RIO BRANCO

TUDO SOBRE POLÍTICA II

Vereador do Bujari, James Mourão, alvo de operação por fraude no Bolsa Família confirma que recebeu benefício quando não tinha emprego

Publicados

TUDO SOBRE POLÍTICA II

Vereador do Bujari, James Mourão, confirma que recebeu benefício quando não tinha emprego – Foto: Reprodução/Facebook James Mourão

O vereador James Mourão (Progressistas) e a mulher dele, Jaqueline Sales, ex-funcionária da Prefeitura do Bujari, foram os alvos da “Operação Matrina”. A ação, deflagrada pela Polícia Federal nessa quarta-feira (28), é de combate a fraudes na concessão do benefício do Bolsa Família no município do Bujari. As informações e do G1 Acre 

Conforme a polícia, a ex-servidora teria cadastrado diversas famílias, incluindo parentes, de maneira irregular para receber o benefício. O valor total do prejuízo estimado foi de R$ 150 mil aos cofres públicos.

Questionado sobre a denúncia, o vereador confirmou que recebia o benefício do Bolsa Família no valor de R$ 178 até junho do ano passado, porque antes de ser vereador não tinha emprego e vivia de roçagem.

Após ser eleito, ele disse que não recebeu mais o benefício. Em relação ao cadastro de familiares, ele negou que a esposa tenha cometido alguma irregularidade.

“Eu não tinha emprego nenhum, eu recebia sim [o Bolsa Família]. Meu erro foi isso aí. Mas o que acho errado é o valor [divulgado pela polícia]. Recebi por 11 meses, foi em 2019, e parei de receber em junho de 2020, ainda não estava em campanha, era R$ 178. Não tinha outras pessoas [da família], só eu mesmo. Eu não tinha emprego, trabalha com roçagem. O último mês que recebi foi esse valor, só a última parcela que foi de R$ 750”, disse o vereador.

Ao todo foram cumpridos dois mandados de busca e apreensão nesta quarta-feira (28) no Bujari – Foto: Arquivo/PF

Operação

A investigação teve início em abril de 2021, após relatórios sociais da Prefeitura de Bujari constatarem fraudes na concessão de diversos benefícios do Bolsa Família.

Leia Também:  Rocha acompanha embaixador de Israel em visita a fábricas de beneficiamento de café e castanha

A PF identificou que uma antiga servidora da prefeitura, em conluio com um vereador da cidade, na função de operadora do Bolsa Família, cadastrou diversas famílias de maneira irregular, com a inserção de informações falsas e inexistentes.

A investigação apurou que a única finalidade dela era aumentar o valor do benefício, que chegou a ser concedido no valor de R$ 750 por mês, valor muito acima da média paga, que é de R$ 180. Ainda segundo a polícia, eles cadastraram diversas pessoas do próprio círculo familiar de maneira indevida.

“Foi identificado porque vários desses benefícios eram concedidos de maneira irregular, sem qualquer tipo de filtro preliminar, porque quem detinha o poder para esse favorecimento era a própria servidora pública, que cadastrou diversos familiares e pessoas ligadas à sua família no município do Bujari”, afirmou o delegado Felipe Peres, titular da Delegacia de Crimes Fazendários da PF.

Foi então identificado indícios de favorecimento pessoal e familiar por parte da operadora do esquema.

O benefício assistencial Bolsa Família é pago para famílias em situação de miserabilidade e hipossuficiência, com a finalidade de garantir o mínimo de dignidade humana aos seus componentes.

“O benefício é calculado de acordo com a composição familiar, ou seja, de acordo com o tamanho da composição familiar, esse recurso aumenta ou diminui. Em média, o benefício do Bolsa Família é pago de R$ 150 a R$ 250. Nós constatamos nessa investigação que o benefício estava sendo pago para diversas famílias, com componentes familiares inexistentes, indeterminados, que não faziam parte daquela composição familiar, gerando um benefício assistencial no valor de R$ 750 reais por mês”, disse Peres.

Leia Também:  “As classes hegemônicas decidiram que Bolsonaro é inconveniente a seus interesses”, diz embaixador Samuel Pinheiro Guimarães

Crimes investigados

Os envolvidos devem responder pelos crimes de estelionato, falsidade ideológica, e inserção de dados falsos em sistema de informações, com penas de até 12 anos de reclusão.

A operação da Polícia Federal no Acre foi chamada de “Matrina” termo em latim sinônimo de madrinha, em referência ao fato de um dos principais suspeitos ter agido com apadrinhamento de todos os seus entes familiares com a concessão de benefícios irregulares.

Operação Matrina apura fraude na concessão do benefício Bolsa Família no Bujari, interior do AC – Foto: Arquivo/PF-AC

E veja também no 3 de Julho Notícias

Veja o Vídeo Abaixo: Seringal urbano – Localizado no bairro Seis de Agosto, região central de Rio Branco, o Parque Capitão Ciríaco é o único seringal urbano do mundo. Pertenceu ao capitão Ciríaco Joaquim de Almeida, que esteve envolvido no movimento político conhecido como Revolução Acreana (1899 – 1903). Por seu valor histórico e ambiental, o espaço foi transformado em atração turística de Rio Branco em agosto de 1994. 

Acompanhe nossas Redes Sociais

Twitter 3 de Julho Notícias

Youtube 3 de Julho Notícias Vídeos

Página Facebook 3 de Julho Notíci

Veja o Vídeo:

Inscreva-se no Twitter 3 de Julho Notícias, seja membro e compartilhe.

Inscreva-se no Youtube 3 de Julho Notícias Vídeos, seja membro e compartilhe.

Inscreva-se na Página Facebook 3 de Julho Notíci, seja membro e compartilhe.

COMENTE ABAIXO:

Propaganda

TUDO SOBRE POLÍTICA II

Prefeitura de Cruzeiro do Sul, entidades religiosas e de assistência social vão arrecadar alimentos para doar no natal

Publicados

em

Assessoria – A campanha “Natal humanitário: Diga não à fome”, teve abertura oficial nesta quarta-feira (01), com a finalidade de mobilizar a sociedade para contribuir com a doação de alimentos para as famílias carentes de Cruzeiro do Sul durante o natal. A ação foi idealizada pelo Grupo de Apoio ao Serviço Humanitário – Gash – sob a coordenação da primeira-dama Lurdinha Lima e conta com o apoio da Diocese de Cruzeiro do Sul, da Igreja Presbiteriana, da Casa abrigo Lar Hester Cameli, da União do Vegetal e da Maçonaria.

Essas entidades marcaram presença no ato de início das arrecadações que ocorreu no centro da cidade, nesta quarta-feira. Para organizar melhor a campanha, foi criada uma comissão de voluntários que serão responsáveis pelas estratégias de divulgação e de mobilização social para a arrecadação de donativos.

“É um privilégio muito grande participar desse momento. É uma oportunidade que a sociedade tem de demonstrar o verdadeiro amor cristão. Isso mostra que ainda existem pessoas sensíveis às necessidades daqueles que carecem de socorro. Estamos prontos a colaborar, junto com os demais segmentos sociais, para esse momento tão especial”, disse o pastor Joaquim Mateus Barbosa, líder da Igreja Presbiteriano no município e que também faz parte da comissão organizadora da campanha.

Leia Também:  “As classes hegemônicas decidiram que Bolsonaro é inconveniente a seus interesses”, diz embaixador Samuel Pinheiro Guimarães

O prefeito Zequinha Lima também é um voluntário que presta seu apoio ao movimento humanitário.

“Parabenizo todas as entidades parceiras por essa iniciativa de reunir para que a gente possa levar alegria e doar o alimento para aquelas pessoas que têm pouco para comemorar no natal. Muitas pessoas ainda passam necessidades, então, é importante essa união de forças das instituições religiosas, ou não, para essa arrecadação. E seguiu: “São tempos de solidariedade”, falou o prefeito.

E Veja Também no 3 de Julho Notícias

Veja o Vídeo Abaixo: Com o intuito de ajudar na manutenção do espaço do Educandário Santa Margarida, que atende crianças de zero a 12 anos de idade, o deputado Leo de Brito está destinando R$ 350 mil, por meio de emenda, à instituição. A emenda será viabilizada por meio de convênio com o Tribunal de Justiça do Estado do Acre (TJAC).

Acompanhe nossas Redes Sociais

Twitter: 3 de Julho Notícias

Youtube: 3 de Julho Notícias Vídeos

Página Facebook: 3 de Julho Notíci

Página do Instagram: 3 de Julho Noticias

Veja o Vídeo:

Leia Também:  Governo e prefeituras firmam parceria para restauração de rodovias e ramais em Acrelândia e Plácido de Castro

Veja-se no  Twitter 3 de Julho Notícias, seja membro e compartilhe

Veja-se no  Youtube 3 de Julho Notícias Vídeos, seja membro e compartilhe.

Veja-se na  Página Facebook 3 de Julho Notíci, seja membro e compartilhe.

Veja-se na  Página do Instagram 3 de Julho Noticias, seja membro e compartilhe.

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

POLÍTICA

POLÍCIA

EDUCAÇÃO

CONCURSO

ESPORTE

MAIS LIDAS DA SEMANA