RIO BRANCO

TUDO SOBRE POLÍTICA II

Vídeo: Gladson Cameli quer cortar R$20 milhões destinados a Produção e vai deixar os pequenos produtores a mercê da própria sorte, nós vamos ter que corrigir isso, diz Edvaldo Magalhães

Publicados

TUDO SOBRE POLÍTICA II

O deputado estadual Edvaldo Magalhães (PCdoB), disse que os deputados estaduais terão a oportunidade de tirar a prova dos 9 e não permitir que o governo cometa esse equívoco na proposta de orçamento para 2022.

O deputado Edvaldo Magalhães (PCdoB) afirmou que o orçamento para a área da produção rural a ser executado em 2022 é R$ 20 milhões menor que o executado este ano.

O parlamentar lamentou o corte feito pelo governo do Estado e adiantou que pretende fazer uma emenda aumentando o valor a ser repassado à agricultura para atender, sobretudo, a agricultura familiar.

“Capou R$ 20 milhões da área da produção, a menos. Um orçamento que não tem déficit, porque eles vinham fazendo um orçamento maquiado, subestimando e agora no 3º ano fizeram um orçamento que empata: não tem superávit, mas também não tem déficit. Já quero anunciar que farei emenda para tirar da reserva de contingência R$ 30 milhões, para colocar R$ 10 milhões a mais, para o Orçamento da Produção. E aí nós vamos ter a prova dos 9, quem é que vai apoiar a produção. Lá na audiência pública, todo mundo elogiou, apoiou, deu razão às lideranças”, disse o parlamentar.

Leia Também:  Vigilância Sanitária do estado orienta sobre cuidados nas compras em supermercados

De acordo com a proposta do do governo, a receita para o ano que vem é de R$ 7,8 bilhões e a despesa é de R$ 7,8 bilhões, ou seja, a minuta não apresenta déficit como em anos anteriores.

Desse total de receita, os Poderes terão R$ 732 milhões de previsão orçamentária, sendo que a Assembleia Legislativa ficará com R$ 188,5 milhões, o Tribunal de Contas do Estado com R$ 64,3 milhões, a Defensoria Pública R$ 34,6 milhões, Ministério Público R$ 148 milhões e Tribunal de Justiça R$ 296 milhões. Em comparação a este ano, houve um acréscimo de R$ 103 milhões aos poderes para 2022.

Veja o Vídeo:

E Veja Também no 3 de Julho Notícias

Veja o Vídeo Abaixo: O líder do Movimento Social Pró Ponte, Ralf Luiz, frisou que a obra da ponte de Rodrigues Alves é salutar mas, que o governador Gladson Cameli precisa fazer o ‘dever de casa’ primeiro. “Essa Interligação é importante mas, o debate precisa ser mais bem amadurecida pelos dois países. O governador não fez nem o dever de casa. Rodrigues Alves por exemplo, está precisando de uma ponte há anos. A nossa BR-364 até hoje não foi concluída. Portanto, discutir sobre a Interligação de Cruzeiro do Sul com Pucallpa é uma discrepância sem fim”, Concluiu.

Leia Também:  "Bolsonaro já tentou dar o golpe e perdeu": O golpe contra Dilma Rousseff em 2016 criou as condições para Bolsonaro chegar à presidência

Acompanhe nossas Redes Sociais

Twitter 3 de Julho Notícias

Youtube 3 de Julho Notícias Vídeos

Página Facebook 3 de Julho Notíci

Página do Instagram 3 de Julho Noticias

Veja o Vídeo:

Veja-se no  Twitter 3 de Julho Notícias, seja membro e compartilhe

Veja-se no  Youtube 3 de Julho Notícias Vídeos, seja membro e compartilhe.

Veja-se na  Página Facebook 3 de Julho Notíci, seja membro e compartilhe.

Veja-se na  Página do Instagram 3 de Julho Noticias, seja membro e compartilhe.

COMENTE ABAIXO:

Propaganda

TUDO SOBRE POLÍTICA II

Pré -candidato ao governo do Acre Jenilson Leite dialoga com produtores e comerciantes de Capixaba

Publicados

em

No sábado (24), o pré-candidato ao governo do Acre, Jenilson Leite (PSB) cumpriu agenda no município de Capixaba para dialogar com os produtores da região e com os comerciantes da cidade. O deputado tem buscado ouvir as demandas do setor produtivo para organizar um plano de governo capaz de atender as demandas de quem produz e gera renda no estado.

O parlamentar visitou a plantação de café clonal do produtor Eronildo Batista. Ele cultiva seis hectares de café , além disso, é o responsável pelo abastecimento do comércio local com hortifrutas.

Além de visitar o produtor de café, Leite conversou com a presidente da Coopervida, Maria Soares. A cooperativa fundada em 2011, atende cerca 140 produtores do município, com a compra da produção agrícola. Depois revende para o comércio local e fornece produtos para a merenda escolar.

Segundo Jenilson Leite, iniciativas como essa precisam ser ampliadas além dos limites de Capixaba. “Temos que cada vez mais investir na produção agrícola, com assistência técnica especializada, melhorar os logradouros para escoar, além disso, precisamos assegurar que essa produção seja comprada. As escolas precisam desses alimentos, por isso, o governo e as prefeituras precisam ser os principais responsáveis pela compra. Com isso, vamos assegurar renda ao homem do campo e a permanência dessas famílias nas suas terras”, diz o deputado. “Exemplos dessa cooperativa de Capixaba tem que ser levada para outras regiões. O governo tem que construir meios de gerar renda e a melhor forma é incentivar a produção”, afirma.

Leia Também:  Abandonado pelo governo Gladson, motoristas clamam por socorro na ponte José Augusto e Vereador Messias Lopes faz cobrança ao Dnit

O pré-candidato também conversou com os comerciantes da cidade. O clima é de muita preocupação devido a situação econômica do país.

Jenilson também visitou o PA Campo Grande. No local, o deputado conheceu a história de superação da dona Elandia. Mãe de sete filhos, ela trocou a vida na cidade repleta de dificuldades para viver no assentamento, na zona rural. Com a mudança de vida, Elandia conseguiu uma melhorar qualidade vida, graças o cultivo de frutas.

E Veja Também no 3 de Julho Notícias

Veja o Vídeo Abaixo: Vereadora Neiva Badotti solicita do secretário de Ação Social providências sobre as crianças Haitianos que fica na ponte todo os dias pedindo dinheiro, e que o Poder Público proporcione dignidade para essas crianças. Neiva solicita também que seja encaminhado um oficio para a gerente do hospital para saber se chegou algum saco funerário doado pela prefeitura, comprado com o dinheiro do covid, e que solicita que seja agendado novamente a reunião com a secretaria de segurança pública do estado, para se tratar sobre o IML, pois a mais de 20 anos o problema se arrasta e até o momento nada foi resolvido.

Leia Também:  Religiosos contra Bolsonaro: Padres e pastores se unem e protocolam pedido de impeachment de Bolsonaro

Acompanhe nossas Redes Sociais

Twitter 3 de Julho Notícias

Youtube 3 de Julho Notícias Vídeos

Página Facebook 3 de Julho Notíci

Página do Instagram 3 de Julho Noticias

Veja o Vídeo:

Veja-se no  Twitter 3 de Julho Notícias, seja membro e compartilhe

Veja-se no  Youtube 3 de Julho Notícias Vídeos, seja membro e compartilhe.

Veja-se na  Página Facebook 3 de Julho Notíci, seja membro e compartilhe.

Veja-se na  Página do Instagram 3 de Julho Noticias, seja membro e compartilhe

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

POLÍTICA

POLÍCIA

EDUCAÇÃO

CONCURSO

ESPORTE

MAIS LIDAS DA SEMANA