TUDO SOBRE POLÍTICA II

Vídeo: Vereador Jurandir questiona a lisura da obra de reforma da Câmara de Brasileia feita na gestão da Presidente Arlete Amaral, foram gastos mais de R$ 50 mil

Publicados

TUDO SOBRE POLÍTICA II

Presidente da Câmara de Brasileia Arlete Amaral e o Vereador Jurandir Queiroz – Foto: Reprodução Arte Alemão Monteiro

O vereador Jurandir Queiroz, ao fazer o uso da tribuna na sessão desta terça-feira (19) levantou um questionamento que vem sendo bastante falados e questionado a cerca das informações trazidas pelo Portal da Transparência da Câmara referente a reforma feita no início da gestão da Presidente Arlete Amaral.

Em seu pronunciamento, Jurandir indagou a respeito desta obra, pois segundo ele se faz necessário que a presidência da Casa traga as informações a respeito do processo licitatório, empresa prestadora de serviço e qual o valor da referida obra, sobretudo, a vigência deste contrato, pois o povo quer saber e os vereadores precisam responder a esses questionamento quando feito.

Mesmo tendo um processo licitatório envolvido onde a empresa responsável responde pela Rasão Social Construtora Maciel Com. E Rep. LTDA recebeu duas notas que no total corresponde ao valor de R$ 23.910,00 (vinte e três mil novecentos e dez reais), mas além dos gastos com esta empresa, a Câmara de Vereadores gastou mais R$ 26.805,67 (vinte e seis mil oitocentos e cinco reais e sessenta e sete centavos) em material de Construção adquiridos na empresa Ronsy Comercial de Ferragens LTDA.

Gastos estes que precisam de esclarecimento. Como a Câmara contrata uma empresa para realizar determinada obra e a Câmara é quem compra o material necessário para ser aplicado no local? O fato é que se há uma empresa responsável por uma obra, então que providencie os materiais necessários e a mão de obra para que possa entregar a obra concluída conforme deve ser.

Leia Também:  Mourão causa revolta após defender Ustra, um dos maiores torturadores da ditadura

Outro ponto que foi questionado pelo vereador Jurando foi a LOA e PPA onde pela analise feita da receita e despesa percebe-se que a receita aumentou e a despesa diminuiu em virtude da sentença proferida pelo juiz da Vara Cível de Brasileia que impugnou o projeto aprovado pela Câmara que concedia aos vereadores, prefeito e vice-prefeito o 13° salário o que gerada o gasto a mais ao Poder Legislativo.

Na ocasião, o Ministério Público rebateu todas as preliminares levantadas pela Câmara, no mérito, se manifestou pela procedência, por entender terem sido os Projetos votados a tempo, além de que quanto à Lei 002/2020, a discorrer sobre o décimo terceiro salário, está a violar o ordenamento jurídico, mais precisamente o Art. 16 da LC 101/2000, já que a Câmara Municipal não demonstrou ter realizado a estimativa do impacto orçamentário-financeiro nos dois exercícios subsequentes da entrada em vigor (2023/2024), bem como a declaração do ordenador da despesa de que o aumento tem adequação orçamentária financeira com a lei orçamentária anual, com o plano plurianual e com a lei de diretrizes orçamentárias.

Mesmo com a impugnação do Projeto em virtude da sentença judicial, o Orçamento da Câmara ao invés de diminuir fez foi aumentar até o momento sem nenhuma justificativa. Ao abordar sobre este o assunto, os vereadores Rogério Pontes, Elenilson Cruz e Lisandro Jorge se associaram aos questionamento do vereador Jurandir. 

Afinal, se ouve redução nos gastos. Por que a Câmara vai recebeu um repasse acima do que vinha recebendo, nos anos anteriores?

Leia Também:  Boletim de ocorrência: Jornalista Katiussi Melo é demitida e denuncia secretário de Bocalom por assédio; novos casos podem vir à tona

Veja o Vídeo:

Veja a documentação Abaixo:

Juiz impugna aprovação do Projeto de Lei que concederia o 13º salário para vereadores, prefeito e vice-prefeito do Município de Brasileia.

Juiz impugna aprovação do Projeto de Lei que concederia o 13º salário para vereadores, prefeito e vice-prefeito do Município de Brasileia

Documentação:

 

E Veja Também no 3 de Julho Notícias

Veja o Vídeo Abaixo: Vereadora Neiva Badotti solicita do secretário de Ação Social providências sobre as crianças Haitianos que fica na ponte todo os dias pedindo dinheiro, e que o Poder Público proporcione dignidade para essas crianças. Neiva solicita também que seja encaminhado um oficio para a gerente do hospital para saber se chegou algum saco funerário doado pela prefeitura, comprado com o dinheiro do covid, e que solicita que seja agendado novamente a reunião com a secretaria de segurança pública do estado, para se tratar sobre o IML, pois a mais de 20 anos o problema se arrasta e até o momento nada foi resolvido.

Acompanhe nossas Redes Sociais

Twitter 3 de Julho Notícias

Youtube 3 de Julho Notícias Vídeos

Página Facebook 3 de Julho Notíci

Página do Instagram 3 de Julho Noticias

Veja o Vídeo:

Veja-se no  Twitter 3 de Julho Notícias, seja membro e compartilhe

Veja-se no  Youtube 3 de Julho Notícias Vídeos, seja membro e compartilhe.

Veja-se na  Página Facebook 3 de Julho Notíci, seja membro e compartilhe.

Veja-se na  Página do Instagram 3 de Julho Noticias, seja membro e compartilhe

COMENTE ABAIXO:

Propaganda

TUDO SOBRE POLÍTICA II

Prefeitura de Plácido de Castro realiza mega operação de limpeza e pavimentação das ruas no bairro Mutirão II

Publicados

em

A prefeitura do município de Plácido de Castro, preocupada em proporcionar melhor qualidade de vida para a população, realizou uma grande operação de limpeza e pavimentação das ruas do bairro Mutirão II.

Máquinas e caçambas da Secretaria Municipal de Serviços Urbanos – SEMSUR e empresa responsável pela pavimentação asfáltica, tomaram conta das ruas do referido bairro, numa mega operação de limpeza e serviço de infraestrutura.

Trabalhos como: roçagem, recolhimento de entulhos e pavimentação das ruas foram realizaram e deram cara nova para localidade, os moradores ficaram muito satisfeitos com a dedicação e o cuidado da prefeitura do município com a população.

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Prefeitura e ASCONTAC realizam primeiro encontro regional do Conselho Tutelar em Plácido de Castro
Continue lendo

POLÍTICA

POLÍCIA

EDUCAÇÃO

CONCURSO

ESPORTE

MAIS LIDAS DA SEMANA