RIO BRANCO

Tudo sobre Política

Após 6 morte no Acre, secretário de segurança do governo Gladson comenta: ‘fenômeno atípico’

Secretário de Segurança diz que crimes fogem à regra de execuções. Seis pessoas foram mortas de forma violenta neste final de semana.

Publicados

Tudo sobre Política

Secretário de Segurança diz que crimes fogem à regra de execuções. Seis pessoas foram mortas de forma violenta neste final de semana.

O final de semana foi marcado por mortes violentas no Acre. Seis homicídios foram registrados entre o sábado (14) e o domingo (15). Três mortes foram registradas na capital acreana, Rio Branco, outras três no interior do estado.

O secretário de Segurança Pública do Acre, Paulo Cezar Santos, disse, na manhã desta segunda-feira (16), que estes crimes são atípicos e que a segurança deve mudar as estratégias para tentar coibir estas ações.

“Estamos observando no mês de setembro um fenômeno atípico em relação aos crimes de homicídio que não era mais comum no estado do Acre. São crimes que estão ocorrendo em ambiente familiar, em bares, ou seja, de pessoas que têm uma relação social que fogem à regra das execuções que eram prática dos últimos anos”, disse o secretário.

Após o fim de semana com mortes violentas, o secretário disse que é preciso mudar as estratégias da polícia para tentar coibir esse tipo de crime, que ocorre dentro de casa e em bares, no estado.

Leia Também:  Governador do Rio de Janeiro apóia criação de fundo para a segurança pública

“Precisamos mudar o modus operandi. São crimes onde o alcance de prevenção da atividade policial é muito limitada. Temos que definir novas formas de atuação, no sentido de prevenir e evitar tais práticas”, informou.

Delegado

O delegado disse que as diligências estão sendo realizadas no sentido de identificar os autores dos crimes que ocorreram durante o final de semana.

“A Delegacia de Homicídios de Proteção à Pessoa (DHPP) juntamente com a inteligência e todos os órgãos que integram o Sistema de Segurança estão na busca dos autores”, concluiu o secretário. Por Alcinete Gadelha, G1 Acre

COMENTE ABAIXO:

Propaganda

Tudo sobre Política

Ele é um Traíra!! Vereador Jurandir deixa de fazer parte do grupo político da Deputada Maria Antônia e do ex-prefeito Dêda

Publicados

em

A partir desta terça-feira (30), o vereador Jurandir Queiroz deixou de fazer parte do Grupo Político da deputada estadual, Maria Antônia, e do Ex-prefeito Dêda, a decisão foi tomada em conjunto pelos membros que fazem parte deste grupo por reprovar as atitudes de Jurandir enquanto vereador. 

O que a deputada Maria Antônia e o ex-prefeito Dêda prezam é o caráter, o mantimento da palavra, a confiança e o bem coletivo, mas corriqueiramente sofreram grande decepção com aquele que deveria ser o exemplo, pois por algumas vezes na Câmara, o vereador Jurandir mostrou que não é uma pessoa confiável, e que não tem palavra. Devido a parda da confiança, o parlamentar não tem mais nada a tratar com o grupo, inclusive com aquele empresário que fechou sua loja para carregar a campanha de Jurandir nas costas.

Todos são conhecedores que o Casal foi vítima de uma grande traição política por parte da prefeita de Brasileia, Fernanda Hassem, e que depois desta traição política o grupo se apartou da gestão, mas o vereador Jurandir (fazendo parte do grupo traído) permaneceu na base da prefeita defendendo seus próprios interesses; mesmo assim, Dêda e Maria Antônia não interviram e não reprimiram o parlamentar, pois a decisão deveria partir dele e não por meio de pressão.

Leia Também:  Após mandado de prisão contra o pai, filha de Roberto Jefferson xinga e ameaça o Supremo Tribunal Federal

Outrora, o próprio vereador Jurandir (quando era suplente na legislação passada) já foi vítima das pilantragens políticas para as bandas de Brasileia e mesmo assim, por motivo fútil, permaneceu junto daqueles que um dia lhe humilharam. Se o vereador Jurandir fosse esperto saberia que o golpe está aí, cai quem quer.

Mas o posicionamento do vereador Jurandir durante a sessão desta terça, foi a gota d’água. A princípio, Jurandir tinha assinado um documento dando a sua palavra de apoio a uma determinada emenda, mas na calada da noite mudou seu voto, um porta voz do grupo no qual ele fazia parte chegou a pedir que ele mantivesse sua palavra, mas Jurandir não atendeu, mudou o voto e perdeu completamente a confiança daqueles que acreditavam de fato na pessoa dele. Este comportamento é totalmente reprovável pela deputada Maria Antônia e o ex-prefeito Dêda, pois o que o ser humano tem de mais valioso é a palavra, e isso parece que o parlamentar não conhece.

A titulo de informação, o vereador Jurandir está livre para procurar outro grupo político para fazer parte, pois este parlamentar não tem mais compromisso com o grupo do Casal Maria Antônia e Dêda que encontrasse extremamente decepcionados com a falta de postura do parlamentar.

Leia Também:  Deputado Jonas Lima diz que se DR ficar mandando no PT ele sai

Veja o Vídeo:

E Veja Também no 3 de Julho Notícias

Veja o Vídeo Abaixo: Com o intuito de ajudar na manutenção do espaço do Educandário Santa Margarida, que atende crianças de zero a 12 anos de idade, o deputado Leo de Brito está destinando R$ 350 mil, por meio de emenda, à instituição. A emenda será viabilizada por meio de convênio com o Tribunal de Justiça. “O Educandário Santa Margarida é uma instituição que representa a única esperança para crianças que precisam de acolhimento”.

Acompanhe nossas Redes Sociais

Twitter 3 de Julho Notícias

Youtube 3 de Julho Notícias Vídeos

Página Facebook 3 de Julho Notíci

Página do Instagram 3 de Julho Noticias

Veja o Vídeo:

Veja-se no  Twitter 3 de Julho Notícias, seja membro e compartilhe

Veja-se no  Youtube 3 de Julho Notícias Vídeos, seja membro e compartilhe.

Veja-se na  Página Facebook 3 de Julho Notíci, seja membro e compartilhe.

Veja-se na  Página do Instagram 3 de Julho Noticias, seja membro e compartilhe

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

POLÍTICA

POLÍCIA

EDUCAÇÃO

CONCURSO

ESPORTE

MAIS LIDAS DA SEMANA