RIO BRANCO

TUDO SOBRE POLÍTICA II

Vereador Leomar afirma que enquanto o irmão da prefeita estiver sendo investigado por crime de peculato e até que se prove a inocência, a gestão não pode apontar o dedo na cara de nenhum cidadão de Brasileia

Publicados

TUDO SOBRE POLÍTICA II

Secretário de Finanças Tadeu Hassem e o vereador Leomar Barbosa – Foto: Assessoria PMB/Câmara de Brasileia

O vereador Leomar Barbosa (PSD) usou o seu tempo na tribuna, durante a sessão desta terça-feira (18), para fazer um discurso acalorado a respeito de assuntos questionáveis da gestão da prefeita Fernanda Hassem, como é o caso do veículo usado pelo irmão da gestora e atual secretário de finanças da prefeitura de Brasileia, Tadeu Hassem.

O vereador Leomar questionou a questão da cor do veículo ser diferenciado dos demais que compõe a frota da prefeitura, isso porque a placa do veículo em questão não é placa que simboliza que o veículo pertence ao poder público municipal e sim placa cinza que indica veículo particular.

O veículo em questão está há dois anos no município e desde então não foi colocado si quer a logomarca da prefeitura. Com qual objetivo de não identificaram o veículo? Questionou o parlamentar. 

Ainda se referindo a Tadeu, o vereador Leomar pediu para que a prefeita não associe seu irmão, que segundo ele é um homem honrado trabalhador e já está para se aposentar da secretaria de agricultura. De acordo com Leomar, seu irmão usa veículo público para se deslocar até a zona rural já que ele é técnico agrícola, reconhecido por qualquer administração como um excelente profissional.

Leia Também:  Ernesto Araújo será um dos alvos da CPI por sabotagem na compra de vacinas

“Agora prefeita, não queira comparar o meu irmão com este cidadão aqui que está sendo investigado pelo crime de peculato, por desvio de dinheiro público e aqui população, essa é a relação dos moradores de Brasileia que pagaram seus impostos e até hoje não caíram nos cofres públicos. Quem está pedindo isso é a justiça federal. Então até que prove a inocência, a administração não pode apontar o dedo na cara de nenhum cidadão aqui em Brasileia, pois é uma administração suspeita! Aonde a senhora, prefeita, já se tornou réu em processos movidos pelo Ministério Público e se existe processo, se existe denúncia é porque existe coisa errada”, destacou. 

Ainda na tribuna, o parlamentar solicitou que a gestão faça uma prestação de contas justa incluindo a da Covid-19,e citou essa questão do coffee break, que o vereador considerou uma imoralidade, onde quase meio milhão de reais foi reservado para tal fim. “Nós temos que bancar os mimos da prefeita!”, disse. 

O vereador sugeriu a gestora para usar os quase quinhentos mil na aquisição de medicamentos para não dar medicamentos vencidos, principalmente para crianças, e sugeriu mais uma opção que é para a prefeita comprar cestas básicas e distribua para quem realmente precisa e assim estará ajudando as pessoas carentes.

Leia Também:  Vídeo: Vereador Jurandir faz graves denúncias do descaso da Prefeita Fernanda Hassem com o muro da Creche Roma Elmise Silva

Exclusivo: Polícia Federal abre inquérito para investigar crime de peculato na Prefeitura de Brasileia. Tadeu Hassem é um dos investigados

E veja Também no Plantão 3 de Julho Notícias

Em seu segundo mandato de prefeita, Fernanda Hassem está deixando a desejar. Não está cumprindo os acordos firmado inclusive este na comunidade Quixadá no km 26, e também vários espaços públicos do município estão abandonado como é o caso da quadra do bairro José Moreira, conforme foi denunciado pelo Vereador Leomar Barbosa.

Acompanhe nossas Redes Sociais

Twitter 3 de Julho Notícias

Youtube 3 de Julho Notícias Vídeos

Página Facebook 3 de Julho Notíci

Veja o Vídeo: 

Inscreva-se no Twitter 3 de Julho Notícias, seja membro e compartilhe.

Inscreva-se no Youtube 3 de Julho Notícias Vídeos, seja membro e compartilhe.

Inscreva-se na Página Facebook 3 de Julho Notíci, seja membro e compartilhe.

COMENTE ABAIXO:

Propaganda

TUDO SOBRE POLÍTICA II

Vereador Messias Lopes pede que SEMED de Epitaciolândia tome providências quanto as goteiras na escola Pequeno Príncipe

Publicados

em

Na manha desta terça-feira 07, o vereador Messias Lopes (PT), cobrou uma ação emergencial da secretaria de educação municipal de Epitaciolândia (SEMED), no sentido de amenizar a triste realidade das escolas municipais, a exemplo da escola infantil Pequeno Príncipe que está tomada por goteiras e prejudicando o trabalho dos educadores nesse período invernoso de intensas chuvas.

O vereador que é pai de estudante da referida unidade escolar, foi levar sua filha para momentos de registros fotográficos que fazem parte da agenda dos alunos do segundo período, mas por ironia do destino, uma torrencial chuva cobria a cidade.

Messias lamenta que uma das unidades escolares com maior gabarito no município, como é o caso da escola infantil Pequeno Príncipe esteja nessa situação. ” Eu fui levar minha menina para tirar fotos e pegar a documentação dela, mas tá caindo água pra todo canto, pra achar um local pra tirar fotos foi uma dificuldade. Situação difícil dos funcionários e usuários da escola ,fui lá tirar fotos da formatura da minha filha ,tiramos com muita dificuldade devido as inúmeras goteiras no teto ,lâmpadas queimadas devido a chuva”, comentou ele.

Leia Também:  Justiça condena Roberto Jefferson por espalhar fake news sobre Manuela D´Ávila

Em contato com a gestora Deuzenir Rodrigues, nos foi informado que vários pedidos já foram encaminhados a secretaria municipal de educação solicitando providencias quanto a estrutura física da escola. “Já mandamos vários ofícios, e nada de resposta. E a situação está cada vez pior”, lamenta ela.

A Escola Pequeno Príncipe, é uma referencia positiva em educação infantil no município de Epitaciolândia. Todos os anos a procura por vagas para matriculas de alunos é muito grande.

“Pedimos providências urgentemente da secretaria de Educação e da Prefeitura. Não podemos deixar a deriva uma escola ,onde tem profissionais que precisam ser respeitados e ter um ambiente de trabalho adequado” cobrou vereador Messias Lopes.

E Veja Também no 3 de Julho Notícias

Veja o Vídeo Abaixo: Vereador diz que o prefeito Kiefer Cavalcante paga mais de 5 mil para dono de empresa que faz faculdade em Rio Branco – Vereador Ronaldo Reis de Feijó, gravou um vídeo onde fez graves denúncias contra a atual gestão do prefeito Kiefer Cavalcante a quem acusa de perseguição política e possível pagamentos irregulares em sua gestão. De acordo com o vereador, o prefeito demitiu a sua esposa só aconteceu depois que trouxe a tona um pagamento supostas irregularidades o que confirma a perseguição política que vem sofrendo por parte do gestor.

Leia Também:  Vídeo: Vereador Jurandir faz graves denúncias do descaso da Prefeita Fernanda Hassem com o muro da Creche Roma Elmise Silva

Acompanhe nossas Redes Sociais

Twitter: 3 de Julho Notícias

Youtube: 3 de Julho Notícias Vídeos

Página Facebook: 3 de Julho Notíci

Página do Instagram: 3 de Julho Noticias

Veja o Vídeo:

Veja-se no  Twitter 3 de Julho Notícias, seja membro e compartilhe

Veja-se no  Youtube 3 de Julho Notícias Vídeos, seja membro e compartilhe.

Veja-se na  Página Facebook 3 de Julho Notíci, seja membro e compartilhe.

Veja-se na  Página do Instagram 3 de Julho Noticias, seja membro e compartilhe.

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

POLÍTICA

POLÍCIA

EDUCAÇÃO

CONCURSO

ESPORTE

MAIS LIDAS DA SEMANA