RIO BRANCO

TUDO SOBRE POLÍTICA II

Veja o Vídeo: Água mineral para o hospital de Brasileia tem que buscar em Rio Branco, que vergonha!! Parem de enriquecer algumas empresas, governador, diz vereadora Neiva Badotti

Publicados

TUDO SOBRE POLÍTICA II

Veja o Vídeo:

Durante a sessão que aconteceu nesta terça-feira (31), a vereadora Neiva Badotti denunciou na tribuna da Câmara o descaso por parte do Governo do Estado com os servidores do Hospital Regional do Alto Acre, situado no município de Brasileia.

De acordo com a parlamentar, a água para beber do Hospital tem que ser comprada em Rio Branco e esta prática já se estende desde gestões anteriores e continua na gestão de Gladson (que muitos apostaram na mudança, mas esta mudança não aconteceu) e o veículo do Hospital é quem tem que buscar de 3 há 4 vezes por semana, em algumas vezes falta água no Hospital e não se pode comprar em Brasileia. 

Neiva questiona essas ações, pois a que preço essa água chega em Brasileia, sendo que poderia ser compradas lá mesmo no município, sem custo de transporte e sem correr o risco de ficar sem água para beber. Diante da situação, a vereadora solicita que a Câmara envie ofício tanto para a direção do hospital como também para a Sesacre pedindo explicações do por quê dessa água ter que vir de Rio Branco e por que o veículo do Hospital ter que buscar.

Leia Também:  Prefeitura executar serviço paliativo em trechos da Rua Florentino Moreno, em Sena Madureira

Mas o problema com a água é só um dos problemas, muita das vezes falta comida para os servidores do Hospital que precisam recorrer a doações, inclusive a Câmara já doou carne para que os servidores não ficar sem comer, a vereadora considera um absurdo esta situação.

Neiva, que também é servidora da saúde, afirmou que os padrões utilizados na nova sede do Hospital de Brasileia é o da antiga Unidade, inclusive o padrão de medicamentos e diante desses padrões, Badotti enfatizou que  foi retirado 150 kg de colchão mole e tem dias que as cozinheiras e nutricionistas não sabem o que fazer porque não tem o que colocar na panela.

A vereadora, diante desses absurdos solicitou informações da Sesacre e por que foi retirado essa quantidade de carne sendo que o Hospital atende não só o município de Brasileia, mas também toda a regional  e tem uma demanda grande de pacientes, profissionais e acompanhantes.

“Agora se o governo do estado quer fazer bonito, ele pague a alimentação dos servidores da saúde porque aí ele vai ficar responsável somente pela alimentação dos pacientes e não do servidor. Mas aí lá em cima tem muitos empresários que são contra que se pague o auxílio alimentação para o servidor da saúde porque se o governo fizer isto eles param de enriquecer algumas empresas, a maioria ligadas a outros políticos”, concluiu a parlamentar.

Leia Também:  Atraso na entrega: Consumidora de Xapuri deve ser indenizada em R$ 5mil por prática abusiva

Veja o Vídeo:

E Veja Também no 3 de Julho Notícias

Veja o Vídeo Abaixo: O Senador Sérgio Petecão esteve visitando a Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa), juntamente com o prefeito de Rio Branco, Tião Bocalom, para assinatura do termo de cooperação. O Senador busca fortalecer para assinatura do termo de cooperação, pois quem ganha são os produtores acreanos.

Acompanhe nossas Redes Sociais

Twitter 3 de Julho Notícias

Youtube 3 de Julho Notícias Vídeos

Página Facebook 3 de Julho Notíci

Veja o Vídeo:

Inscreva-se no Twitter 3 de Julho Notícias, seja membro e compartilhe

Inscreva-se no Youtube 3 de Julho Notícias Vídeos, seja membro e compartilhe.

Inscreva-se na Página Facebook 3 de Julho Notíci, seja membro e compartilhe.

COMENTE ABAIXO:

Propaganda

TUDO SOBRE POLÍTICA II

Vereadores de Epitaciolândia aprovam projeto para que seletivo da Saúde e Educação sejam através de provas

Publicados

em

A Câmara municipal de Epitaciolândia realizou na manhã desta terça-feira 18, a primeira sessão extraordinária de 2022 para apreciação e votação dos projetos de leis do executivo municipal que pede autorização da Câmara Municipal para realizar processo seletivo para saúde e para Educação.

No pedido encaminhado aos vereadores, a prefeitura de Epitaciolândia solicitava que o processo seletivo para as duas maiores pastas da gestão municipal fossem através de análise curricular com o argumento de que agilizaria as contratações.

Contudo, o vereador Messias Lopes (PT), elaborou emenda modificativa para que os referidos processos fossem através de provas escritas, como forma de nivelar a participação de todos os concorrentes.

Ao que se comenta nos bastidores, os processos seletivos a base de analise curricular tendem a beneficiar apadrinhados políticos e deixa quase que sempre uma gama de profissionais recém formados disputando apenas para “cumprir tabela”, pois já se imagina pelos candidatos postulantes, quem é quem da disputas pelas vagas.

Após uma breve conversa com vereadores da base do Prefeito Sérgio Lopes, o vereador Marco Ribeiro, líder do prefeito argumentou que tanto ele, quanto  Lucimar Monteiro (Preta), Seliene Lima e Nego, iriam votar na íntegra, conforme o encaminhado pela prefeitura que era através de analise curricular.

Leia Também:  Atraso na entrega: Consumidora de Xapuri deve ser indenizada em R$ 5mil por prática abusiva

Os demais vereadores Messias Lopes, Pantico da Água, Rubens Rodrigues, José Maria e o presidente Diojino Guimarães votaram para que os dois seletivos aconteçam através de PROVAS ESCRITAS. Proposta aprovada por maioria dos parlamentares mirins.

A proposta vencedora, também foi bastante aclamada nas redes sociais, onde muitos internautas compartilham do mesmo pensamentos dos cinco vereadores, que concurso, mesmo que seja simplificado tem que acontecer de forma que não beneficie ninguém, muito menos apadrinhados de políticos.

Acompanhe abaixo a entrevista do vereador presidente Diojino Guimarães, sobre essa primeira Sessão Extraordinária do segundo ano da oitava legislatura.

Veja o Vídeo:

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

POLÍTICA

POLÍCIA

EDUCAÇÃO

CONCURSO

ESPORTE

MAIS LIDAS DA SEMANA