias Vídeos

Página Facebook 3 de Julho Notíci

Veja o Vídeo:

Inscreva-se no Twitter 3 de Julho Notícias, seja membro e compartilhe.

Inscreva-se no Youtube 3 de Julho Notícias Vídeos, seja membro e compartilhe.

Inscreva-se na Página Facebook 3 de Julho Notíci, seja membro e compartilhe.

COMENTE ABAIXO:

Propaganda

Tudo sobre Política

Gladson Cameli está prestes a perder emenda de R$ 2 milhões destinado por Mara Rocha para construção de centro de apoio aos deficientes visuais por falta de empenho de Secretaria de Educação

Publicados

em

Ainda em 2019, a Deputada Mara Rocha se reuniu com representantes dos Deficientes Visuais e assumiu o compromisso de indicar emenda para Construção de um Centro de Apoio aos Deficientes Visuais, ligado à Secretaria de Estado da Educação.

Em cumprimento ao seu compromisso, Mara Rocha apresentou a emenda 40380013, no valor de R$ 2 milhões, junto ao FNDE, tendo como beneficiária a Secretária de Educação do Governo do Estado, Estes valores foram disponibilizados no começo de 2020, para que o Governo apresentasse o projeto e cumprisse as exigências para liberação dos recursos. E o processo não teve maiores mudanças no período.

Preocupada com a demora, a parlamentar buscou auxílio junto à Secretaria de Governo, na tentativa de agilizar os trâmites do projeto e foi informada que o projeto está parado por falta de atendimento, por parte do governo do Estado, das diligências pedidas pelo FNDE.

“A ideia sempre foi de construirmos um projeto, em conjunto com a Secretaria de Educação e representantes das pessoas com deficiência para que o Acre tivesse um centro de atendimento aos deficientes visuais. Infelizmente soube hoje que a emenda está paralisada e sequer foi gerado o termo de compromisso para começo das obras porque o Governo do Estado não respondeu aos pedidos feitos pelo FNDE”, informou a parlamentar.

Leia Também:  Deputado Jenilson Leite homenageia padre com título de cidadão acreano e concede moção de aplausos ao músico Diouro pelos trinta anos de carreira

Isso é algo que me deixa muito frustrada, pois esse Centro foi um compromisso firmado pelo antigo Secretário de Educação com os deficientes visuais e comigo. Estamos falando de R$ 2 milhões que o Governo do Estado, através da sua Secretaria de Educação, está abrindo mão. Não posso acreditar que essa atitude seja motivada por questões políticas, pois isso seria um desrespeito aos deficientes, que sonham com esse Centro. É inadmissível que a Secretaria de Educação não consiga responder às diligências solicitadas. A verdade é que há chances reais de perdermos essa emenda”, finalizou Mara Rocha.

E Veja Também no 3 de Julho Notícias

Veja o Vídeo Abaixo: Vereadora Neiva Badotti – “Não me manda recado, mais! Este tipo de recado é de quem deve, é de quem está com medo, eu vou continuar fiscalizando, denunciando doa a quem doer. Eu tenho certeza que essas denuncias não vão passar despercebidas, eu confio plenamente no Poder Judiciário na Policia Federal que não vão usar dois pesos e duas medidas para ninguém. Ninguém está acima da Lei, nem a senhora prefeita, nem o Governo do Estado e nem o presidente da República interfere na PF, não me mande mais recado!!”, concluiu a parlamentar.

Leia Também:  Prefeito do Bujari, Romualdo Araújo, fala do primeiro óbito por conta da Covid-19 no município

Acompanhe nossas Redes Sociais

Twitter 3 de Julho Notícias

Youtube 3 de Julho Notícias Vídeos

Página Facebook 3 de Julho Notíci

Página do Instagram 3 de Julho Noticias

Veja o Vídeo:

Veja-se no  Twitter 3 de Julho Notícias, seja membro e compartilhe

Veja-se no  Youtube 3 de Julho Notícias Vídeos, seja membro e compartilhe.

Veja-se na  Página Facebook 3 de Julho Notíci, seja membro e compartilhe.

Veja-se na  Página do Instagram 3 de Julho Noticias, seja membro e compartilhe

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

POLÍTICA

POLÍCIA

EDUCAÇÃO

CONCURSO

ESPORTE

MAIS LIDAS DA SEMANA