Tudo sobre Política

Atlético do Acre goleia Alto Acre por 5 a 2 e divide liderança

Com gols de Ciel (3) e Eduardo (2), Galo Carijó derrotou o time da fronteira

Publicados

Tudo sobre Política

Com gols de Ciel (3) e Eduardo (2), Galo Carijó derrotou o time da fronteira por 5 a 2 neste domingo, no Florestão, pelo Campeonato Acreano

Um treino de luxo para o Atlético-AC. Assim pode ser definida a vitória do Galo Carijó por 5 a 2 em cima do Alto Acre neste domingo (15), no estádio Antônio Aquino, o Florestão, em Rio Branco. O jogo foi válido pelo Campeonato Acreano 2015. Os gols do triunfo celeste foram assinalados por Ciel (3) e Eduardo (2).

Com a vitória, o Atlético chegou aos seis pontos e divide a liderança do estadual com o Galvez. O Papagaio estreou com derrota na competição. As duas equipes voltam a jogar na quarta-feira (18), a partir das 18h (local), na Arena da Floresta. O Alto Acre pega o Plácido de Castro e o Atlético encara o Galvez.

Muito fácil

Estreante, o Alto Acre mostrou fragilidade. O Atlético aproveitou para garantir os três pontos logo no primeiro tempo. Ciel abriu o marcador aos 7 minutos de bola rolando. O meia arriscou de longe e com a ajuda do goleiro Renê balançou a rede. Eduardo ampliou aos 27, com oportunismo. E Ciel fez o terceiro, de cabeça, aos 44.

Leia Também:  Acreano: com gol a 2 minutos do fim, Náuas empata com Galvez na estreia

Na etapa final, mesmo com a chuva, o time comandado por Ismael Gomes manteve o ritmo. Eduardo invadiu pela esquerda e chutou cruzado para fazer o quarto. Aos 13, Ciel, o artilheiro musical do jogo, marcou o seu terceiro e o quinto do Galo. O Papagaio descontou com Mauro, de pênalti, e Jô: 5 a 2.

Ciel (à direita) marcou três gols a favor do time celeste (Foto: João Paulo Maia)

Ciel (à direita) marcou três gols a favor do time celeste (Foto: João Paulo Maia)

Por 

COMENTE ABAIXO:

Propaganda

Tudo sobre Política

Na Fieac, Dr. Jenilson se reúne com representantes da indústria e apresenta propostas para o Senado

Publicados

em

O candidato ao Senado, Dr Jenilson Leite (PSB), se reuniu com representantes das indústrias do Acre e com membros da diretoria da Federação das Indústrias do Acre (Fieac), na tarde desta quinta-feira (11), para apresentar suas propostas e ouvir as demandas de um dos mais importantes setores da economia acreana.

Para o candidato, investir em setores que possam tirar o Acre da dependência de repasses públicos é a solução para o desenvolvimento.

“Nós precisamos encontrar saídas econômicas para além das rotinas de repasses federais. Hoje a nossa agricultura e pecuária representam, juntos, apenas 8% do nosso PIB, indústria 7% e comércio 13% , a saída hoje é estimular o crescimento desses setores ou vamos seguir nessa ciranda de um limite prudencial do estado estourado e sem poder gerar expectativa de trabalho para nossa população e ao meu ver precisamos ter políticos que lá em Brasília lutem por isso, pelo crescimento do comércio, da indústria, da pecuária, da agricultura e os demais setores”.

As estradas são um dos principais entraves para o desenvolvimento econômico do Acre, de acordo com a visão dos empresários que afirmaram que os setores estão carentes de incentivos fiscais e esbarram constantemente em burocracias que intimidam a expansão dos negócios.

Leia Também:  Prefeitura de Marechal Thaumaturgo beneficia 220 famílias de Piscicultores, com entrega de de 300 milheiros de alevinos

Para Jenilson o Senado será o local crucial para alcançar importantes melhorias para o Acre.

“Eu não tenho dúvidas que chegando ao Senado, iremos nos articular para que leis, incentivos e mediar junto ao governo federal, uma série de ações que ao meu ponto de vista são importantes para o estado. Eu tenho uma visão de que uma das principais responsabilidades de um político é trabalhar pelo desenvolvimento do estado nos mais diferentes aspectos. As leis votadas lá são fundamentais por melhorias para nosso estado e país. Algumas decisões federais negligenciaram nosso estado em alguns aspectos, e um deles é a infraestrutura, sobretudo as BRs”, afirma.

Além do Dr. Jenilson, participaram da reunião lideranças do PSB, José Afonso Boaventura, presidente do SINDGRAF, Augusto Nepomucena, Presidente do SINDMOVEIS; Márcio Agiolfi presidente do SINDICER; José Luiz, presidente SINPAL; Carlos Afonso presidente SINCON; Francisco Agacis Presidente SINDISORVETES e Jorge Afonso Tomás, Edival Diniz, Antônio Leonidas, Denise Pinho e João Albuquengi, membros da diretoria da Fieac.

Leia Também:  Vereadores de Rio Branco assinam manifesto em apoio a Servas de Maria

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

POLÍTICA

POLÍCIA

EDUCAÇÃO

CONCURSO

ESPORTE

MAIS LIDAS DA SEMANA