RIO BRANCO

TUDO SOBRE POLÍTICA II

Veja o Vídeo: A Energisa tem uma sala no gabinete do governador, a coitadinha da Ernergisa tá passando por dificuldade! Eu escutei isto nesta casa, diz Edvaldo Magalhães

Publicados

TUDO SOBRE POLÍTICA II

Veja o Vídeo:

O deputado estadual Edvaldo Magalhães (PCdoB) usou a tribuna da Assembleia Legislativa para expor a sua indignação tanto com o governo do estado, bem com os colegas deputados da base do governador que resolveram defender a energisa. Empresa esta que tem tornado a vida dos acreanos mais difícil.

Hoje, os acreanos pagam uma conta altíssima que na maioria das vezes o trabalhador não consegue pagar pois a inflação está nas alturas e como se não bastasse recentemente foi anunciado mais um aumento.

Edvaldo lamentou a manutenção do veto, ao projeto que impedia o corte de água e Energia durante a pandemia no Acre. O projeto foi aprovado por unanimidade e vetado pelo governador Gladson Cameli (PP), na volta para análise do veto, quase todos os parlamentares mudaram de ideia e seguiram com o Palácio Rio Branco, mantendo o veto de Gladson Cameli.

O parlamentar afirmou ainda, que o projeto não prevê calote ou qualquer prejuízo para a energisa, apenas dar mais tempo para quem não tem nem como comer, garantir um tempo maior para pagar as altas faturas de a energia.

Leia Também:  Palestra sobre violência doméstica é promovida para mulheres com deficiência

“Eu queria entender porque tanta defesa da Energisa por parte do Governo e da sua base aqui na casa, parece que alguns deputados ignoram a situação da maioria da população acreana, que sofre com a pior inflação de todos os tempos. Parece que a Energisa instalou um gabinete dentro da Aleac, porque as defesas que deveriam ser feitas em favor da população, estão todas sendo em favor da empresa”, lamentou o parlamentar.

Edvaldo lamentou a posição dos colegas pois há 30 dias atrás os parlamentares tinham outras convicções e hoje mudaram de opinião. Edvaldo enfatizou que na plenária o que vale é a palavra e completou afirmando que a mesma lei está em vigor no Amazonas e que não é inconstitucional, o fato da Assembleia legislativa legislar sobre questões de interesses do consumidor.

Veja o Vídeo:

E Veja Também no 3 de Julho Notícias

Veja o Vídeo Abaixo: O Horto Florestal foi fundado como Horto Municipal em 1974 e se caracteriza como um Parque Urbano de 17 hectares de área que se localiza a 5 km do centro da cidade de Rio Branco e às margens do Igarapé São Francisco. O espaço conta com mata secundária e resquícios de mata primária, um lago com deck para observação, sete pistas para caminhada de diferentes tamanhos, dentre elas tem pistas que variam de (600 m, 800 m e 1200 m), quadra de vôlei, campo de futebol, parque infantil, academias ao ar livre e galpões abertos onde são oferecidos cursos de tai chi chuan, capoeira mix e ginástica aeróbica como parte do Programa Saúde em Movimento da prefeitura da cidade.

Leia Também:  Assistência Social do Estado leva Programa Saúde Emocional para Capixaba

Acompanhe nossas Redes Sociais

Twitter 3 de Julho Notícias

Youtube 3 de Julho Notícias Vídeos

Página Facebook 3 de Julho Notíci

Veja o Vídeo:

Inscreva-se no Twitter 3 de Julho Notícias, seja membro e compartilhe

Inscreva-se no Youtube 3 de Julho Notícias Vídeos, seja membro e compartilhe.

Inscreva-se na Página Facebook 3 de Julho Notíci, seja membro e compartilhe.

COMENTE ABAIXO:

Propaganda

TUDO SOBRE POLÍTICA II

Pré -candidato ao governo do Acre Jenilson Leite dialoga com produtores e comerciantes de Capixaba

Publicados

em

No sábado (24), o pré-candidato ao governo do Acre, Jenilson Leite (PSB) cumpriu agenda no município de Capixaba para dialogar com os produtores da região e com os comerciantes da cidade. O deputado tem buscado ouvir as demandas do setor produtivo para organizar um plano de governo capaz de atender as demandas de quem produz e gera renda no estado.

O parlamentar visitou a plantação de café clonal do produtor Eronildo Batista. Ele cultiva seis hectares de café , além disso, é o responsável pelo abastecimento do comércio local com hortifrutas.

Além de visitar o produtor de café, Leite conversou com a presidente da Coopervida, Maria Soares. A cooperativa fundada em 2011, atende cerca 140 produtores do município, com a compra da produção agrícola. Depois revende para o comércio local e fornece produtos para a merenda escolar.

Segundo Jenilson Leite, iniciativas como essa precisam ser ampliadas além dos limites de Capixaba. “Temos que cada vez mais investir na produção agrícola, com assistência técnica especializada, melhorar os logradouros para escoar, além disso, precisamos assegurar que essa produção seja comprada. As escolas precisam desses alimentos, por isso, o governo e as prefeituras precisam ser os principais responsáveis pela compra. Com isso, vamos assegurar renda ao homem do campo e a permanência dessas famílias nas suas terras”, diz o deputado. “Exemplos dessa cooperativa de Capixaba tem que ser levada para outras regiões. O governo tem que construir meios de gerar renda e a melhor forma é incentivar a produção”, afirma.

Leia Também:  Professora demitida pelo Governador Gladson Cameli representará o Acre na fase regional das Olimpíadas de Língua Portuguesa

O pré-candidato também conversou com os comerciantes da cidade. O clima é de muita preocupação devido a situação econômica do país.

Jenilson também visitou o PA Campo Grande. No local, o deputado conheceu a história de superação da dona Elandia. Mãe de sete filhos, ela trocou a vida na cidade repleta de dificuldades para viver no assentamento, na zona rural. Com a mudança de vida, Elandia conseguiu uma melhorar qualidade vida, graças o cultivo de frutas.

E Veja Também no 3 de Julho Notícias

Veja o Vídeo Abaixo: Vereadora Neiva Badotti solicita do secretário de Ação Social providências sobre as crianças Haitianos que fica na ponte todo os dias pedindo dinheiro, e que o Poder Público proporcione dignidade para essas crianças. Neiva solicita também que seja encaminhado um oficio para a gerente do hospital para saber se chegou algum saco funerário doado pela prefeitura, comprado com o dinheiro do covid, e que solicita que seja agendado novamente a reunião com a secretaria de segurança pública do estado, para se tratar sobre o IML, pois a mais de 20 anos o problema se arrasta e até o momento nada foi resolvido.

Leia Também:  Grupo abandonado por Vanda Milani, consegue eleger dois vereadores na capital e fazem duras críticas a deputada e a seu filho

Acompanhe nossas Redes Sociais

Twitter 3 de Julho Notícias

Youtube 3 de Julho Notícias Vídeos

Página Facebook 3 de Julho Notíci

Página do Instagram 3 de Julho Noticias

Veja o Vídeo:

Veja-se no  Twitter 3 de Julho Notícias, seja membro e compartilhe

Veja-se no  Youtube 3 de Julho Notícias Vídeos, seja membro e compartilhe.

Veja-se na  Página Facebook 3 de Julho Notíci, seja membro e compartilhe.

Veja-se na  Página do Instagram 3 de Julho Noticias, seja membro e compartilhe

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

POLÍTICA

POLÍCIA

EDUCAÇÃO

CONCURSO

ESPORTE

MAIS LIDAS DA SEMANA