TUDO SOBRE POLÍTICA II

Tome vergonha na cara, governador!! Vem para um desfile e sai requebrando no meio da rua, inaugura tomógrafo em Brasileia e não tem operador, diz vereadora

Publicados

TUDO SOBRE POLÍTICA II

A presidente da Câmara de Brasileia, Arlete Amara (Solidariedade), fez um desabafo na sessão desta terça-feira a respeito do Governador Gladson Cameli sobre a inauguração do tomógrafo no Hospital Regional do Alto Acre, que beneficiará a população daquela região.

Orçado em mais de R$ 1,5 milhão, o aparelho é utilizado para exames de tomografia computadorizada, um procedimento não invasivo que combina o uso de raio-x com computadores especialmente adaptados, possibilitando imagens detalhadas dos vários tecidos do corpo humano. 

Segundo a parlamentar, não existe tomógrafo. “A gente vai deitar no tomógrafo e sai o que mesmo? Gente mais uma vez pedimos ao nosso governador que tome vergonha na cara quando vir inaugurar as coisas, venha inaugurar com o projeto pronto. Então se fosse assim já era para ter inaugurado, porque faz tempo que aquele aparelho está jogado lá dentro do hospital, se era para não funcionar não precisava ser instalado isso e imoral gente!!” Enfatizou.

A vereadora também falou a respeito a ausência de uma Unidade do IML na região. “Eu já pedi por esse IML, pois além da perda dos nossos entes queridos, os corpos são jogados como se fosse de animal dentro da carroceria de um carro, tem que chorar duas dores, a dor da perda e a dor de ver seu ente querido sendo transportado, sem mencionar o tempo que leva para que o IML faça os trabalhos”, destacou.

Leia Também:  Flávio Bolsonaro representa contra Kajuru no Conselho de Ética: "conduta imoral, baixa e antiética"

Ainda durante seu pronunciamento na tribuna, Arlete foi mais enfática e questionou ao governador sobre as Unidades de Terapia Intensiva. “Cadê as UTIs, governador Gladson Cameli? A pandemia já tá chegando ao fim e as UTIs até agora nenhuma foi instalada. A clínica dos rins vai precisar de UTIs e como que vai realizar um trabalho de exceleria se o nosso hospital não tem UTIs? É uma falta de respeito! O governador vem para um desfile, sai se requebrando no meio da rua e depois vai embora mentindo que tá deixando sei lá quantas máquinas e ainda olha para mim e pergunta se nós queremos que leve as máquinas ou se fique aqui. Tem gente aqui que é igual a São Tome, porque eu disse pra ele que eu não acreditaria no Anel viário”, concluiu Amaral.

Veja o Vídeo:

E veja também no 3 de Julho Notícias

Veja o Vídeo Abaixo: Há 103 anos, Cruzeiro do Sul presencia uma das maiores demonstrações de fé da região Norte do país. O encerramento da programação do Novenário de Nossa Senhora da Glória foi celebrado com uma grande carreata. O Bispo da Diocese de Cruzeiro do Sul, Dom Flávio Giovenale, a fé é mais um elemento para que o coronavírus seja superado de uma vez por todas. 

Leia Também:  'Fora Bolsonaro' explode pelo País e mostra que o povo vai ocupar cada vez mais as ruas contra o genocídio

Acompanhe nossas Redes Sociais

Twitter: 3 de Julho Notícias

Youtube: 3 de Julho Notícias Vídeos

Página Facebook: 3 de Julho Notíci

Página do Instagram: 3 de Julho Noticias

Veja o Vídeo:

Veja o Vídeo:

Veja-se no  Twitter 3 de Julho Notícias, seja membro e compartilhe

Veja-se no  Youtube 3 de Julho Notícias Vídeos, seja membro e compartilhe.

Veja-se na  Página Facebook 3 de Julho Notíci, seja membro e compartilhe.

Veja-se na  Página do Instagram 3 de Julho Noticias, seja membro e compartilhe.

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

TUDO SOBRE POLÍTICA II

Prefeito Sérgio Lopes assina contrato de repasse com a Caixa Econômica Federal Projeto da nova ponte

Publicados

em

Assessoria – Um dos maiores problemas de infraestrutura do Alto Acre começou a ser resolvido com a destinação de recursos para construção da nova ponte que liga Epitaciolândia e Brasiléia. O prefeito Sérgio Lopes, conhecendo a necessidade de uma ponte de via dupla entre as cidades, buscou recursos junto aos parlamentares para executar a obra. Em Brasília, junto ao Gabinete da Deputada Federal Mara Rocha, conseguiu apoio para essa ousada empreitada, tendo a Parlamentar alocado 17,5 milhões para a obra.

No entanto, uma obra desse porte passa por um procedimento rigoroso de aprovação do projeto, para que não haja riscos na sua construção. Outros projetos apresentados já haviam sido reprovados em anos anteriores, mas, graças ao trabalho conjunto da Prefeitura de Epitaciolândia e do DNIT, o projeto atual foi aprovado inicialmente pela Marinha do Brasil, quanto à infraestrutura, e agora, pela Caixa Econômica Federal, que analisou a regularidade do processo.

A nova ponte, que é um sonho prestes a ser realizado, será liberada para passar pelo processo de licitação, sendo o próximo passo a ser dado pela Prefeitura de Epitaciolândia, que submeterá a licitação feita a aprovação da Caixa Econômica Federal novamente, uma vez que este é o órgão fiscalizador de todo o processo de construção da ponte e dos recursos nela aplicados, a qual a Prefeitura de Epitaciolândia prestará contas de tudo que for realizado.

Leia Também:  Guardian, maior jornal inglês, destaca na capa corrupção de Bolsonaro, que roubava salários de assessores

O prefeito Sérgio Lopes, ao assinar o contrato, falou do impacto que a obra terá na região:

“Cerca de quatro mil pessoas passam diariamente pela ponte que existe hoje entre os municípios. Há dias em que o engarrafamento gera uma demora de até vinte minutos para que um veículo possa passar de um município ao outro, isso pode custar a vida de alguém, uma vez que ambulâncias do SAMU e dos Bombeiros atendem os dois municípios. Então, essa obra tem uma importância imensurável, é a realização de um sonho da população, que irá solucionar diversos problemas de trafegabilidade. É um desafio imenso, mas posso garantir que estamos prontos para executá-la.” Frisou Sérgio Lopes.

Hoje, foi feita a assinatura do contrato de repasse no valor de 17.593.358,00 (Dezessete milhões, quinhentos e noventa e três mil e trezentos e cinquenta e oito reais), com uma contrapartida da Prefeitura Epitaciolândia no valor de 18.000,00 (Dezoito mil reais). O processo está aguardando a licença ambienta que será emitida pelo IMAC, para, logo em seguida, poder iniciar o processo licitatório para contratação da empresa que realizará a edificação da obra.

Leia Também:  Os custos políticos de Cameli: Governador Gladson quer rifar a família Bittar; atitude é um desastre político e pode ficar ainda mais isolado

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

POLÍTICA

POLÍCIA

EDUCAÇÃO

CONCURSO

ESPORTE

MAIS LIDAS DA SEMANA