RIO BRANCO

Tudo sobre Política

Acreano é selecionado voluntário para revezamento da tocha olímpica 2015

Lukas Vieira foi escolhido do estado através de campanha promovida pelo comitê organizador das Olimpíadas do Rio de Janeiro.

Publicados

Tudo sobre Política

Lukas Vieira foi escolhido do estado através de campanha promovida pelo comitê organizador das Olimpíadas do Rio de Janeiro. “Incrível”, comemora o jovem.

 Por Duaine Rodrigues 

Lukas Vieira é estudante de medicina da Universidade Federal do Acre (Ufac) (Foto: Reprodução)

Lukas Vieira é estudante de medicina da Universidade Federal do Acre (Ufac) (Foto: Reprodução)

O estudante de medicina acreano Lukas Vieira de Lima, de 25 anos, é um dos 27 brasileiros voluntários escolhidos pelo comitê organizador das Olimpíadas do Rio de Janeiro 2016, para conduzir a tocha olímpica durante o revezamento, no próximo ano.

A seleção dos voluntários foi feita através de uma campanha promovida pelo Comitê Olímpico Rio 2016. Para concorrer, os interessados tinham que produzir um vídeo falando sobre o desejo de participar do revezamento. O vídeo mais visto de cada estado e do Distrito Federal foi escolhido. Eram cerca de 200 concorrentes em todo o Brasil, segundo Lukas Vieir. O anúncio dos vencedores foi feito na última terça-feira, através da página Voluntários Rio 2016 Oficial, no Facebook.

– É uma ação do comitê organizador das Olimpíadas Rio 2016 para ser voluntário. A seleção começou ano passado, tiveram entrevistas online, teste de línguas estrageiras e dinâmica de grupo. Para o voluntariado foram selecionadas 50 mil pessoas e aí, dentro desses, houve essa promoção que participei, que escolheu um voluntário de cada estado do Brasil para participar do revezamento da tocha. Foram uns 200 participantes e 27 selecionados, um de cada estado e DF – contou o estudante da Universidade Federal do Acre (Ufac).

Leia Também:  Deputado Jenilson pede que governo ponha em discussão o PCCR dos servidores da saúde

Lukas, que é atleta amador e disputa corridas de 10km, meia maratona, além de provas de natação, não escondeu a felicidade pela chance e destacou o orgulho de representar o estado em um evento de abrangência mundial.

– Estou muito feliz, não esperava, mas fiz uma campanha grande na internet, contei com a ajuda de todo mundo que compartilhou. Carregar a tocha olímpica é uma coisa incrível, inexplicável. Nunca mais na minha vida terei outra oportunidade dessas, ainda mais sendo os jogos no Brasil. Muito feliz em poder representar meu estado, que tenho muito orgulho – ressaltou.

A chama olímpica será acesa no dia 21 de abril, na Grécia. No Brasil, o revezamento está programado para iniciar no dia 3 de maio, em Brasília, com duração entre 90 e 100 dias, passando por 83 cidades brasileiras, que serão usadas como base durante o percurso.

Ao todo, a tocha vai passar por 300 cidades do país, nas cinco regiões, até o dia 5 de agosto, quando será acesa na abertura dos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro, no Maracanã. Rio Branco deve ser a 44ª cidade a receber a tocha olímpica. A data específica ainda não foi divulgada. A lista completa do trajeto será divulgada no início de 2016.

Leia Também:  Prefeito Ilderlei Cordeiro participa de Assembleia na AMAC, onde expõe os anseios de Cruzeiro do Sul

Fonte: globoesporte.com

COMENTE ABAIXO:

Propaganda

Tudo sobre Política

Quem é o certo gerente de uma prefeitura do Alto Acre que vende gasolina do seu setor de trabalho comprada com dinheiro público?

Publicados

em

Haja gasolina no setor de trabalho deste funcionário para ele vender e ganhar dinheiro fácil as custas da população – Foto: Marcelo Camargo / Agência Brasil

Um internauta do Alto Acre colocou a boca no trombone na tarde deste domingo (28), e revelou por meio de sua rede social, uma situação que se descoberto pelas autoridades pode resultar em prisão para as bandas da região do Alto Acre.

Em seu story do facebook, o internauta revelou que tem um gerente (possivelmente de Esporte de uma determinada prefeitura) que está comercializando gasolina do seu setor de trabalho, adquirida com recursos públicos e que este gerente está vendendo por apena 5 reais, ou seja, vendendo mais barato do que os próprios Postos de Combustível justamente para não haver concorrência.

A grande dúvida é a quem este internauta estava se referindo. Atenção Ministério Público esta é uma situação muito grave, prática criminosa e os supostos envolvidos precisam ser responsabilizados. Quem é o certo gerente?

Leia Também:  Cruzeiro do Sul inaugura 1ª indústria para produção de óleo de citronela da região Norte

De que prefeitura do Alto Acre ele vende gasolina por 5 reais?? Já que a região do Alto Acre é composta por quatro prefeitura: Xapuri, Epitaciolândia, Brasileia e Assis Brasil. Desta prefeituras qual está com a administração sob suspeita? É hora dos órgão fiscalizadores investigar o que está acontecendo nesta repartições públicas. 

A publicação

Um certo gerente que vende gasolina do seu setor a 5 reais está comemorando pq meu time perdeu kkk. Cuidado que tenho print e fotos das  requisições. Fica na tua  que vc depende de Política, eu não.

E Veja Também no 3 de Julho Notícias

Veja o Vídeo Abaixo: Muitas são as dúvidas, e eu esclareço algumas. Quem tem direito a receber o abono pago com a sobra do recurso do Fundeb, anunciado pelo Governo do Acre? Uma grande manifestação foi realizada durante todo dia pela manhã em frente à casa civil e a tarde na sede da PGE – Procuradoria Geral do Estado.

Acompanhe nossas Redes Sociais

Twitter: 3 de Julho Notícias

Youtube: 3 de Julho Notícias Vídeos

Página Facebook: 3 de Julho Notíci

Página do Instagram: 3 de Julho Noticias

Veja o Vídeo:

Leia Também:  Edvaldo Magalhães ressalta Frente Parlamentar de apoio aos municípios isolados do Acre

Veja-se no  Twitter 3 de Julho Notícias, seja membro e compartilhe

Veja-se no  Youtube 3 de Julho Notícias Vídeos, seja membro e compartilhe.

Veja-se na  Página Facebook 3 de Julho Notíci, seja membro e compartilhe.

Veja-se na  Página do Instagram 3 de Julho Noticias, seja membro e compartilhe

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

POLÍTICA

POLÍCIA

EDUCAÇÃO

CONCURSO

ESPORTE

MAIS LIDAS DA SEMANA