TUDO SOBRE POLÍTICA II

Vídeo da reunião mostrou Bolsonaro exaltado, com vocação para ditador, usando palavrões e fazendo ameaças

Publicados

TUDO SOBRE POLÍTICA II

Reunião ministerial e Jair Bolsonaro (Foto: Agência Brasil)

O vídeo da reunião ministerial do dia 22 de abril revelou que Jair Bolsonaro tem um sistema de informação particular, paralelo aos órgãos oficiais, reforçando as indicações de interferência política na Polícia Federal.

O ministro do STF Celso de Mello liberou a divulgação do vídeo do encontro em que foram pronunciados palavrões e foram feitas ameaças de prisão, morte, rupturas institucionais, xingamentos e ataques a governadores e integrantes do Supremo Tribunal Federal. 

Na reunião Bolsonaro afirmou que tem um sistema “particular” de informação que em sua opinião funciona bem. Ele atacou o sistema dos órgãos oficiais, reforçando a suspeita de interferência na Polícia Federal para proteger familiares e amigos.

Segundo levantamento da Folha de São Paulo, foram 37 palavrões, 27 deles proferidos pelo presidente. Xingou o governador de João Doria e o do Rio de Janeiro Wilson Witzel.  

Bolsonaro deu indicações de que conta com uma reação armada dos setores da população que pretende armar, formando milícias para atacar adversários e fazer valer seus decretos 

Leia Também:  CPI da Covid põe militares no foco das investigações: generais Pazuello e Braga Netto estão no topo da lista

BOlsonaro fez ataques à gestão do seu então ministro da Justiça e Segurança Pública, Sergio Moro.

Interlocutores do ex-ministro dizem que Bolsonaro teria requerido à equipe de Moro que levantasse dados de que o presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), havia se reunido com outras autoridades numa madrugada para tramar um processo de impeachment. O então ministro disse a ele que o encontro não existiu. Diante disso, o presidente se irritou e disse que sua rede de informações privada era mais eficiente.

As revelações desta sexta ficarão a cargo da análise do procurador-geral da República, Augusto Aras. 

COMENTE ABAIXO:

Propaganda

TUDO SOBRE POLÍTICA II

Prefeito de Assis Brasil, Jerry Correia, recebe prefeito da região Sul para troca de experiências

Publicados

em

O prefeito de Assis Brasil, Jerry Correia, recebeu nesta quinta-feira, 3, uma comitiva formada pelos prefeitos Rafael Caleff do município de São Lourenço do Oeste, Kiko Mantelle do município de Palma Sola, além de vereadores e empresários, do estado de Santa Catarina.

O objetivo do encontro foi compartilhar experiências de desenvolvimento entre os municípios e geração de emprego e renda para a população.

O prefeito Rafael Caleff falou da alegria de estar no Acre. “Quero agradecer a receptividade de Assis Brasil, ao prefeito Jerry Correia que cuida tão bem da cidade e com essa troca de conhecimentos podemos desenvolver melhor nossas cidades, vocês aprendendo com a gente e nós com certeza aprendemos muito com vocês. Foi ótimo conhecer o Acre e Assis Brasil”, destacou.

A Associação Comercial de Assis Brasil foi a responsável pela organizou de todo o encontro entre os municípios com apoio do SEBRAE.

E Veja Também no 3 de Julho Notícias

Veja o Vídeo Abaixo: A vereadora do município de Brasileia, Neiva Badotti, afirma que o mensalinho, agora na atual gestão o feito é praticado via pix, o que antes era mensalinho por meio de folhinha agora, na gestão de Fernanda Hassem foi informatizado, ou seja, modernizaram a possível prática de lavagem de dinheiro.

Leia Também:  Prefeitura de Rio Branco realiza reforma na Praça do Relógio, no Centro da Capital

Acompanhe nossas Redes Sociais

Veja-se no Twitter 3 de Julho Notícias, seja membro e compartilhe

Veja-se no Youtube 3 de Julho Notícias Vídeos, seja membro e compartilhe.

Veja-se na Página Facebook 3 de Julho Notíci, seja membro e compartilhe.

Veja-se na Página do Instagram 3 de Julho Notícias, seja membro e compartilhe.

Veja o Vídeo:

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

POLÍTICA

POLÍCIA

EDUCAÇÃO

CONCURSO

ESPORTE

MAIS LIDAS DA SEMANA